Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
Confira dicas que irão te ajudar a medicar seu animalzinho de estimação da forma certa. 

Pet

Se seu pet está doente ou precisa fazer uso de uma medicação via oral, você certamente já sabe que a administração de remédios pode ser um grande desafio.

Cada tutor tem uma tática diferente para tornar esse tipo de tratamento para a saúde menos estressante, porém é importante ter consciência do que pode e, principalmente, do que não pode ser feito nesse momento.

Neste artigo, reunimos as informações mais relevantes sobre o assunto e trouxemos algumas dicas para simplificar o processo. Confira! 

Posso misturar a medicação com a comida do meu pet?


A médica-veterinária Daniela Mungioli explica que há antibióticos que não podem ser administrados juntamente de alimentos gordurosos.

“Nesses casos, devemos fugir do requeijão, do iogurte e do queijo. Caso contrário, eu não acho de todo o ruim, exceto que precisamos tomar mais cuidado com pacientes em dieta, gordinhos ou diabéticos. Toda e qualquer mudança de hábito alimentar pode modificar as outras doenças ou rendimentos”, alerta.

Além disso, há remédios que devem ser ingeridos pelo pet em jejum. Portanto, é preciso consultar o médico-veterinário para saber se o medicamento específico pode ser dado ao animal junto à comida dele. 

É permitido partir o comprimido?


Há medicações que têm especificidades e, se partidas ou abertas, no caso das cápsulas, perdem o efeito. Para que o trabalho de administrar a medicação não seja em vão, certifique-se, com o médico-veterinário, que o remédio que você vai dar para o seu bichinho pode ou não ser partido.

Daniela explica que “se for um [remédio] quimioterápico, para o tratamento de um câncer, por exemplo, não pode ter a cápsula aberta, nem ser mastigada, e o conteúdo não pode cair no chão”. Nessas situações, a médica-veterinária aconselha que a medicação seja escondida no pão ou em uma salsicha. 

Por que os animais não gostam de tomar remédio?


O principal motivo que faz os animais não gostarem de tomar remédio é o gosto. Alguns bichinhos, especialmente, os gatos, têm náuseas, salivam e até vomitam após ingerir a medicação.

Se esse é o caso do seu pet, você pode tentar seguir as dicas dadas pela médica-veterinária com base em seus pacientes. “Tenho um paciente felino, o Ralph, que prefere que abram a boca dele e joguem o comprimido além da língua, assim, ele não sente o gosto e não tem náuseas”.

Outro paciente de Daniela é o cachorro Udi. “Para o Udi, temos que diluir o medicamento em água, dar uns três bifinhos antes e mais três depois. Mesmo assim, tem que tomar cuidado para não ter a seringa destruída, nem seu dedo mordido”, diz ela.

Ou seja, cada caso é um caso. Por esse motivo, o médico-veterinário pode ser um ótimo aliado para te auxiliar a encontrar a melhor maneira de medicar o seu melhor amigo. 

Dicas de como administrar remédios para seu animal de estimação


Confira, abaixo, dicas para administrar os remédios em seu pet o mais tranquilamente possível. 

Converse com o pet


Deixe a racionalidade de lado e tenha uma boa conversa com seu animalzinho para prepará-lo e acalmá-lo antes da medicação. 

Prepare tudo antes


Deixe o medicamento preparado e à mão, assim como uma toalha ou lenço para limpar o pet caso ele babe. 

Escolha um local tranquilo


Vá para o cômodo mais calmo e com menos estímulos externos para não estressar, nem assustar o animal. 

Contenha seu bichinho


Para medicar um animal sossegado e manso, basta segurar a parte de cima da cabeça dele com uma mão, colocando os dedos embaixo das bochechas dele, e movimentá-la para trás levemente, fazendo com que ele olhe para cima.

Assim, ele abrirá a boca automaticamente, e você pode injetar o líquido ou inserir o comprimido dentro, de preferência, a partir das laterais da boca. Contudo, se o seu bichinho for muito agitado, você pode enrolá-lo em uma toalha, para que ele não te machuque, ou chamar alguém para te ajudar a contê-lo.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00