Quais as dicas devemos seguir para ler um texto em inglês?

Por que devemos, como estudantes, criar o hábito de ler um texto em inglês?

A leitura é uma habilidade muito importante para a língua inglesa, assim como para qualquer outra.

Ela é também um dos hábitos preferidos de muitos alunos que desejam melhorar sua fluência no idioma de forma natural.

A leitura constante de textos em inglês pode ajudá-lo a melhorar seu vocabulário e compreensão geral da língua, e também pode ser uma boa maneira de melhorar suas habilidades gerais de comunicação.

Ler um texto em inglês pode, por exemplo, não apenas torná-lo um leitor mais proficiente, mas também um melhor escritor no idioma.

A prática de ler um texto em inglês também representa um meio útil para começar a organizar melhor seus pensamentos no idioma estrangeiro.

Isto porque, através do hábito da leitura – seja de textos didáticos ou de livros em inglês para iniciantes – é mais fácil se familiarizar com a forma como as palavras e frases são estruturadas em um idioma.

Quais as dicas seguir para ler um texto em inglês fluentemente?

Embora a prática seja o aspecto mais importante para melhorar sua leitura em inglês, existem algumas dicas que podem ajudá-lo a alcançar mais rapidamente este objetivo.

Veja a seguir:

1 – Comece com as técnicas de leitura rápida: skimming e scanning

Existem técnicas de leitura rápida – chamadas skimming e scanning – pensadas justamente para leitores que se aventuram em um texto fora do âmbito de sua língua materna.

O objetivo principal destas técnicas é encontrar informações-chave.

Veja no que consistem cada uma delas e como você pode usá-las a seu favor ao ler um texto em inglês:

Skimming: o que é?

Ler um texto em inglês através da técnica de skimming significa percorrer rapidamente os olhos pelas palavras a fim de entender qual é a mensagem principal que o mesmo deseja passar.

Quando fazemos o skimming em um texto antes de lê-lo, obtemos uma noção sobre o contexto do mesmo antes de nos aprofundarmos nele.

Durante a técnica de skimming, os olhos passam agilmente pelas palavras de acordo com a ordem que elas aparecem.

Isso pode ser muito útil para quem não domina o idioma, já que se passa a saber o que se esperar do texto antes da leitura atenta de cada parágrafo.

Scanning: o que é?

A técnica de scanning, embora também seja uma prática de “leitura” rápida, é um pouco mais específica e focada.

Usamos essa estratégia quando já temos em mente uma ou mais informações que queremos encontrar no texto.

Assim, percorremos os olhos pelos parágrafos de modo aleatório a fim de encontrar palavras e/ou informações-chave.

2 – Confie no contexto

Parar para cada palavra que desconhecemos durante a leitura de um texto em inglês pode não ser a melhor estratégia para praticar.

Quando estamos diante de um texto no qual conhecemos ao menos 60% das palavras, é possível basear-se no contexto – a ideia central da mensagem – para deduzirmos o que significam aquelas que não conhecemos.

Além disso, termos fundamentais para a compreensão de um texto costumam sempre aparecer mais de uma vez ao longo do mesmo.

Assim, a cada novo emprego de uma palavra desconhecida, mesmo que optemos por não procurá-la no dicionário, mais “pistas” temos sobre o que ela quer dizer.

Além de tornar a leitura mais dinâmica, basear termos desconhecidos no contexto é uma maneira mais natural e eficiente de adquirir novo vocabulário.

Isso porque, além de as novas palavras aparecerem já contextualizadas, o uso real que fazemos delas para interpretar um texto é uma garantia de apreensão mais confiável do que uma consulta a um dicionário, por exemplo.

3 – Crie um glossário particular

Quando lemos um texto em inglês, é bem provável que encontremos uma série de termos que desconhecemos. 

Independente de decidirmos procurar pelo significado exato da palavra ou simplesmente deduzi-la a partir do contexto, manter um registro é essencial para aquisição de vocabulário.

Isso pode ser feito em um documento virtual ou em um caderno de apoio para a leitura. Seu registro pode conter as seguintes informações:

·        O termo em inglês que era desconhecido;

·        A frase na qual ele aparece no texto;

·        Seu significado em inglês ou em português.

Através dessa lista, é possível fazer, posteriormente, um exercício de repetição espaçada das novas palavras para garantir que elas fiquem retidas no léxico.

4 – Pratique suas competências orais juntamente com a escrita

A fonética do inglês é completamente diferente da do português.

Por isso, é importante praticá-la durante a leitura – seja através da repetição em voz alta (fala) ou da escuta ativa de sua pronúncia (audição).

Esta última técnica pode ser praticada de diferentes modos. Para livros, audiobooks podem ser usados para acompanhar a leitura. Já para textos diversos que não contam com essa opção, existem ferramentas online capazes de pronunciar qualquer texto escrito em inglês – o próprio Google Tradutor é um exemplo.

5 – Treine sua compreensão a partir da escrita

As habilidades de leitura e escrita estão sempre interligadas.

Depois que você terminou de ler um texto em inglês, você pode reforçar seu aprendizado através da redação de um pequeno texto contendo suas principais impressões, opiniões e dúvidas sobre o mesmo.

Quando lemos e escrevemos em um idioma como uma prática combinada, treinamos competências de entrada (leitura) e de saída (escrita), aprimorando, assim, nosso processo cognitivo de aprendizagem.

Continue praticando seu inglês!

Este post foi escrito pela Essential Idiomas, escola que conta com cursos de inglês personalizados para atender as mais diversas necessidades no idioma!

Quais as dicas devemos seguir para ler um texto em inglês