Kinfolk Style

Kinfolk Style: a tendência da vida simples

O Kinfolk Style é tendência entre os que querem fugir do caos e da pressa urbana. Leia e confira algumas dicas para montar esse estilo escandinavo na sua casa.

Você já ouviu falar sobre o estilo Kinfolk? Ele nasceu de uma publicação dinamarquesa fundada em 2011 e agora é referência em todo o mundo como uma vertente do minimalismo.

A ideia do Kinfolk é a mistura de diferentes estilos, cores e materiais em sua composição. Por exemplo: você pode apostar em um tapete neutro combinado com um sofá em estilo retrô com uma cor mais chamativa na sua sala de estar.

O Kinfolk vai além do estilo e da decoração, sendo considerado um modo de vida. Baseado no slow living, o Kinfolk procura a reflexão sobre uma vida mais simples e a necessidade de colocarmos um pouco o pé no freio, mesmo nesse mundo acelerado em que vivemos, e apreciarmos os momentos da vida.

 Além disso, esse estilo preza pelo respeito à natureza e a uma alimentação mais saudável, com mais produtos orgânicos. Quer conhecer mais sobre esse estilo que é tendência nos países escandinavos? Continue lendo!

As plantas são suas melhores amigas

O estilo Kinfolk preza pelo respeito e contato com a natureza, e você não precisa morar em uma chácara ou fazenda para isso. A tendência urban garden já trouxe as plantas para dentro das casas em grandes cidades, estando presente até mesmo em residências pequenas.

Você pode criar pequenos jardins em diversos ambientes da casa. Se você ainda não é acostumado com o cuidado com as plantas, pode apostar em cactos ou suculentas, pois são mais fáceis de cuidar e exigem menos esforço inicial.

Cores

Há uma predominância de cores neutras e, como o estilo tem sua origem na Escandinávia, o branco é mais notável. Ele pode ser combinado com outras cores suaves, como cinza, verde e marrom.

Porém, nem só de suavidade vive o Kinfolk. Você pode combinar peças de cores neutras com outras de cores mais chamativas como azul, preto, rosa e até mesmo estampas étnicas. Essa dica vale, sobretudo, quando falamos de peças com estilo retrô.

Garimpo de peças

O Kinfolk valoriza as peças com um estilo antigo, que possuam uma história, ao invés das produzidas em larga escala. Portanto, não hesite em frequentar brechós e antiquários para achar itens que se encaixem no estilo Kinfolk.

Entendemos que, às vezes, esses locais são um pouco mais caros e não apresentam tanta variedade. Assim, a compra em lojas de decoração ou até de departamento não está proibida, porém, deve ser feita com calma e intenção. Ou seja: nada de comprar por impulso.

Materiais naturais

No estilo Kinfolk, a sua casa deve ser um refúgio do caos e do concreto da vida urbana. Para isso, invista em matérias-primas naturais como madeira, bambu, algodão, linho, argila, entre muitos outros.

Porém, não tenha medo de acrescentar vidro, aço e ferro, principalmente em tons como o bronze. Eles podem ser combinados com os materiais naturais, criando um estilo unicamente seu.

Kinfolk Style: menos é mais

Devemos lembrar que o Kinfolk Style é uma vertente do minimalismo. O consumo consciente e a busca por uma vida mais simples estão na essência desse estilo e, portanto, os móveis e as decorações devem ser incorporadas ao ambiente com intenção.

Os lados positivos de viver em um ambiente minimalista, Kinfolk Style, são muitos. Como dissemos anteriormente, no Kinfolk, a sua casa deve ser um refúgio do caos urbano e é praticamente impossível construir  esse ambiente com muitos objetos, enfeites e móveis. 

Além disso, esse estilo evidencia a amplitude dos ambientes, por menores que eles sejam, trazendo uma atmosfera de serenidade, quietude, reflexão e contemplação.

Por fim, você estará construindo algo autêntico, mantendo na sua casa apenas o que faz sentido para você, sem o pensamento consumista do acúmulo.