Séries sobre finanças com lições importantes

Todo mundo adora uma boa série, não é? Especialmente aquelas que a gente não resiste a maratonar, aproveitando horas e horas de lazer regado a pipoca. Para ficar melhor, que tal mesclar esse divertimento com lições úteis sobre dinheiro e investimentos em geral? Sim, é possível!

Hoje, temos à disposição muitas séries com essa temática, espalhadas em serviços de streaming. Elaboradas com seriedade, trazem conteúdo relevante para os espectadores mais atentos e com sede de conhecimento.

Com tudo isso acessível hoje, fizemos uma seleção com seis séries que estimulam o público interessado no mundo financeiro. Não se preocupe com spoilers!

1 – Billions

Para os interessados em como funciona a Bolsa de valores e toda política envolvida neste processo, a série tem como protagonista Bobby Axelrod, papel de Damian Lewis. Como administrador de um fundo de investimentos bilionário, ele trava embates contra um promotor, vivido por Paul Giamatti, em sua cruzada para rever as práticas agressivas da filosofia capitalista de Wall Street.

Contando com gente que entende do assunto na produção, Billions tem como co criador Andrew Ross Sorkin, que escreve sobre finanças na prestigiada coluna do New York Times.

A série se iniciou em 2016, com 6 temporadas até aqui, cinco delas já disponíveis na Netflix. A previsão é que pelo menos mais uma seja produzida!

2 –  Shark Tank Brasil

Fãs de reality shows e interessados em finanças tem os dois em Shark Tank – Negociando com Tubarões. Parte da grade do canal Sony, já virou franquia e foi licenciado para várias partes do mundo, inclusive o Brasil, onde chegou em 2016, através do canal aberto Band.

Sony e Band estão disponíveis nos pacotes de TV paga, como SKY TV e outras.

Empreendedores de todo tipo saem em busca de tubarões, expressão para os grandes investidores, expondo seus planos e potencial de projeto para essas grandes figuras do meio.

O primeiro ano teve participação do criador da Polishop, João Appolinário, Robinson Chiba, responsável pela franquia China In Box, o cantor sertanejo Sorocaba, Cristiana Arcangeli, a grande investidora Camila Farani e Carlos Wizard Martins, da rede de escolas de idiomas. A ideia é que os empreendedores convençam os investidores a lançarem uma proposta sobre seu projeto.

3 –  Explicando

Produção da Netflix, esta é uma série para curiosos em geral sobre temas que vão de alienígenas a temas históricos.

Explicando está presente aqui por ter alguns episódios que se encaixam em nosso tema, úteis para quem está se iniciando neste caminho.

A primeira temporada tem os assuntos de mercado de ações e criptomoedas ocupando dois episódios, elucidando dúvidas gerais sobre dividendos digitais e a expansão deste novo mercado.

Na segunda, atenção especial para “Diamantes”, mapeando o caminho para essas pedras preciosas se tornarem o item cobiçado que são. Em “Bilionários”, as implicações sobre o acúmulo absurdo de recursos por apenas uma pessoa ou empresa, além de seus impactos mais diretos.

Apesar de menos de 20 minutos por episódios, é um conteúdo forte e direto, que vale a pena conferir.

4 –  Suits

Enorme sucesso que rendeu nove temporadas, e até a participação de Meghan Markle, esposa do Príncipe Harry, Suits é um daqueles casos que até quem não viu sabe do que se trata.

Ambientada no mundo jurídico, a rotina de um grande escritório de advocacia em Manhattan, chefiado por Harvey Specter (Gabriel Macht), é o que move as histórias de cada episódio. A clientela é composta por figuras importantes do mundo financeiro, justificando a inclusão dela nesta lista.

Com essa ligação forte com o mundo dos investimentos, não são poucos os episódios que trazem detalhes interessantes, ajudando espectadores a compreender algumas dinâmicas específicas deste ambiente, aguçando a curiosidade de quem se interessa pelo assunto.

O desenvolvimento da série é intrigante e chama mais atenção quando Harvey se associa a Mike Ross (Patrick J. Adams), que nunca frequentou uma faculdade de direito.

Suits foi encerrada em 2019. Está hoje disponível na Netflix.

5 – Na Rota do Dinheiro Sujo

Mais um conteúdo original Netflix, mas de fundo documental. A minissérie se propõe a revelar facetas sombrias dos EUA, como a corrupção corporativa motivada pela ganância. 

Explorando um caso por episódios, traz entrevistas de pessoas diretamente ligadas aos casos. Fraudes de todo tipo, lavagem de dinheiro e negócios ilícitos reais dos mais variados tipos. Discutindo os limites da ética, a série vai fundo na investigação.

A proposta é de isenção e o teor é acidamente crítico, desconstruindo histórias de sucesso de quem se tornou  muito rico. Revelações chocantes de  negociatas ocultas e tramoias, que prejudicaram outras pessoas. 

6 – Million Dollar Traders

Curiosos sobre investimentos e demais meandros deste mundo tem outra opção bacana. Million Dollar Traders também agrada quem curte reality shows.

Série britânica da BBC, levando espectadores para outro mundo além dos EUA, foi criada por Lex Van Dam, figura importante no mundo dos negócios que já escreveu vários livros sobre o tema.

Com apenas três episódios, oito participantes de perfis diferentes recebem um milhão de dólares, cujo desafio é administrar esse recurso. As pessoas são instruídas no mercado financeiro e podem aplicar o valor como quiserem, mantendo os possíveis lucros para si. O problema é que também podem perder tudo com uma decisão errada.

Interessante para quem está começando, pois é instrutivo acompanhar os movimentos dos participantes. Afinal, eles começam o programa como leigos no assunto.

Infelizmente, Million Dollar Traders não tem transmissão oficial para o Brasil. Você pode assisti-la através do site de Lex Van Dam ou mesmo pelo YouTube.

Aproveite agora nossas dicas para maratonar. E investir, é claro!

Séries sobre finanças com lições importantes