comunicação visual

Qual a importância da comunicação visual para o sucesso de um comércio atualmente?

Entender o conceito de comunicação visual é fundamental para empresas se destacarem no mercado atualmente. Isso porque as imagens são as formas mais bem sucedidas de comunicação de todos os tempos.

Afinal, o ser humano é visual. Não é para menos que um dos ditados mais conhecidos na nossa sociedade é “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Esse é um fato!

Uma boa comunicação visual dirá muito mais aos clientes do que um texto corrido sobre a marca. Além de atraí-los com mais facilidade, as imagens conseguem prender a atenção das pessoas e se fixarem na mente delas – mesmo que não percebamos. 

Exemplo: ao ver um M amarelo, as pessoas associam automaticamente à marca MC Donald´s. Não é preciso nem pensar, a imagem vem na nossa mente rapidamente, sem nos esforçarmos para lembrar.

É por isso, que este conceito deve ser utilizado em todas as áreas de uma organização, como nas redes sociais, site, em estratégias de marketing digital, na fachada da empresa, itens de PDV, nos uniformes de colaboradores e muito mais.

Por meio da comunicação visual, as empresas se destacam entre os concorrentes, passam credibilidade ao mercado, atrai novos clientes, fortalece uma marca, entre outros diversos benefícios. 

A seguir, confira o que é comunicação visual, como colocá-la em prática e as principais vantagens deste conceito para as organizações de todos os portes e segmentos.

Mais do que isso, confira algumas dicas de como criar uma comunicação visual do zero. Acompanhe!

Mas, afinal, o que é comunicação visual para empresas?

O conceito de comunicação visual parte do seguinte princípio: uma empresa deve fazer mais do que apenas vender produtos, ela deve marcar seus clientes com experiências completas.

Ou seja, além de comercializar itens, com a comunicação visual, as organizações devem passar seus valores e ideais para os consumidores, além de um atendimento de qualidade, excelência de serviço e outros fatores importantes.

Assim, conseguirá ser lembrado pelas pessoas. O que é muito importante em um momento em que tudo é muito similar. Produtos e serviços são oferecidos de maneira muito parecida, principalmente no ambiente digital.

Todos os dias surgem novas empresas vendendo, basicamente, o que já tem no mercado, da mesma forma que outras já estão fazendo. Afinal, é muito difícil ter uma ideia revolucionária atualmente – parece que tudo já existe, não é mesmo?

Então, uma forma de se destacar entre os concorrentes é a identidade e comunicação visual – que nada mais é do que uma forma de representar a marca por meio de símbolos, desenhos, cores e formatos diferentes.

Comunicação visual, portanto, trata-se de todo tipo de comunicação que usa elementos visuais como uma forma de linguagem, como desenhos, imagens, símbolos, cores, gráficos, vídeos, fotos, entre outros.

Um logo, por exemplo, é uma forma de comunicação visual. Assim como as cores da fachada de uma loja e o design de um site. Ainda sobre o MC Donald´s, muitos não sabem, mas as cores amarelo e vermelho não foram escolhidas por acaso.

O vermelho faz o consumidor sentir fome e impulso. Ou seja, influencia a pessoa gastar e pensar que um lanche cairia bem naquele momento. Em conjunto com o amarelo, elas balanceiam os sentimentos e fazem com que o cliente se sinta feliz e satisfeito no final das contas.

Tudo tem um motivo na comunicação visual! Por isso, criar uma pode ser mais difícil do que parece, mas podemos te ajudar. Confira algumas dicas de como colocar este conceito em prática.

Comunicação visual na prática: como começar do zero?

Logos com cantos retos, como quadrados e triângulos, passam a impressão de estabilidade e equilíbrio. Já as linhas retas e formas precisas transmitem a ideia de força, profissionalismo e eficiência.

Criar uma comunicação visual é, então, transmitir o que a marca é por meio de símbolos, imagens e outros visuais. Assim, o consumidor sente os valores da organização de forma inconsciente, o que pode mudar até mesmo sua decisão de compra.

O primeiro passo para criar este tipo de comunicação é traçar o que a empresa quer passar ao mercado, como ela deseja se destacar e atrair seus consumidores. Depois, o ideal é contratar um designer gráfico.

Este é o profissional responsável pela criação da identidade visual  de organizações, já que eles fazem a conciliação entre tudo que  a marca deseja passar, com apelo ao público-alvo. 

Os designers conseguem criar conceitos criativos, reunindo todos os elementos visuais já ditos neste conteúdo que transmitem o objetivo da empresa de forma eficaz.

Lembre-se que até mesmo a fonte utilizada nos conteúdos da marca é um elemento de comunicação visual. Nada deve ir ao ar ou para as ruas sem essa identidade visual (ou com mudanças radicais) da marca para não confundir os clientes.

Com este conceito bem feito, as empresas só tendem a ganhar. Entre os benefícios estão o fortalecimento da marca, posicionamento no mercado, aumento da credibilidade da empresa e atração de clientes que se identificam com os valores e produtos da organização.

Colocar comunicação visual em empresas é fundamental, conte com profissionais especializados e colha os benefícios a curto, médio e longo prazo – você viu como este conceito dá certo, basta começar a colocá-lo em prática!