5 técnicas de desenho que todo desenhista deve conhecer

5 técnicas de desenho que todo desenhista deve conhecer

Neste texto vamos ensinar 5 técnicas de desenho que todo desenhista deve conhecer, se quer saber sobre o assunto, continue a leitura.

Técnicas de desenho são fundamentais para quem quer chegar a fazer desenhos perfeitos. Afinal, é preciso estar disposto a fazer esforço para alcançar bons resultados, certo?!

Pode até acontecer de alguém se tornar um excelente desenhista sem muito trabalho, apenas por observar como se faz.

Mas, vamos combinar, isso é bem raro. Afinal, a grande maioria das pessoas precisa estudar e treinar bastante até ter o controle dos traços e noção de luz e sombra, profundidade e outros detalhes.

Para isso, vamos ver 05 técnicas de desenho que vão funcionar no seu cérebro como os exercícios funcionam no corpo.

Logo, sua percepção e capacidade de desenhar vão aumentando gradativamente e sua vontade de avançar também!

Técnicas de desenho que você deve treinar

Antes de começar, lembre-se de que a base de tudo são os fundamentos do desenho e que a prática vai fazer com que seus desenhos sejam cada vez melhores.

No entanto, todo começo tem seus tropeços. Assim, não se cobre demais, apenas pratique as técnicas a seguir regularmente. De preferência, todos os dias.

Dar atenção às técnicas de desenho de formas

  Para exercitar essa técnica de desenho, é necessário pensar no objeto como um conjunto de vários pequenos objetos.

Dessa forma, você passa e enxergar formas geométricas no seu modelo.

Por exemplo, imagine que está desenhando um livro. Nessa técnica, você deve esquecer sua forma e pensar nele como vários retângulos juntos.

Ou seja, a capa é um grande retângulo e as laterais são retângulos menores e mais estreitos. Por fim, ao unir todos os retângulos, você dá forma a um livro.

Sendo assim, passe a treinar seus olhos, procurando círculos, triângulos, quadrados e elipses nos objetos que te rodeiam.

Na verdade, imagine como você os desenharia, unindo cada “forma geométrica” para formar um objeto.

Observe luz e sombra

  Também conhecida como sombreamento, essa técnica de desenho ajuda a criar volume no papel. Consequentemente, pode clarear ou escurecer certas áreas do desenho.

Ela se baseia na forma como você aumenta ou diminui a pressão sobre os traços.

Como resultado, você pode criar a ilusão de profundidade do desenho e mostrar de onde vem a luz num ambiente.

Aliada a técnica da luz e sombra, é muito importante você saber usar a borracha da maneira correta para aprender como melhorar o desenho ainda mais.

Utilize o ponto de fuga

Das técnicas de desenho, essa talvez seja a que te leva para outro nível. Para começar, observe um desenho.

Se treinar seu olhar, vai sempre descobrir onde todas as linhas dele se encontram. Ou seja, onde é o ponto de fuga do desenho.

Resumidamente, ponto de fuga é aquele lugar do desenho para onde todas as linhas do desenho apontam.

Adicionalmente, pode ser descrito como a referência no horizonte usada para criar as linhas.

Porém, essa técnica é usada junto com outra bem conhecida técnica de desenho, a perspectiva.

Conheça a perspectiva

Perspectiva é, literalmente, o ângulo de visão. Assim, essa técnica te permite dar ao observador a posição em que ele se encontra na imagem.

Realmente, é uma forma de criar uma ilusão de ótica, dando a impressão de que ele está dentro do desenho.

Além disso, ela ajuda o observador do desenho a observar o desenho feito como se fosse a paisagem ou objeto reais.

Dá às pessoas a possibilidade de ver aquele desenho como se ele tivesse as três dimensões: altura, largura e profundidade.

Existem várias formas de se usar a perspectiva. Assim, podemos citar as cônicas, militar, cavaleira e isométrica, entre outras.

Utilize a proporção

A proporção é a base do desenho, essa técnica nos garante precisão quando vamos desenhar.

Um exemplo da aplicação da proporção é quando vamos desenhar um rosto, mesmo que nenhum rosto seja igual, as proporções faciais de todo ser humano são parecidas.

Os desenhistas devem se aproveitar dessas similaridades para que o tamanho de cada componente da face harmônico e realista.

Para isso nós traçamos algumas linhas imaginárias horizontais e verticais na face para colocar cada recurso do rosto na posição correta.

Perceba que no exemplo (veja a imagem) o cabelo e a sobrancelha são as únicas partes que ficam acima da linha imaginária horizontal, enquanto que a boca, nariz, orelha e os olhos ficam abaixo dela.

Isso faz com que o desenho fique mais realista, fazendo com que as proporções fiquem bem definidas, principalmente quando vamos desenhar a figura humana.

Essa técnica para desenhar é muito importante para fazer desenhos realistas e também é uma das mais difíceis, mas com prática e persistência você irá conseguir dominá-la e será capaz de fazer desenhos incríveis.

Outras técnicas de desenho importantes

Adicionalmente, é preciso treinar outras técnicas de desenho para chegar a ser um bom desenhista. Sendo assim, cada uma delas ajuda a acrescentar realismo e profundidade ao seu desenho.

A seguir, listamos algumas dessas técnicas:

  • Composição
  • Técnica de grade
  • Montagem do esboço

Conclusão

Como vimos, o treinamento é a chave para se conseguir aprimorar seus traços e formas.

Ou seja, é preciso fazer e refazer, vez após vez, os mesmos exercícios, até que você domine cada um deles.

Dessa forma, será capaz de usar essas técnicas de desenho com perfeição.

Além disso, a observação é um ponto importante também.

Sendo assim, observe com atenção esboços e desenhos que te impressionam e procure entender como o artista utilizou cada uma das 05 técnicas explicadas acima.

Ao fazer isso, você desenvolverá a capacidade de organizar seu desenho, antes mesmo de colocar o lápis sobre o papel.