Qual o Bonsai Mais Velho do Mundo? Descubra!

A palavra Bonsai traduzida significa “Árvore na Bandeja”, e sua principal característica é que elas tem o tamanho pequeno, sendo miniaturas.

O Bonsai bem cuidado pode viver milhares de anos. Isso mesmo, você não leu errado, milhares de anos!

O fato ocorre que em todos estes anos de existência ele sequer passa por mudanças e isso causa uma grande dificuldade em saber sua real idade existencial. Existem pessoas profissionais em datar a idade de um bonsai estudando as espécies, casca do tronco, diâmetro e outros fatores. Mas, infelizmente eles podem sofrer com informações tendenciosas e datar idades imprecisas.

Mas, existem técnicas científicas que fornecem dados muito mais precisos, mas estes estudos demoram mais tempo para serem concluídos. Eles custam um bom dinheiro, e esses estudos podem prejudicar as pequenas árvores, pois é necessário incisões no tronco para contar os anéis.

Até os dias de hoje colecionadores e cultivadores registram em documentos a origem das pequenas árvores, mas, muitos deles não gostam de mostrar. Devido a isso, muitos bonsais espalhados pelo Japão em jardins raramente podem ser visto pelo público.

Infelizmente, devido a essa não cooperação, fica difícil nomear quais são os bonsais mais antigos existentes no mundo todo. Selecionamos alguns bonsais aqui nesta matéria, mas podem existir outros mais velhos do que eles.

Atualmente, um dos mais antigos bonsais que se tem conhecimento é o Goyomatsu, que traduzindo do japonês significa “pinheiro branco japonês” e pode ser visto no Palácio Imperial em Tóquio. Ele tem 81 centímetros e sua idade é de 550 anos, e é considerado um tesouro nacional Japonês.

Já outros estudiosos divergem da informação, e dizem que o bonsai mais antigo do mundo está na Itália, na cidade de Milão no Crespi Bonsai Museum. Dizem as boas línguas que ele tem cerca de 1000 anos de idade.

Este Bonsai-Ogata, tem cerca de 2,80 metros de largura e 3,10 de metros de altura. Foi adquirido por Luigi Crespi um italiano no ano de 1986. E ele exibiu seu bonsai na Euroflora Fair na cidade de Gênova, e recebeu um prêmio por especialistas.

Este Bonsai passou por gerações de mestres em bonsai chineses, e depois por um japonês chamado Shota Kawahara. Atualmente ele é a grande atração no Crespi Bonsai Museum, e neste local existem outros Bonsais de mestres japoneses conhecidos como: Kawamoto, Kawahara e Ogasawara.

Existem espécies raras exibidas lá como o Acer palmatum ‘Kashima’ que é um Juniperus chinensis antigo, além de um Pinus parviflora e um Taxus cuspidata. Estes foram trazidos do monte Ishizuchi. Lá é possível ver um jardim japonês muito bonito, com carpas.

Os 5 bonsais mais velhos no mundo que se conhece até o momento

1 -Árvore de Bonsai de Ficus em Crespi na Itália

Alguns dizem que ele tem 550 anos e outros relatam que ele tem mais de 1000 anos de existência. É considerada a mais antiga árvore de Bonsai. Sendo ela o principal item exposto no museu italiano de bonsai “Crespi” na Itália.

2 – Bonsai de um Velho Pinheiro, em Mansei-En no Japão – A ciência provou ter mais de 1.000 anos de existência

Ele foi testado com vários métodos científicos em seu tronco. Foi comprovado que ele tem cerca de mais de 1000 anos de existência. Ele foi coletado na natureza no Japão, e se encontra vivendo no viveiro de bonsai de Mensei-En, pertencente à família Kato em Omiya.

3 – Bonsai de 800 anos em Shunka-en

Esta pequena árvore tem cerca de 800 anos de idade, e está sendo exibida na cidade Tóquio, em Shunkaen.

4 – Outro Bonsai de 800 anos de idade em Shunkaen

Esta outra pequena e notável árvore, também é bastante conhecida como um dos mais velhos bonsais do mundo. Relata-se que ela tenha mais de 800 anos de idade, e é considerada o Bonsai mais caro do mundo.

Seu atual dono é o Mestre Kobayashi, ele é um artista na arte de bonsai e é muito conhecido mundialmente. Ele já recebeu por 4 vezes o prêmio do primeiro-ministro do Japão. Ele tem um viveiro em Shukaen, na cidade de Tóquio e qualquer pessoa (pagando), poderá ir lá visitar e conhecer.

5 – O Pinheiro Branco Japonês que resistiu a Bomba de Hiroshima

Esta árvore sem dúvidas é o bonsai mais resistente do mundo, ele está sendo tratado por cerca de 400 anos, e está na 6a geração da família Yamaki. O que o torna muito especial mesmo não sendo milenar é que ela estava em Hiroshima quando a bomba atômica no ano de 1945 explodiu.

Por ter sobrevivido, ela foi doada para o Museu Nacional de Bonsai & Penjing na cidade de Washington.

Qual o Bonsai Mais Velho do Mundo