Baixa testosterona no homem: Como identificar?

Você que é homem e está se sentindo desmotivado, cansado sem motivo aparente, cabisbaixo e quase sem ânimo para realizar as tarefas diárias, você pode estar com a testosterona baixa. Esses e muitos outros sintomas são um indicativo que seus números estão relacionados à testosterona baixa. É muito comum em homens de meia idade.

A testosterona é produzida por mulheres e homens. Porém, em homens em maior concentração e com maior importância. Ela basicamente regula diversos receptores e funciona como um termômetro para você avaliar a sua vida sexual. 

Se você é um homem sexualmente ativo e começa a notar que seu desempenho sexual está caindo, suas ereções não são tão duradouras e de qualidade, se você se sente desmotivado e não possui mais atrações como sentia, saiba que seus níveis de testosterona estão baixos. 

Estes e outros sintomas são indícios para que você ligue o alerta e procure ajuda médica especializada imediatamente.

No artigo de hoje, mostraremos como identificar, quais são os principais sintomas e dicas simples para aumentar os níveis deste hormônio.

O que causa baixa testosterona

Os principais motivos que contribuem para diminuir os níveis de testosterona são mais comuns do que você imagina. Acompanhe e veja:

  • Estresse: o mal do século XXI é o estresse do dia a dia. Muitos estudos identificaram que o estresse e nervoso passado durante o dia pode contribuir para desregular seus níveis do hormônio. Com a correria de resolver problemas profissionais, problemas domésticos, relacionamentos, financeiros e pessoais, os homens tendem a ter os níveis de testo abaixados a níveis preocupantes. 
  • Má alimentação: comer de forma desregulada, desordenada e não ter um padrão de consumir alimentos saudáveis é um importante fator que contribui para essa diminuição acelerada. Homens que não seguem uma dieta rica em proteínas, carboidratos bons, gordura boa, fibras e quantidades boas de ferro e zinco possuem maior probabilidade de ter seus níveis diminuídos. Seguir uma dieta elaborada para seu biotipo, consumindo alimentos saudáveis, como: frutas, legumes, carnes, verduras e grãos de boa qualidade é uma forma de manter e aumentar sua testosterona. Assim, procure um especialista e peça para elaborar uma dieta onde consiga encaixar estes alimentos de forma que consiga consumi-los diariamente.
  • Depressão: A doença mais comum nos dias atuais, a depressão causa diminuição na produção de testosterona de forma muito preocupante. Causando sérios problemas física e psicologicamente nos homens. Se identificar que seu desempenho sexual não é mais o mesmo, procure um médico especialista e se for o caso um psicólogo ou psiquiatra. Eles saberão como agir nesses casos.
  • Sedentarismo: ser sedentário e não praticar nenhuma atividade física regularmente é um dos fatores que contribuem com os baixos níveis do hormônio produzido. Seguir uma rotina de exercícios como: caminhadas, ciclismo, artes marciais e musculação pelo menos três vezes por semana, é uma forma de conseguir manter seus níveis em medidas consideráveis. Segundo estudos, a prática de musculação é indicada para todos os tipos de homens, especialmente para homens que apresentam queda na produção da testosterona. Treinos de membros inferiores possuem papel importante no auxílio do aumento da produção. Assim, peça para seu profissional físico montar uma rotina de treino que consiga conciliar com o dia a dia e que seja prazerosa de ser feita. Além de trazer mais saúde para o homem adulto.

Mas como identificar que os níveis de testosterona estão baixos? Iremos mostrar alguns sintomas, indícios que o homem está com níveis de produção do hormônio baixos. Acompanhe e veja. 

Acima, mostramos quais são os principais causadores da diminuição da produção natural. Entretanto, não mostramos os sintomas e como identificar que você possa estar com a testo baixa. Veja os principais sintomas abaixo:

Sinais e sintomas relacionados ao sexo:

  • Diminuição da libido: homem perde a vontade de fazer sexo e não busca por ele.
  • Disfunção erétil: o homem tem dificuldade de ficar com o penis ereto, e quando fica não mantém por muito tempo.
  • Diminuição da ereção matinal: ao acordar é comum o homem ter uma ereção, com os níveis de testo baixa, esta ereção matinal é diminuída ou cessada completamente.
  • Dificuldade em ejacular: ao praticar sexo o homem tem dificuldade em atingir o orgasmo, ou até mesmo não consegue atingir o apice do prazer no momento do sexo.
  • Perda do apetite sexual: é muito comum homens fantasiar com situações, roupas, fetiches e mulheres, com a baixa da produção de testosterona o homem passa a não ter mais fantasias sexuais e perde o apetite sexual completamente.
  • Ejacular em horários inadequados: o homem pode ejacular em horas inadequadas. Durante o dia o homem percebe que sua cueca está suja e não tem motivo aparente.

Sintomas e sinais não sexuais

  • Fadiga e cansaço: Ficar ofegante, cansado e sem animação para realizar tarefas básicas e atividades do dia a dia sem motivo aparente.
  • Depressão: apresentar sintomas depressivos, ficar sem se comunicar, diminuição da vontade de viver são sintomas perigosos e comuns para quem apresenta baixa testosterona.
  • Diminuição da massa magra: perda de peso, massa magra e diminuição dos músculos são sinais que os homens devem se preocupar.
  • Contagem de espermatozóides: ao realizar exames de contagem de espermatozóides e este número for extremamente baixo, o paciente deve procurar ajuda médica urgentemente.

Estes foram alguns dos sinais e sintomas mais comuns que o homem pode apresentar quando seus níveis de testosterona estiverem baixos.

Baixa testosterona no homem