Lifting facial: o que é e soluções não-cirúrgicas

O Lifting facial é uma das melhores escolhas para as pessoas que preferem optar por procedimentos não invasivos. Ele surge em meio a uma grande quantidade de procedimentos estéticos pensados para causar um rejuvenescimento na pele das pessoas, de modo a melhorar o seu aspecto e fazer com que elas se sintam bem consigo mesmas, melhorando a sua autoestima e consequentemente a qualidade de vida, tudo isso sem a intervenção cirúrgica.

Graças aos avanços na tecnologia, principalmente na área estética, é possível obter excelentes resultados na utilização de ferramentas que ajudam no lifting facial. Sendo assim, se você quer saber mais sobre as diversas soluções não-cirúrgicas disponíveis no mercado e ainda por cima saber qual delas escolher, de acordo com o seu objetivo, saiba que você chegou ao lugar certo. No texto abaixo, falaremos um pouco mais sobre o lifting facial e as melhores escolhas não-cirúrgicas que podem ajudar a manter a elasticidade da sua pele e manter o seu aspecto jovem. Portanto, se quer saber mais, continue lendo e descubra.

O que é lifting facial?

O lifting facial é uma opção para as pessoas que desejam amenizar os sinais do envelhecimento, ou seja, trata-se de uma cirurgia voltada ao rejuvenescimento da pele, de modo a melhorar aspectos das rugas, flacidez e marcas de expressão, assim como os sinais de envelhecimento que podem ser encontrados tanto no rosto quanto no corpo dos pacientes.

Esta opção de tratamento ajuda a levantar as estruturas do rosto, amenizando todos os tipos de sinais relacionados ao envelhecimento do paciente, tudo isso sem precisar de internação hospitalar ou intervenção cirúrgica. De acordo com os especialistas, o lifting facial é indicado para pacientes com 45 anos ou mais, bem como para aquelas pessoas que mesmo novas, já apresentam sinais de envelhecimento em seu rosto ou corpo.

Quais são as diferenças entre o lifting facial cirúrgico e não-cirúrgico?

O lifting não-cirúrgico é uma opção de tratamento conhecida como lifting com fios de sustentação. Estes fios são absorvidos pelo organismo e são conhecidos como bioestimuladores de colágeno, tendo em vista que após a sua absorção pelo organismo, eles estimulam a produção de colágeno pelo organismo. Além do mais, é por meio destes fios que os pacientes podem contar com um resultado imediato quanto ao levantamento de suas estruturas faciais, trazendo uma redução na flacidez do rosto, nas rugas, vincos e sulcos. Logo, já é possível perceber resultados no rejuvenescimento do rosto.

Tais resultados somente são possíveis graças ao microagulhamento feito pelos cirurgiões plásticos, através de uma técnica aplicada no tecido subcutâneo do rosto. Com a microagulha, são aplicados os fios, que possuem pequenas texturas e causam uma tração nos tecidos e consequentemente melhora o aspecto da pele. 

Existem 3 tipos de lifting facial não-cirúrgico, são eles:

Lifting com fios de sustentação

Já falamos sobre esta técnica anteriormente. Ela pode ser realizada tanto com fios de sutura Silhouette quanto com fios de polidioxanona (PDO). Os fios de sutura Silhouette são fabricados nos Estados Unidos a partir do ácido polilático. Ele possui cones responsáveis pela tração da pele e fixação do tecido subcutâneo. Além do mais, o material utilizado também estimula a produção de colágeno.

Fios de polidioxanona (PDO)

Este tipo de lifting facial é um método de suspensão de tecidos do corpo e do rosto utilizando os fios de polidioxanona. Eles são absorvidos pelo organismo e agem estimulando a proteção de colágeno. Esta modalidade era bastante utilizada para a realização de suturas, no entanto, cirurgiões desenvolveram modelos específicos para o rejuvenescimento da pele, com garras, espiralados e lisos.

Ultrassom microfocado

A técnica de ultrassom microfocado age através da produção de micropontos de coagulação, induzindo o corpo a criar um processo inflamatório que vai desde o músculo até chegar a camada superficial da pele. Com isso, ele promove a produção de colágeno, assim como a reestruturação de todas as fibras de sustentação do corpo. Trata-se de uma das técnicas mais populares atualmente, principalmente no que diz respeito ao rejuvenescimento da pele. Ela é indicada para tratar o colo, pescoço e face, de acordo com o seu nível de profundidade.

Finalmente, o lifting facial cirúrgico é uma opção que difere do não-cirúrgico principalmente no que diz respeito ao tratamento pré e pós-operatório. Isso porque este procedimento ajuda a amenizar os sinais de envelhecimento através de cirurgias que removem o excesso de pele e a gordura, de modo a reposicionar os tecidos. Outra diferença que merece destaque diz respeito aos resultados. A opção não-cirúrgica oferece apenas resultados momentâneos, de modo que demanda uma manutenção periódica. Já a intervenção cirúrgica oferece resultados definitivos, no entanto, um dos pontos negativos que merece destaque nesta opção é justamente o fato de ser mais invasiva, de modo a adotar procedimentos aprofundados, voltados à correção de problemas relacionados a estética dos pacientes.

O lifting facial rejuvenesce quantos anos?

Não existe uma quantidade de anos que o paciente irá rejuvenescer a partir da utilização de um dos tratamentos mencionados. O que deve ser levado em consideração aqui é justamente os resultados obtidos, ou seja, se o rosto do paciente ficou totalmente esticado e com uma aparência saudável e natural. A partir daí é possível verificar e entender se foi possível obter bons resultados.

De acordo com os especialistas, já é possível perceber os resultados imediatamente após os procedimentos. Já nos casos mais sérios, estes resultados podem levar até 15 dias para serem notados.

Qual o melhor procedimento a ser adotado?

Hoje, uma das opções mais indicadas por médicos e especialistas no país é a utilização da técnica de ultrassom microfocado. Isso porque esta técnica apresenta muito mais efetividade no rejuvenescimento da pele, fazendo com que em poucas sessões, já seja possível verificar uma redução nas rugas e nos sinais de envelhecimento.

Para isso, é possível contar com o aparelho Hipro. Um dos aparelhos mais tecnológicos de todo o mercado, que oferece inúmeras vantagens na realização deste tratamento, principalmente no que diz respeito aos resultados e as possibilidades trazidas por ele, de modo a alcançar até mesmo as camadas mais profundas da pele dos pacientes, estimulando o colágeno e melhorando a estrutura do SMAS (Sistema Músculo Aponeurótico Superficial).

Lifting facial