As 5 melhores vinícolas do mundo para visitar

Quais vinícolas são as melhores do mundo? Esta pergunta pode ser respondida de forma objetiva, pois existe uma classificação especial de “100 Melhores Vinícolas do Mundo”, que é atualizada anualmente. 

Qualquer vinícola do mundo pode participar do ranking das melhores. Cerca de 600 especialistas em vinho e turismo nomeiam e depois contam os votos. A classificação avalia as vinícolas em termos de impressão geral e uma combinação de fatores: quão desenvolvido é o componente turístico, a conveniência e estética das salas de degustação, restaurantes nas vinícolas, a beleza dos vinhedos, serviço, eventos e outros parâmetros que fazem os visitantes se maravilharem.

Aqui nesse texto vou citar as 5 melhores vinícolas que você precisa visitar, confira! 

vinho de uma das melhores vinícolas

Tim-Tim! Vai um vinho de uma das melhores vinícolas do mundo aí? 

Melhores Vinícolas do Mundo

01. Bodegas de los Herederos del Marques de Riscal

País: Espanha

Região: Rioja

Destaques: City of Wine, com um hotel futurista projetado por Frank Gehry e um restaurante com estrela Michelin

Enólogo: Francisco Hurtado

Estilo do vinho: clássico Rioja e icônico Cabernet Sauvignon

Começo falando de uma das melhores Vinícolas do Mundo localizadas na Espanha.

Fundada em 1858 na cidade medieval de Elciego em Rioja Alavés, a Marqués de Riscal é a vinícola mais antiga da região de Rioja e a origem de um dos projetos de enoturismo mais ambiciosos já realizados por uma vinícola espanhola: a Cidade do Vinho. 

Rodeado por extensos vinhedos, inclui um dos hotéis mais ousados. O complexo é uma obra-prima de vanguarda com 43 quartos luxuosos, o spa de vinoterapia Caudalie Vinotherapie, centro de conferências e muito mais. Mas enquanto muitos visitantes vão querer adicionar este edifício extraordinário ao seu feed do Instagram, os entusiastas do vinho serão mais atraídos pelo que está na adega Riscal – “Botellería Histórica”, que armazena vinhos de todas as variedades desde a primeira colheita em 1862. Simplesmente imperdível.

02. Château Smith Haut Lafitte

País: França

Região: Bordéus (Bordeaux)

Destaques: Luxuoso Hotel Les Sources de Caudalie e Spa Vinoterapia; restaurante La Grand’Vigne com duas estrelas Michelin

Enólogo: Daniel Cathiard

Estilo de vinho: vinhos tintos clássicos baseados em Cabernet Sauvignon da região de Graves

Não poderia faltar uma das Melhores Vinícolas do Mundo em solo francês.

Poucos proprietários de vinícolas em Bordeaux investiram mais dinheiro na criação de um destino turístico do que Florence e Daniel Cathiard, do Château Smith Haut Lafitte. 

Da beleza esculpida da paisagem vinícola e da arquitetura do próprio castelo, ao hotel e spa de luxo, Les Sources de Caudalie e a fantástica ‘Land Art forest’, onde obras de arte moderna se misturam harmoniosamente com o meio ambiente.

03. Quinta do Crasto

País: Portugal

Região: Douro

Características: piscina com vista para o rio Douro

Enólogo: Jorge Roquette

Estilo de vinho: vinhos do porto e de mesa

Como centro a partir do qual se pode sentir a imponência e vastidão do Vale do Douro, a Quinta do Crasto – situada a 600 metros acima do Rio Douro – é inigualável. Aninhada entre a Régua e o Pinhão, esta propriedade é uma quinta de 130 hectares e oferece aos turistas uma variedade de atividades, desde visitas guiadas às adegas, provas de vinhos do Porto e de mesa da herdade, refeições gourmet num cenário deslumbrante e passeios de barco no rio.

04. Antinori no Chianti Classico

País: Itália

Região: Toscana

Destaques: Grande adega, vinhos e arte

Enólogo: Albiera Antinori

Estilo do vinho: Super Toscana e suntuoso Chianti

Criadora de super- toscanos icônicos como Tignanello e Solaya, a família Antinori produz vinho desde 1385, quando os registros mostram que Giovanni di Piero Antinori se tornou membro da Guilda dos enólogos florentinos. 

26 gerações de história familiar de vinificação são devidamente celebradas – e apresentadas ao público – através da deslumbrante adega e museu Antinori em Bargino.

05. Vinícola VIK

País: Chile

Região: Vale do Cachapoal

Características: Adega modernista deslumbrante; não um, mas dois spas de luxo

Enólogo: Cristian Vallejo

Estilo do vinho: Vinhos tintos de estilo Bordeaux à base de Cabernet Sauvignon e Carménère

Millahue – que significa “lugar de ouro” em mapuche – no Vale do Cachapoal era território virgem antes que o milionário norueguês Alexander Wieck e sua esposa Carrie plantassem vinhedos lá em 2004. Seu propósito? Criar vinhos chilenos que farão parte do panteão dos grandes vinhos do mundo. 

Com uma equipe de enólogos liderada por Patrick Valette, ex-proprietário do Chateau Pavie em Saint-Emilion, eles parecem estar acertando o alvo.

Agora me conta, você já visitou algumas dessas incríveis vinícolas? Já prepare as malas para conhecer algumas das melhores vinícolas do mundo.
Para mais dicas de viagem e enoturismo acesse Elizabeth Werneck

As melhores vinícolas do mundo para visitar