O que são cooperativas?

Entenda para que servem e como funcionam essas organizações. 

Você pode até não ter ideia, mas já teve algum relacionamento direto ou indireto com alguma cooperativa ao longo da vida. Esse tipo de sociedade de trabalho é muito importante para a geração de empregos e o fortalecimento de diversos setores do mercado. 

Aqui, neste artigo, vamos lhe ajudar a entender o que são as cooperativas, falar um pouco sobre seus tipos como cooperativa financeira, cooperativa agropecuária, entre outras. Também vamos explicar como as cooperativas funcionam e quais são as suas vantagens no mercado. 

Cooperativas: o que são e para que servem? 

As cooperativas são sociedades formadas por membros de um determinado grupo em comum. Basicamente, essas organizações surgem para tentar ajudar o coletivo, favorecendo a todos e facilitando caminhos para diversos fins. 

Uma cooperativa agropecuária terá mais facilidade para baratear o custo de seus insumos por contar com um grupo de produtores rurais, por exemplo. Já uma cooperativa financeira pode oferecer diversos serviços, como cartões, empréstimos e conta-corrente com melhores condições para seus associados. 

Dessa maneira, as cooperativas podem atuar nos mais diversos segmentos de mercado. O intuito sempre é se fortalecer com o coletivo para eliminar intermediários, diminuir custos e oferecer melhores condições para a atuação no mercado. 

Quais são os pilares de uma cooperativa? 

De acordo com a Aliança Cooperativa Internacional, existem sete princípios que devem ser seguidos pelas cooperativas como base para a organização de trabalho. São eles:

  • Adesão livre e voluntária: membros devem aderir a uma cooperativa por livre e espontânea vontade;
  • Democracia: a gestão precisa ser democrática, fazendo com que todos os membros sejam iguais entre si, tendo os mesmos direitos sem diferença;
  • Participação econômica: todos os associados devem contribuir financeiramente com a cooperativa;
  • Autonomia: uma cooperativa deve manter sua autonomia, mesmo que possua parceiros ou receba ajuda financeira externa;
  • Educação e formação: a cooperativa deve promover ações para educar, informar e formar os seus associados; 
  • Intercooperação: cooperativas devem trabalhar em sintonia para fortalecer o cooperativismo; 
  • Interesse pela comunidade: as políticas da cooperativa devem ser pensadas para o desenvolvimento da comunidade. 

Quais são os principais tipos de cooperativas no Brasil? 

De acordo com o Anuário do Cooperativismo Brasileiro de 2018, produzido pelo sistema OCB (Organização das Cooperativas do Brasil), existem 6.828 cooperativas que movimentam mais de R$ 7 bilhões em impostos e tributos por ano. 

Entre os principais ramos de atuação, podemos citar:

Cooperativa agropecuária 

As cooperativas agropecuárias reúnem produtores rurais com o objetivo de baratear custos de produção e facilitar a comercialização de seus produtos para o mercado brasileiro e internacional. 

Cooperativa de consumo 

As cooperativas de consumo buscam agrupar cidadãos comuns com o intuito de conseguir baratear custos de produtos de uso pessoal e doméstico por meio de compras coletivas. 

Cooperativa financeira 

As cooperativas financeiras unem pessoas comuns e empreendedores que procuram serviços financeiros mais vantajosos. Essas pessoas vêem nas cooperativas uma opção aos bancos tradicionais, com a oferta dos mesmos serviços com menos taxas e burocracia. 

Cooperativa habitacional 

As cooperativas habitacionais unem pessoas que estão em busca de realizar o sonho da casa própria. Assim, elas se juntam e contribuem para a cooperativa com o objetivo de adquirirem um imóvel com mais facilidade de pagamento. 

Quais são as principais vantagens de ser associado a uma cooperativa? 

Ser associado a uma cooperativa pode facilitar a obtenção de diversos objetivos. Como mostramos, essas organizações atuam em diversos setores do mercado. Fizemos uma lista com as principais vantagens de se tornar um associado de uma cooperativa. Confira abaixo:

Novas oportunidades de negócio 

A primeira vantagem de se associar a uma cooperativa é ter acesso a novas oportunidades de negócio. Empreendedores podem se favorecer de parcerias e da intermediação da cooperativa para ampliarem as vendas de seus negócios. 

Diminuição de custos 

Independentemente do segmento, uma das principais vantagens das cooperativas é a busca pela diminuição dos custos. Seja de insumos para empresas, produtos pessoais e de uso doméstico ou sonhos maiores, como a casa própria ou um empréstimo com juros mais baixos, a cooperativa sempre diminui os custos na comparação com os meios tradicionais. 

Mais facilidade para crescer um negócio ou conquistar um objetivo pessoal 

Com a ajuda de uma cooperativa, o associado pode aproveitar seus benefícios comerciais e se educar para conseguir oportunidades cada vez melhores no mercado. Isso é fundamental para alavancar negócios e facilitar conquistas pessoais. 

As cooperativas são de extrema importância para a economia brasileira. Geradoras de empregos e oportunidades para empresas e pessoas físicas, fazer parte de uma cooperativa pode facilitar diversos fins, tornando o caminho menos árduo e favorecendo a realização de projetos pessoais e corporativos.

O que são cooperativas