Veja quais são os principais pontos que devem ser considerados na montagem do currículo profissional

Se é a sua primeira vez montando um currículo ou nota que o documento não está gerando resultado em suas entrevistas de emprego, você veio ao lugar certo.

Neste artigo iremos oferecer dicas e informações importantes para que o seu currículo seja notado em vão vá parar na lixeira sem ao menos ter sido lido.

Veja dicas valiosas de recrutadores para montar o currículo perfeito!

O tipo e formato ideal de currículo

De acordo com Robert Half, expert internacional em recrutamento, fazer o currículo perfeito consiste em descrever suas experiências e capacitações em, no máximo, 2 páginas.

Ou seja, as informações precisam ser colocadas de forma suscinta e você deve escolher dados estratégicos de sua trajetória profissional juntamente com seus dados pessoais.

Existem 3 formatos de currículo que você pode utilizar:

  • Currículo cronológico: que apresenta as informações das mais antigas até as mais recentes, os dados são organizados em períodos. É muito utilizado por quem deseja ressaltar suas experiências profissionais;
  • Currículo funcional: o foco desse currículo é enfatizar as competências e habilidades do profissional, sem priorizar a ordem, pra que sejam prontamente percebidas pelo recrutador;
  • Currículo misto: é o mais utilizado atualmente, pois ressalta as competências e experiências do candidato de forma organizada e cronológica.

O que colocar no currículo?

Se você acha que deve colocar absolutamente tudo, cada mínimo detalhe da sua trajetória profissional ou cada uma de suas competências e habilidades, está enganado.

Lembre-se que a regra é ser útil e suscinto. Ou seja, é importante colocar apenas informações que sejam úteis para a vaga e empresa em questão.

Veja quais são as informações importantes para colocar no currículo e como coloca-las de forma estratégica:

1.Dados pessoais

Uma dica importante: economize na quantidade de dados pessoais.

O recrutador não precisa saber seu CPF, RG ou endereço completo.

Os dados pessoais que você precisa colocar são:

  • Nome completo;
  • E-mail e telefone de contato;
  • Cidade;
  • Endereço do perfil no Linkedin, perfil profissional nas redes sociais ou portfólio;
  • Idade.

Outra dica valiosa: lembre-se de utilizar endereços de e-mail profissionais. Nada de utilizar apelidos ou nome de personagens. Caso coloque um número de contato que também seja whatsapp, lembre-se de ter uma foto de perfil também profissional e o seu nome real.

2. Especifique a área de atuação e os objetivos profissionais

Mais uma vez, seja suscinto. Não precisa utilizar palavras para “encher linguiça” ou “bajular” a empresa.

Diga apenas o cargo que deseja ocupar na área que deseja ocupar.

Exemplo:

“Candidato à vaga como gestor de Redes Sociais e Publicidade Online da empresa X”.

3. Resumo profissional

Seja claro e específico em seu resumo profissional. Tente responder resumidamente porque a empresa deve escolher você para a vaga do que outro candidato.

Fale sobre suas qualificações e experiências que irão agregar à empresa que você está se candidatando. Coloque tempo de experiência, resultados e empresas em que trabalhou.

Um exemplo básico de resumo profissional efetivo:

“3 anos de experiência em publicidade digital, incluindo definição de campanhas, planejamento de custos e publicidade para Google, Instagram e Facebook nas empresas X, Y e Z com orçamento anual de R$50 MM. Utilização da ferramenta X para medição de resultados.”

4. Formação acadêmica e cursos complementares

Essa área do currículo é destinada a ressaltar sua qualificação profissional. Comece priorizando sua graduação e pós-graduação, não esquecendo de colocar o nome da instituição e a data de início e conclusão do curso.

Caso tenha cursos complementares, e isso inclui também seminários e eventos extracurriculares que tenha participado e que agreguem aos seus conhecimentos na área, coloque também.

5. Experiência profissional

Nessa etapa, tenha cuidado com o excesso de informações.

Quando mais suscinto e objetivo você for, mais chances você tem de ser visto.

Priorize as suas experiências profissionais de maior tempo e que você mais obteve crescimento em sua área.

Mencione o nome da empresa, o cargo que ocupou e por quanto tempo.

Em seguida, faça um resumo das suas atribuições, focando as atividades que você exerceu, as ferramentas que utilizou e os resultados que alcançou. Aqui você pode se valer de listas e marcadores.

Não esqueça de estruturar um bom layout para o seu currículo e otimizar o envio por e-mail, colocando o texto correto no campo de assunto no e-mail, com a vaga oferecida, e ser cordial na mensagem de apresentação.

currículo profissional