Ozonioterapia na estética: benefícios

A preocupação com a boa aparência e autoestima é comum a muita gente. É por isso que a busca por técnicas e novidades em tratamentos estéticos é sempre constante e, a todo tempo, novos benefícios vão sendo descobertos. 

Recentemente, várias pesquisas têm encontrado na ozonioterapia diversas aplicações na estética. Foi descoberto que a prática, que já era conhecida no tratamento de doenças, pode trazer benefícios estéticos satisfatórios.

O que é ozonioterapia?

Ozonioterapia é a utilização de um tipo especial de gás ozônio (O3) com finalidade de tratamento de doenças e sintomas. Para isso, o gás é aplicado de algumas maneiras, como intravenosa, tópica e intramuscular. 

Sua utilização começou por volta do fim do século XIX e intensificou-se a partir da Primeira Guerra Mundial. Desde então, pesquisas já descobriram finalidades de todo tipo de tratamento medicinal com a utilização do ozônio, inclusive em animais.

A aplicação de ozônio tem propriedades antissépticas, anti-inflamatórias, estimula a circulação sanguínea, de modo a melhorar a atividade dos tecidos e o metabolismo, e tem poder antioxidante.  

A ozonioterapia na estética

Dados os benefícios da ozonioterapia em tratamentos de saúde, pesquisas concluíram as possibilidades do tratamento para finalidades estéticas faciais e corporais.

A utilização do ozônio na estética traz diversos benefícios, tais como:

  • Estimula a regeneração de tecidos;
  • Estimula a quebra de gorduras;
  • Diminui o estresse oxidativo;
  • Estimula a eliminação de toxinas;
  • Atua como agente anti-inflamatório.

Aplicações da ozonioterapia na estética

Todas as aplicações da ozonioterapia na estética são possíveis graças a pesquisas que associaram os benefícios de saúde dos tratamentos com ozônio a transformações estéticas positivas.

Por seu leque de benefícios, a ozonioterapia na estética pode ter diversas finalidades, como:

  • Redução de gordura localizada e flacidez;
  • Tratamento de acne e suas cicatrizes;
  • Clareamento de manchas e uniformização do tom de pele;
  • Fortalecimento de pele após tratamentos como laser para remoção de tatuagem;
  • Combate ao envelhecimento epitelial;
  • Redução de rugas e estrias;
  • Emagrecimento;
  • Combate à queda de cabelo e fortalecimento capilar;
  • Combate a celulite e aos vasinhos;
  • Harmonização orofacial.

Como é a ozonioterapia?

Existem diversas formas de aplicação de ozônio e cada uma delas vai depender da finalidade do tratamento, seja estética ou para o tratamento de sintomas e doenças.

Geralmente, o ozônio é aplicado diretamente no local a ser tratado. Além disso, vai variar a quantidade de gás e a forma de aplicação. Por exemplo, bolsas carregadas de ozônio podem ajudar a tratar a celulite. 

Já a aplicação subcutânea é muito comum em tratamentos de pele, como cicatrizes de acne, rejuvenescimento e harmonização facial. Também existem as substâncias ozonizadas, como água, óleo ou outros produtos, também utilizados em tratamentos de imperfeições e rejuvenescimento de pele. 

Quem pode fazer ozonioterapia?

A ozonioterapia não causa alergias. O gás ozônio é compatível com nosso corpo e é obtido de maneira natural, através de geradores de ozônio a partir do gás oxigênio. 

Ainda assim, é contraindicada a alguns grupos de pessoas, como gestantes nas primeiras semanas de gravidez, pacientes com doença hemolítica aguda, hipertireoidismo e favismo.

Além disso, é importante encontrar bons profissionais, bem recomendados e capacitados, que indicarão a melhor forma de aplicação de gás ozônio, de modo a realizar um tratamento eficaz e sem riscos.

Ozonioterapia na estética