Dor no Tornozelo: quais as causas e o que fazer?

A dor no tornozelo é um sintoma bastante comum, que pode se manifestar a partir de diferentes alterações — que vão desde traumas simples e que passam naturalmente em alguns dias, a problemas mais sérios de saúde. Caso esta manifestação perdure por mais de alguns dias ou esteja acompanhada por outros incômodos, como inchaço ou vermelhidão, o ideal é se consultar com um ortopedista. 

O tornozelo é uma articulação muito importante para a sustentação do corpo e estabilidade da movimentação, e está frequentemente sujeito a uma alta carga de trabalho. Por isso, mesmo nos casos em que a dor no tornozelo é leve e suportável, uma investigação médica pode ser fundamental para garantir a qualidade de vida do paciente e evitar complicações ortopédicas. 

Principais causas para a dor no tornozelo 

O tornozelo é uma articulação que liga o pé do paciente à porção inferior da perna, sendo composta por ossos, ligamentos e tendões que proporcionam estabilidade ao corpo. Sua principal função é receber toda a carga de peso corporal, distribuindo-a para os pés. 

Esta é uma estrutura que recebe muita sobrecarga, especialmente quando o paciente apresenta problemas de pisada, sobrepeso ou pratica esportes de impacto e alto rendimento. Este tipo de estresse se manifesta principalmente por meio de dor no tornozelo, além de incômodos na região dos pés e lesões repetidas. 

Justamente por causa de sua função, o tornozelo também está altamente sujeito a desenvolver lesões de desgaste, podendo ser afetado por doenças como:

  • Osteoartrose;
  • Tendinite;
  • Gota (artrite relacionada a altas concentrações de ácido úrico no sangue, levando a deposição de pequenos cristais no tornozelo);
  • Artrite reumatoide;
  • Bursite. 

Como aliviar a dor no tornozelo?

A maneira mais adequada de aliviar a dor no tornozelo depende diretamente das causas deste incômodo. A princípio, quando a dor é mais simples e tem origem inflamatória, o sintoma pode ser controlado por meio da aplicação de compressas frias. Esta mesma metodologia costuma ser indicada nos casos de entorse, uma vez que a temperatura baixa ajuda a desacelerar o processo inflamatório e reduzir o inchaço. 

Outra forma de aliviar a dor e o inchaço no tornozelo nos casos de trauma é manter a região elevada, reduzindo também a carga de impacto sofrido pela articulação. Quando a dor está relacionada aos músculos e tecidos flexíveis, os sprays destinados ao tratamento de contusões esportivas podem aliviar o incômodo de maneira eficiente. 

Quando procurar ajuda médica?

Conforme foi explicado, a dor no tornozelo pode estar relacionada a diferentes causas e condições de saúde, variando de um problema muito simples a doenças que demandam acompanhamento de um ortopedista especialista em dor. Em geral, é recomendado procurar ajuda médica nos casos de:

  • Dor que não desaparece após uma semana, mesmo com a adoção dos cuidados acima;
  • Suspeita de fratura óssea;
  • Presença de deformidade;
  • Redução da movimentação;
  • Sintomas de infecção localizada, como vermelhidão ou febre;
  • Dor intensa mesmo em repouso. 

Nesses casos, o ortopedista irá avaliar as condições clínicas apresentadas pelo indivíduo, diagnosticando o quadro e indicando o tratamento mais adequado para aliviar a dor no tornozelo.

Dor no Tornozelo