Como negociar dívidas e sair do vermelho em 2022

Você está buscando negociar dívidas e sair do vermelho em 2022? Se sim, saiba que o  endividamento tornou-se um enorme problema na vida dos brasileiros.

De acordo com o Serasa, 75% das famílias tiveram algum tipo de endividamento no último ano. Além disso, o baixo orçamento dificulta a obtenção de crédito com altas taxas de juros. 

Se você quer terminar o ciclo de dívidas e eliminar definitivamente os gastos surpresas, você precisa aprender como equilibrar seus gastos com base no quanto você recebe a cada mês e no quanto você tem dívidas.

Se você tem isto em mãos, elabore um plano financeiro e priorize seus pagamentos. 

Especialistas indicam a criação de uma lista ou tabela para inserir todos os compromissos financeiros e têm uma visão mais ampla de como você pode lidar com seus custos mensais, determinando uma estratégia para a quitação de dívidas antigas.

Como você verá neste artigo, uma das melhores maneiras de se livrar de dívidas é se livrar das que têm taxas de juros mais altas, tais como saques no cheque especial, e substituí-las por dívidas mais baratas. Há uma chance de que a dívida possa ser reestruturada diretamente com o credor. 

Se você ter as finanças organizadas corretamente, terá uma ideia melhor de como lidar com suas despesas mensais.

Conheça o valor total das suas dívidas

Conheça o valor total das suas dívidas

Para começar, é importante enumerar todas as dívidas que foram acumuladas, principalmente se você deseja limpar nome no Boticário ou em alguma outra empresa. 

Portanto, é importante identificar quanto de dívida ativa você tem e também saber antecipadamente quanto o pagamento dessas dívidas pode comprometer sua renda mensal.

A melhor maneira é listar todas as dívidas e agrupá-las por prioridade. As contas com as taxas de juros mais altas são as que devem ter a maior prioridade.

Se você não tiver certeza sobre o montante da dívida, você pode verificar suas contas antigas e entrar em contato com as empresas com as quais está em atraso.

Defina uma meta mensal

Quando suas dívidas estiverem equilibradas, você deve tentar definir quais despesas você pode cortar a fim de economizar dinheiro.

A possibilidade de voltar a se endividar torna-se menor quando a poupança se torna um hábito.

Determine quais custos podem ser cortados ou reduzidos a partir de seu orçamento. A melhor estratégia sobre como sair de uma dívida será pela sua capacidade de poupar.

Negocie com os credores

Após ter o conhecimento do valor total a ser pago e identificar sua capacidade de pagamento, será mais fácil negociar as dívidas mais importantes com as instituições de crédito.

Você deve estabelecer um limite de quanto você pode gastar em dívidas antes de fazer este contato. Se o valor sugerido pelo operador estiver de acordo com o que você definiu, peça uma proposta para pagar a dívida em melhores condições e verifique seu orçamento.

Troque dívidas caras por mais baratas

Você deve estabelecer um limite de quanto você pode gastar em dívidas antes de negociar. 

Se o valor sugerido pelo operador estiver de acordo com o que você definiu, peça uma proposta para pagar a dívida em melhores condições e verifique seu orçamento.

A prática recebe este nome porque a nova instituição paga a dívida antiga e cria uma nova com parcelas diferentes que são mais flexíveis à sua capacidade de pagamento mensal. 

Encontrar as melhores oportunidades de juros no mercado é o que você tem que fazer para descobrir como sair da dívida.

Antes de tomar esta decisão, faça muitas pesquisas pela Internet sobre quais empresas oferecem empréstimos a juros baixos. 

Você pode assumir parcelas mais acessíveis que se encaixem em seu orçamento, fazendo isso.

Controle seus gastos 

Renegociar dívidas e reassumir o controle financeiro não significa necessariamente que você deve parar de consumir. Entretanto, você precisa se comprometer a pagar as dívidas e criar metas financeiras mais rigorosas.

É muito provável que você encontre algumas despesas que podem ser evitadas em períodos de maior dificuldade financeira se fizer uma auto-avaliação sobre seus hábitos de consumo.

Anote e rastreie seus gastos

Anotar todas as suas despesas é a melhor maneira de manter seu orçamento sob controle. 

É possível identificar mais claramente seu perfil financeiro, bem como compreender quais pontos focais estão impactando sua saúde financeira, desta forma.

Use um caderno ou uma planilha de cálculo. É importante poder mapear todas as despesas mensais. Os aplicativos de educação financeira podem ajudar a acompanhar suas dívidas se você não gosta de tomar notas.

Estude sobre educação financeira

Ter o conhecimento para evitar dívidas é uma das principais maneiras de se livrar de dívidas. Por esta razão, você precisa saber como se educar sobre finanças.

É importante que você tenha cada vez mais capacidade de organizar seus recursos, e a educação financeira será um importante fator para fazer escolhas cada vez mais inteligentes.

Como negociar dívidas e sair do vermelho em 2022