Que tal fazer comida em casa e vender por delivery?

Ao ouvir a palavra “empreendedor” você deve imaginar aquele tipo de empresário rico e cheio de experiência, que possui um enorme escritório e nele um monte de colaboradores e funcionários, não é mesmo?

E se nós dissermos que você pode empreender de uma maneira simples, inclusive fazendo comida em casa para vender por delivery?

Saiba que atualmente, segundo dados do Sebrae, 50% dos empreendedores no país possuem uma empresa pequena, menos de 34 anos de idade e até outro dia trabalhavam como empregados em alguma empresa.

Além disso, 4 de cada 10 empreendedores já trabalham diretamente de casa, número que acabou sendo impulsionado inclusive por conta da pandemia de Covid-19.

E dentre as formas existentes para empreender existe a possibilidade de cozinhar em casa, aproveitando dos seus dotes culinários e utilizando da tecnologia a seu favor, através dos diversos aplicativos de delivery de comida existentes no mercado, para que você entregue o pedido ao cliente e não precise contratar nenhum funcionário para isso.

Caso você tenha gostado dessa ideia mas está se sentindo perdido, sem saber por onde começar, elaboramos esse conteúdo para trazer algumas dicas de escolha do que vender, como vender e onde vender, para que você possa começar o seu novo negócio.

O que eu posso fazer de comida em casa para vender?

Sem muita enrolação trouxemos aqui uma lista de ideias de comidas que são muito procuradas pelos consumidores e que você com certeza consegue fazer em casa. Vamos a lista:

  • Salgadinho;
  • Pão;
  • Bolo e cupcake
  • Marmita Fitness;
  • Comida congelada;
  • Hambúrguer gourmet;
  • Trufa;
  • Panetone para o Natal (ainda está longe mas você pode se programar para começar pelo menos 1 mês antes);
  • Comida regional (como açaí, chimarrão, tereré, vatapá, etc);
  • Ovo de Páscoa (Da mesma forma do panetone, já se programe para vender ao menos 1 mês antes);

Agora que já sei o que fazer, como eu vendo?

Apesar de você conseguir iniciar fazendo vendas de porta em porta, para seus vizinhos, parentes, amigos ou colegas no trabalho, hoje em dia temos uma opção tecnológica e eficiente para que você disponibilize seus pratos ao consumidor que já está a procura do que comer, através de um dos diversos aplicativos de delivery disponíveis.

Mas prepare-se, pois a concorrência será enorme! Por conta disso, o seu cardápio precisa de organização, para deixar claro o que você vende e fazer com que o cliente tenha vontade de fazer um pedido.

Seguem duas dicas abaixo para lhe ajudar:

  1. Deixe de forma clara, simples e organizada quais são os seus produtos. Faça uma bela descrição e informe o preço. Pense em facilitar a vida do seu cliente ao incluir as informações, afinal ele pode não ser familiarizado com aquele tipo de alimento ou ao nome que se dá, portanto descreva os ingredientes sempre que possível, para caso ele não saiba o que tem num bauru, por exemplo, ele não vá atrás dessa informação com um concorrente e compre por lá.
  2. As fotos são talvez a parte mais importante para chamar a atenção do consumidor, então capriche nelas, não colocando qualquer imagem genérica que não deixe o mesmo com fome e vontade de pedir, afinal ele não consegue sentir o cheiro da sua comida pelo aplicativo, sendo somente com a foto que ele escolherá se pede ou não o seu prato. Caso tenha condições, chame um fotógrafo ou um designer profissional para caprichar nelas, afinal, como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica e você com certeza quer deixar a melhor possível.

Onde posso vender?

Atualmente no mercado existe uma quantidade enorme de aplicativos para delivery, muito mais do que você possa imaginar.

Alguns desses aplicativos são bem famosos, outros nem tanto, mas você pode analisar com carinho todos os que tiverem disponíveis na sua região e se cadastrar.

Alguns empreendedores optam pelo cadastro em mais de um aplicativo, buscando assim alcançar um maior número de clientes, mas que pode parecer um pouco confuso para gerenciar.

Outros preferem selecionar alguns poucos que mais lhe agradam para facilitar assim o gerenciamento dos pedidos.

Nossa dica é, teste cada um deles para perceber o que funcionará melhor para o seu negócio.

Que tal fazer comida em casa e vender por delivery