Melhores países para estudar no exterior – Confira 4 opções!

Quais são os melhores países para estudar no exterior? Quais são as nações em que mais há brasileiros estudando e por que os mesmos escolheram esses países para ficar?

Quais são os diferenciais dos países que mais acolhem brasileiros estudantes, seja na Europa ou fora dela? São perguntas comuns, e que iremos responder.

Muitos brasileiros sonham em conhecer um país no exterior. Muitos brasileiros sonham em realizar um curso específico, seja de especialização ou de inglês.

Existem ainda outras pessoas, que unem essas duas vontades, pesquisando, por exemplo, os preços de intercâmbios na Irlanda.

A verdade é que viajar para fora do Brasil não é fácil, seja pelo preço a ser gasto ou então pela dificuldade de entrada em países estrangeiros, devido às políticas internas de restrição de imigrantes.

Apesar disso, milhares de brasileiros estão residindo na Europa ou na América do Norte, estudando e trabalhando.

Pensando nisso, montamos esse conteúdo exclusivo com dicas, falando sobre quais são os melhores países para estudar no exterior, independentemente do tipo de curso que desejar realizar.

Quer fazer suas malas e se preparar sabendo mais sobre o assunto? Então leia com a gente, vamos lá!

Irlanda

A Irlanda é, de longe, o melhor país para se estudar no exterior. Vale ressaltar que sim, depende muito do curso escolhido.

A grande maioria dos brasileiros viaja até a Irlanda por meio de intercâmbio, tendo o auxílio de uma agência de viagens, ganhando experiência para logo após voltar com maior autonomia.

A Irlanda possui diferentes tipos de passaporte, alguns destinados só para estudos, só para trabalho ou então que engloba os dois exemplos.

Por isso, é importante pesquisar bastante antes de viajar. E por que a Irlanda é considerada como um dos melhores países para estudar no exterior? Por uma série de motivos que elencamos abaixo:

  • Custo de vida adequado;
  • Segundo maior salário da Europa, perdendo apenas para a Dinamarca;
  • País com muitos brasileiros, facilitando seu cotidiano;
  • Muitas oportunidades de emprego;
  • Possibilidade de ser fluente em inglês;
  • Possibilidade de conseguir um emprego, e, consequentemente, cidadania europeia.

EUA

Os EUA também estão entre os melhores países para estudar no exterior por excelência. Agora, saímos da Europa e viajamos até a América do Norte, mais especificamente para a terra do Tio Sam, o sonho de consumo de muitos brasileiros. O benefício principal de viajar até os EUA para estudar está na experiência, que é realmente incrível.

Porém, é um país difícil de trabalhar legalmente quando se viaja para estudos. O passaporte permite que você trabalhe apenas em oportunidades dentro do Campus, podendo trabalhar fora somente com comprovação de não ter conseguido emprego no ambiente de estudo.

Além do inglês, existem outras oportunidades de aprendizado na terra da Estátua da Liberdade. Por lá, é possível viajar com tudo pago através de alguns programas de incentivo à educação do Governo Federal, além da chance de cursar PhD, desde que passe em provas de classificação que funcionam como uma espécie de concurso.

É possível fazer intercâmbio para os EUA. Os intercâmbios para os EUA podem durar de 6 meses até cerca de 2 anos, e dependem do que você realmente procura: apenas um intercâmbio de férias de verão aqui do Brasil ou uma imersão total de aprendizado de inglês e rotina norte-americana.

Canadá

Continuamos na América do Norte, mas agora saímos dos Estados Unidos da América e subimos um pouquinho mais, chegando até o Canadá.

Esse é um país conhecido pelos brasileiros, que imigram para lá anualmente e tudo indica que isso deverá continuar acontecendo pelas boas oportunidades encontradas.

Os benefícios de estudar no Canadá são muitos. O país é conhecido pela excelência no estudo e pela diversidade de seu povo, que consequentemente é muito receptivo com imigrantes.

Além disso, trata-se de um país que precisa de muita mão de obra, então se o seu medo é viajar para estudar e ficar sem emprego, pode esquecer, pois você chegará e já estará praticamente empregado.

O mais indicado, assim como nos EUA, é o estudo de línguas. Novamente, isso ocorre pela diversidade do povo local, que fala até mesmo francês.

Assim, é possível realizar um intercâmbio e estudar cursos intensivos, voltando do Canadá falando inglês e francês fluentemente.

Austrália

Por fim, vamos visitar um terceiro continente em nossa lista de melhores países para estudar no exterior, estamos falando da Oceania, localizada em um local mais afastado do globo terrestre, na Austrália.

A Austrália por si só já seria um país incrível para se visitar pela beleza natural exuberante, mas existem outros motivos que a classificam como um ótimo país para se estudar fora do Brasil:

  • 3º lugar no mundo no quesito ensino de qualidade;
  • 3º lugar em todo o mundo no quesito “facilidade de atingir objetivos”;
  • 8º lugar no planeta no quesito autodesenvolvimento e autoconhecimento.

Com isso, queremos dizer que além de ser um local incrível para estudar, é um local incrível para se autoconhecer e relaxar. Até a próxima!

Melhores países para estudar no exterior