Tecnologia em clínicas

Tecnologia em clínicas: saiba a importância de usar sistemas eficientes

Seu consultório usa um sistema para clínica médica? Se não, então é hora de começar a cogitar usar um sistema eficiente para organizar seus pacientes, o trabalho interno da empresa ou outros tipos de tecnologias necessárias para prestar um trabalho excelente e de qualidade para seus clientes. Afinal, a área da saúde precisa urgentemente de bons serviços.

Basta olhar para o fato de que há uma clara lacuna no mercado. De um lado, o SUS segue sobrecarregado e não dá conta de toda a demanda. Do outro, apenas 22% da população usa plano de saúde. O restante precisa ir a consultórios particulares, que são muito caros ou prestam serviços ruins. Não à toa, os consultórios populares estão crescendo muito.

Por isso, é vital entender como usar tecnologia em clínicas para explorar sistemas eficientes e criar um serviço bom e de custo justo para seus clientes. Quer saber como fazer isso? Então siga a leitura do artigo abaixo com atenção!

A importância de usar tecnologia em clínica: 5 pontos

1. Menos custo

Um dos principais benefícios do uso de tecnologia em uma clínica médica é a redução de custos que ela gera. Isso acontece em várias formas tanto do ponto de vista direto quanto indireto.

No ponto de vista direto, a tecnologia substitui outras soluções que eram mais caras e dispendiosas. Por exemplo, suponha um sistema que digitaliza a agenda de todos os médicos da clínica.

Antigamente, era preciso imprimir todas as agendas e depois armazenar tudo isso: o gasto com tinta, papel, canetas e armazenamentos era enorme. Com a opção digital, nada disso existe.

Também há o tipo de economia indireta. Por exemplo, uma clínica mais organizada e eficiente comete menos erros e tem de pagar menos por eles tanto do ponto de vista médico quanto organizacional. E por falar nisso…

2. Melhor organização

O uso de tecnologia permite uma melhor organização e um melhor trabalho da sua equipe médica. Por exemplo, vamos supor que você tenha um software de gestão instalado. Isso permite controlar quanto tempo cada médico gasta nas consultas, identificar os gargalos de produtividade, ver erros de organização e garantir que isso tudo possa ser corrigido para que a empresa funcione melhor no futuro.

Assim, quanto melhor organizada, mais lucrativa será a sua clínica, pois ela poderá atender mais pacientes em menos tempo. Muitos negócios, hoje em dia, simplesmente não conseguem atender mais pessoas porque estão desorganizados demais para isso.

3. Menos desperdício

Um problema muito sério em clínicas médicas de todos os tipos é o desperdício de material, remédios e outros tipos de itens que custam muito dinheiro para a empresa.

Um sistema médico pode ajudar nisso ao garantir maior controle de estoque, impedindo que remédios tenham sua validade vencida ou equipamentos sejam perdidos por causa de erros ou extravios do processo.

Além disso, o desperdício não é reduzido apenas na parte material, mas na parte de pacientes também. Por exemplo, um dos principais problemas de gestores no Brasil é o alto nível de falta de pacientes.

Quando um paciente não comparece para a consulta, a clínica perdeu um lead e gastou o horário, tendo de pagar ao médico por isso.

Portanto, usar ferramentas de confirmação de consulta (muito presente em software médicos) ajuda a reduzir o nível de falta e cortar gastos nisso, além de prevenir o desperdício de leads.

4. Melhor controle interno

Suponha que seu médico deveria fazer um procedimento X em um paciente, mas na hora de escrever no relatório para enviar para o plano de saúde, ele anota que fez o procedimento Y.

Isso vai virar uma glosa, o que dará problemas para a sua clínica. Quando a glosa existe, o plano de saúde não paga pelo procedimento – a não ser que um recurso seja apresentado para mudar a situação.

Com um melhor controle interno, especialmente digitalizado, é possível reverter esse quadro e conseguir ter um histórico mais preciso de tudo que é necessário para apresentar recursos de glosas e garantir esses pagamentos.

5. Mais produtividade e escalabilidade

Por fim, é importante entender que toda clínica médica precisa investir em algo chamado de escalabilidade, ou seja, a possibilidade de atender mais pessoas em menos tempo no futuro.

Isso não dá para ser feito com métodos tradicionais de organização. Se der, é necessário investir muito para conseguir. No entanto, a tecnologia digital é naturalmente escalável e fica mais fácil para que a sua clínica cresça, caso haja esse tipo de recurso por trás.

Agora que você entendeu a importância da tecnologia em clínicas, está na hora de começar a trabalhar com um sistema eficiente para melhor administrar o seu negócio. Com esse tipo de cuidado, sua empresa terá uma produtividade muito maior, um custo menor e poderá despontar como aquele lugar de bom atendimento e preço justo, trazendo mais pacientes.

Gostou das dicas? Então compartilhe-as com seus colegas no WhatsApp!,