Como saber se estou pronto para ter um negócio próprio

Como saber se estou pronto para ter um negócio próprio

Não são todos os empreendedores (ou que querem ser empreendedores) que sabem se estão prontos para ter um negócio próprio, apesar de desejarem ter uma empresa. Para se ter uma noção, quase 8 entre cada 10 brasileiros adultos têm o desejo de empreender e criar o próprio negócio, mas nem todos conseguem ou podem fazer isso. No entanto, será que há algum sinal de que você está pronto para essa missão?

Empreender não é um trabalho fácil. A burocracia é grande (apesar de estar diminuindo), e isso só para abrir a empresa. Depois é preciso gerenciá-la e fazê-la crescer. A maior parte dos brasileiros falha nisso: 60% de todos os negócios criados no país fecham em 5 anos de idade. Seja por causa dos impostos, seja por causa do despreparo, a verdade é que temos um “teto” que muitos negócios não conseguem prosperar.

Com isso em mente, como saber se você está pronto para ter um negócio próprio? Existe algum sinal que indique que é a hora de empreender? Vejamos a seguir!

Como saber se estou pronto para ter um negócio próprio: 5 sinais

1. Você já empreende sem saber

Se você já empreende sem saber, é sinal de que está na hora de começar a empreender oficialmente, no entanto, sabendo. Mas o que isso significa na prática? O que é “empreender sem saber”?

Por exemplo, suponha que você seja um trabalhador PJ no mercado de trabalho. Digamos que seja um web designer que trabalha para uma agência de marketing e faz o serviço contratado via PJ.

Sem saber, você já está empreendendo: essa agência é seu cliente número 1. E, assim, você pode arranjar outros, basta ter um portfólio e focar seu trabalho nessa direção. Afinal, você é um PJ.

Se o seu cenário permite esse tipo de movimentação, então é um sinal positivo para você começar a empreender ou, no mínimo, pensar em se preparar para isso.

2. Você sabe como fazer seu trabalho de maneira mais eficaz do que agora

Vamos supor que você esteja contratado como CLT em uma empresa específica. Digamos que seja uma pintura de casas. No entanto, você percebe uma série de ineficiências na empresa: há desperdício de material, há complicação no trabalho, o sistema de trabalho é ineficiente. Enfim, você percebe que poderia fazer melhor se fosse o seu chefe.

Oras, se esse é o seu caso, é sinal de que é hora de você ser o seu chefe e abrir CNPJ. Afinal, sempre que você perceber alguma ineficiência, saiba que outra pessoa provavelmente também já viu, ou seja, se você não aproveitar, alguém vai.

Sempre que há uma ineficiência no mercado, há uma oportunidade de supri-la, reduzir custos e ganhar clientes. Se você fizer isso, conseguirá se destacar e ter aquela força inicial para empreender com o pé direito.

3. Você tem preparo para lidar com a burocracia de ter uma empresa

Empreender não é só arranjar clientes e coletar o pagamento, mas é também administrar o negócio e lidar com a burocracia de ter uma empresa, como contratar um escritório de contabilidade, preencher declarações e documentos, pagar tributos e funcionários e muito mais.

Se você souber como fazer isso, se tiver o preparo para lidar com essa carga burocrática (seja por conta própria, seja por terceirização), então é um sinal positivo para abrir seu negócio.

Normalmente, a maior parte das pessoas não têm o preparo para isso. Esse é um dos maiores desafios para os empreendedores. Mas se você tiver, aproveite!

4. O mercado está pronto para você

Para que a sua empresa tenha sucesso, é vital que você esteja pronto, mas é muito importante também que o mercado esteja pronto para você. Afinal de contas, se um dos dois elementos não estiver alinhado, sua empresa terá dificuldade para dar certo.

No momento, vivemos um mercado hostil para todo mundo: a renda está baixa, o desemprego alto e os juros subindo. É um cenário complicado de empreender. Não é impossível, mas é mais complicado.

5. Você se preparou financeiramente para isso

Por fim, é importante que você se prepare financeiramente para empreender. Afinal, ninguém cria uma empresa do zero e sai faturando alto com isso no primeiro mês. No entanto, suas contas não deixam de chegar, não é mesmo?

Por isso, é vital ter uma reserva de emergência para suprir as contas enquanto o seu negócio não decola.

Esses são os 5 principais sinais para quem quer aprender como saber se está pronto para ter um negócio próprio. Se você respondeu “sim” para todos os 5 pontos, então provavelmente chegou a hora de dar o salto e abrir sua própria empresa. Se falta um ou dois elementos, é hora de se preparar para ir atrás desses dois pontos. Já se você só tem 1 ou 2 desses sinais, então vale a pena esperar um pouco até ter todos.

E aí, está na hora de você empreender ou não?