Meias de compressão

Meias de compressão, para que servem?

As meias de compressão são peças de vestimenta que se aplicam a tratamentos terapêuticos. Sua utilização se relaciona diretamente ao tipo de paciente e o quadro da doença que a pessoa vai tratar.

Se você possui algum tipo de complicação atrelada a problemas de circulação como varizes, edemas ou úlceras, certamente já deve ter passado por algum momento de dor ou desconforto relacionado a condição dos seus pés ou pernas.

 Entretanto, o que muitos não sabem é que apesar de silencioso, problemas que se relacionam à circulação são mais comuns do que aparentam. De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, cerca de 70% das pessoas acima dos 70 anos apresentam risco de ter varizes.

Isso acontece não somente devido ao estilo de vida, mas especialmente por fatores hereditários. Dessa forma, a ciência médica e a tecnologia surgem como aliados no tratamento e prevenção de doenças, trazendo soluções como as meias de compressão para combater dores e desconfortos relacionados às doenças circulatórias.

Logo, se você está buscando melhorar a sua qualidade de vida e se prevenir de problemas na sua saúde, se liga no que vem a seguir!

Está preparado para as dicas que preparamos especialmente para você?

Então prepara as anotações e vem com a gente!

  • Tipos de meia de compressão.
  • Como utilizar as meias de compressão.

Tipos de meia de compressão

Atualmente existem vários tipos e formatos de meias de compressão que são fabricadas no Brasil. Seja ela, para o esportista, gestante, personalizada, customizada, terapêutica. Mas, iremos falar hoje das meias para uso terapêutico, que facilita muito a vida das pessoas que as utilizam.

O tipo de meia de compressão a ser indicada, está direcionada às queixas realizadas por cada paciente. Dessa forma, a meia que você comprará para utilizar no seu dia-a-dia deverá atender às suas necessidades individuais.

Isto acontece, pois, a utilização das meias de compressão se baseia em uma terapêutica sintomática, ou seja, ela te auxiliará na redução de desconfortos e sintomas relacionados ao seu problema. 

Dessa forma, se você não tem necessariamente um problema de saúde, mas deseja adquirir uma meia de compressão, para garantir maior conforto, por exemplo, a sua meia ideal é a meia de suave compressão. A sua indicação é para qualquer pessoa que deseje um maior conforto e qualidade de vida, principalmente àquelas que passam longas horas em pé, ou realizando algum trabalho sentada na mesma posição. O seu nível de compressão é de 15 a 20mmHg.

Porém, se você está sofrendo por constantes dores na perna, cansaços extremos nos membros inferiores, varizes ou inchaços. As meias ideias para você são as de média compressão. Elas possuem nível de compressão de 20 a 30mmHg. Podem ser ainda indicadas para casos específicos pós-operatórios e pós-parto.

Entretanto, se a sua necessidade está atrelada a problemas varicosos de alta complexidade, a sua meia ideal poderá ser a de alta compressão. Seu nível é de 30 a 40mmHg, e é possível utilizá-la no processo de cicatrização de algumas comorbidades. Agravos como dermatofibroses, úlceras venosas pós-trombóticas, infecções bacterianas presentes nos vasos linfáticos ou edemas intensos também podem conter as meias alta compressão na sua terapêutica.

Você poderá descobrir qual a meia ideal para seu estilo de vida traçado a partir do auxílio do seu médico, caso o seu objetivo seja utilizar as meias de compressão para fins de tratamento.

Como utilizar as meias de compressão.

 Assim como o tipo de meia que você vai utilizar, a forma como você encaixa as meias de compressão em seu dia-a-dia também depende do objetivo que você traçou ao adquirir suas meias. 

Em geral, o indicado é que você utilize as suas meias logo pela manhã, ao acordar. O período de utilização dependerá do limite de tolerância do paciente. Logo, caso não tenha contra indicações pelo seu médico e nem te leve a algum desconforto, é possível utilizar as meias de compressão durante todo o dia.

Porém, é necessário atentar-se em relação a sua condição de saúde. Caso você precise fazer um curativo, por exemplo, o ideal é que primeiro você faça o curativo e em seguida vista a meia. Atente-se para que no momento em que você vestir suas meias, não danifique de alguma forma o seu curativo.

Para quem busca conforto e bem estar, também é possível utilizar meias durante curtos períodos da noite. Logo, se seu objetivo é utilizar suas meias após longas horas de atividade em pé ou sentada, você também poderá buscar um alívio no fim do dia com a utilização das meias. 

Ao retirá-las também é importante que você busque realizar a hidratação do local onde as suas meias entraram em contato. Isso acontece, pois as meias de compressão são capazes de absorver a oleosidade da pele. Logo, para dificultar o ressecamento da região, ao retirar as meias, realize a hidratação dos seus membros inferiores.

Recomendamos que você utilize um bom hidratante, de preferência recomendado pelo seu dermatologista, ou sem álcool, para evitar a ocorrência de irritações ou lesões cutâneas.

E então, está pronto para usar as suas meias de compressão?

Esperamos que as nossas dicas tenham te ajudado a entender um pouco mais sobre as meias de compressão e como você pode usufruí-las no seu dia-a-dia.