páprica doce

O que contém na páprica doce?

Desde muitas gerações e tempos atrás, o vasto mercado das especiarias é muito conhecido e valorizado ao redor do mundo inteiro. 

Diversas rotas comerciais, muito famosas e usadas na época, eram firmadas em cima da venda de especiarias, que até os dias atuais se mantém forte, rentável e é um ingrediente firme e presente na cozinha de muitas pessoas ao redor do mundo inteiro.

De uma forma geral, as ervas e as especiarias têm ganhado espaços diferenciados no mercado de alimentos, até mesmo no meio mais saudável.

Por serem produtos que contribuem para a saúde do corpo, os temperos naturais são uma opção viável se comparado aos adicionais químicos que são incorporados nos alimentos ultraprocessados de hoje em dia. 

No artigo de hoje, entendendo a importância dessa temática para o mercado de alimentos e para o consumo, falaremos sobre o tempero Páprica Doce, que é uma das especiarias mais conhecidas pelas pessoas ao redor do mundo todo.

O que é a páprica

A páprica é um famoso tempero que é utilizado por pessoas ao redor do mundo inteiro para a elaboração de alimentos e refeições. 

A mesma é derivada a partir da espécie de pimenta e pimentões da família Capsicum annuum, sendo muito concentrada e tendo como foco dar sabor à comida.

Ela pode se apresentar de uma cor mais avermelhada ou amarelada para a venda ao seu consumidor final, dependendo exclusivamente do seu processamento e de que tipo ela é.

O seu sabor depende exclusivamente do nível de capsaicina presente na sua composição. A capsaicina é um princípio ativo picante que varia conforme o tipo de pimentão ou pimenta ao qual a páprica é derivada. 

De uma forma geral, a presença da capsaicina é a que define a páprica que está sendo utilizada para o consumo. A capsaicina só está presente na versão picante da páprica, pois na versão doce as suas sementes e membranas são completamente removidas. 

Versão da Páprica Doce

A páprica doce é uma versão da páprica mais avermelhada que as demais, e mesmo que seja chamada de páprica doce, o seu foco também são os pratos e alimentos salgados.

A páprica doce é chamada assim porque ela é menos ardida que a páprica picante tradicional, sendo menos intensa em seu sabor.

Por possuir um gosto mais brando, o seu consumo é indicado para as pessoas que gostam do tempero da páprica, mas são mais sensíveis à ele.

Quem possui essa sensibilidade, certamente sentirá muita dificuldade em consumir a páprica picante, que é muito mais intensa.

Composição da Páprica Doce

A páprica doce é feita a partir de pimenta e pimentões, como já mencionado neste artigo. Abaixo, segue a composição presente na opção da Páprica Doce:

Porção de 100gTotalVD*
valor energético400,0 kcal20,0 %
carboidratos54,0 g18,0 %
proteínas0,0 g0,0 %
gorduras totais0,0 g0,0 %
gorduras saturada0,0 g0,0 %
gorduras trans0,0 g** %
fibra alimentar0,0 g0,0 %
sódio0,0 mg0,0 %

Para que serve a Páprica Doce

A páprica doce serve para temperar alimentos e refeições, como:

  • Carnes assadas;
  • Tempero de arroz;
  • Pratos refogados com legumes;
  • Vegetais;
  • Pratos veganos;
  • Carne de porco;
  • Sopas.

Na indústria, a páprica é preferencialmente adicionada a carnes e linguiças, tendo como principal função dar cor e sabor para esses alimentos.

Benefícios da Páprica Doce

A Páprica Doce contém muitos benefícios, podemos contar dentre eles as ações de:

  • Ser um tempero com princípios antioxidantes;
  • Melhorar o metabolismo de quem o consome;
  • Auxiliar no tratamento das doenças autoimunes;
  • A Páprica Doce é rica na vitamina A, nas vitaminas de complexo B e também no ferro;
  • Possui também grande quantidade de vitamina C que é essencial para a pele, para a formação de colágeno e para o sistema imunológico da pessoa.

São muitos os benefícios disponíveis nesse tempero, não é mesmo?

Considerações finais acerca da Páprica Doce

A páprica doce é o tempero perfeito para ser utilizado nas suas receitas e dar aquele gosto de quero mais, não é mesmo?

Além de todos os benefícios que ela possui, a Páprica Doce não tem origem animal e também pode ser usada para a elaboração de pratos da vertente vegana.

Essa dica é muito importante, principalmente para as pessoas que estão se adentrando agora no mundo vegano, dado que a Páprica Doce proporciona um toque a mais nos pratos desse ramo.

E você leitor, já sabia dos benefícios da Páprica Doce? O que acha de começar a usá-la em suas receitas do dia a dia?

Lembre-se sempre de a utilizá-la com moderação, viu? Porque mesmo que ela tenha muitos benefícios, pelo seu sabor mais concentrado não deve ser utilizada em grandes quantidades. 

Depois nos conte abaixo o que você acha do uso da Páprica Doce, adoraríamos saber mais a sua opinião!