dinâmicas de motivação

3 dinâmicas de motivação para aplicar na sua equipe!

Motivar as pessoas é crucial para ter resultados e objetivos alcançados e investir em dinâmicas é um grande ganho para o negócio 

Ter equipes desmotivadas e desengajadas geram resultados negativos no ambiente de trabalho e investir em dinâmica de motivação faz todo sentido para que os objetivos voltem a ser visualizados e alcançados dentro de uma organização.

As dinâmicas podem ser grandes aliadas para renovar as energias e disposição dos colaboradores e elas precisam fazer parte das estratégias de recursos humanos e gestão.

Seu ambiente já está utilizando essa estratégia para motivar seus colaboradores? Reunimos algumas ações que podem fazer todo sentido em seu negócio. Confira!

A dinâmica de motivação

As dinâmicas de motivação são atividades realizadas em grupo com o objetivo de aumentar a satisfação e o engajamento dos colaboradores. Com elas os colaboradores fogem um pouco da rotina do escritório e participam de ambientes de descontração e aprendizagem ao mesmo tempo.

Essas atividades fazem com que as pessoas troquem conhecimento e experiências e, mesmo com ações que parecem simples, as dinâmicas são essenciais e atuam no aumento de produtividade, melhoria do clima organizacional, aumento de autonomia dos colaboradores, redução de ruídos e problemas na comunicação, entre tantos outros.

As dinâmicas podem ser dos mais diferentes tipos, desde individual, grupo, integração, técnicas, comportamentais e as de motivação são muito importantes para os profissionais e grupos.

3 dinâmicas para aplicar em sua equipe

As dinâmicas podem ser das mais simples até elaboradas, rápidas ou mais longas e com diversos moldes para os colaboradores.

Muitas são as possibilidades para aplicar em seu cenário e é importante que elas sejam pensadas de acordo com os perfis e necessidades dos seus colaboradores. Para te ajudar nessa importante estratégia, reunimos algumas dinâmicas que podem ir para seu radar, acompanhe!

1. Ilha do tesouro

Para essa dinâmica é preciso de uma recompensa palpável, como uma caixa de bombom, itens personalizados ou qualquer que seja o “presente” e algumas folhas de jornal.

A dinâmica consiste em ter uma folha de jornal aberta na extremidade de uma sala e a recompensa por cima e essa será a “Ilha do tesouro”. Do outro lado da sala deve existir uma folha de jornal aberta para cada dupla de colaboradores participantes.

Cada dupla deve permanecer em pé, sobre a folha de jornal e precisará chegar até a “Ilha”, mas sem tocar os pés no chão fora da folha de jornal. As regras são simples: se o pé tocar o chão ou a folha for rasgada, a dupla estará desclassificada.

A dinâmica exige trabalho em equipe, afinal, sua melhor forma de desvendar e caminhar até a ilha é chamando outra dupla para trabalhar em conjunto. Dessa forma, as duas duplas ficam em uma única folha e passam a folha vazia para frente e, assim, sucessivamente.

2. Vamos dar as mãos

Nessa dinâmica, o grupo forma um círculo de mãos dadas de modo que todos os integrantes memorizem quem segura suas mãos esquerda e direita. Depois, os integrantes soltam as mãos e caminham aleatoriamente pela sala.

Em seguida, o gestor colocará uma (ou mais) cartolina no chão e pedirá para que todos se espremam sobre ela. Então, o líder pedirá para que todos deem as mãos, assim como nos pares originais.

O objetivo é formar o círculo novamente, sem soltar as mãos e se reorganizando no espaço pequeno. Aqui, não há regras, os colaboradores podem passar uns sobre os outros, se arrastarem e pularem.

De forma simples e divertida, essa é uma dinâmica ótima para trabalho em equipe, liderança informal e motivação.

3. Caixa do desafio

Essa dinâmica é essencial para as empresas que querem incentivar a autoconfiança dos funcionários e o objetivo é motivar os colaboradores a acreditar que podem atingir suas metas.

A atividade precisa de uma caixa escura e de uma recompensa. Para ela, os colaboradores devem ser divididos em dois grupos e formar círculos.

Feita a divisão, a caixa de desafios deve ser entregue para um dos integrantes do grupo. Essa caixa deve ser passada de um grupo para outro enquanto a música estiver tocando e, quando o som parar, quem estiver com a caixa terá que escolher entre três opções, que são:

  • Abrir a caixa, retirar um envelope, ler o desafio e tentar resolvê-lo. Caso opte por essa opção e tenha êxito, ele ganhará 1 ponto. Se não conseguir, perde 3 pontos, além de tentar novamente (mas dessa vez, sem perda de pontos se não obter sucesso);
  • Não abrir a caixa e passá-la para o próximo integrante de seu grupo no círculo. Nessa opção, ele não ganha nem perde pontos;
  • Passar a caixa para o próximo integrante, mas do outro grupo no círculo. Mas, nesse caso, perde um ponto.

A pessoa que receber a caixa desse participante também pode optar por uma das 3 alternativas listadas acima. No entanto, apenas para frente, sem voltar a caixa para quem já a tinha nas mãos.

A caixa só pode ser passada para outra pessoa 4 vezes, quem receber a caixa pela quarta vez será obrigado a sortear e tentar cumprir um desafio. Para vencer o jogo, é necessário que o grupo some 3 pontos antes da outra equipe.

É natural que as pessoas não queiram abrir a caixa e passem para o próximo até que não seja mais possível adiar e a quarta pessoa precise abrir.

Porém, quando isso acontecer, o quarto funcionário terá uma surpresa e dentro da caixa encontrará a recompensa, ao invés de desafios e envelopes.

A dinâmica do desafio proporciona diversos ensinamentos para a equipe, mostrando a importância de ser autoconfiante e aceitar responsabilidades, ao invés de passá-las para o próximo. Dessa forma, os funcionários entenderão que, ao fugir de seus desafios, podem perder grandes oportunidades e, assim, passam a encarar suas atividades com maior motivação.

Fazer dinâmicas de motivação é uma ótima forma de alcançar diversos objetivos e resultados com suas pessoas e equipes.

Você já aplicou alguma dinâmica em seu ambiente? Aproveite essas dicas e inicie suas estratégias agora mesmo!