Quais tipos de lavador de gases no mercado

Quais tipos de lavador de gases no mercado?

Um lavador de gás ou scrubber é um equipamento com função de controlar a poluição na atmosfera, podendo ser utilizado para remoção de partícula ou gás de exaustão em quase todo o tipo de planta industrial. Um exemplo é o lavador de gases para amônia, utilizado para filtragem desse tipo de gás.

O lavador de gases para amônia utiliza-se de líquido para a lavagem, resfriamento ou reação com a substância poluente contida no gás de processo a ser liberado para a atmosfera, reciclado ou em gás combustível utilizado em outra parte do processo.

Composto tratado e sua utilização (como no lavador de gases para amônia)

Tem sua indicação nos tratamentos de emissão de gases para a atmosfera, em especial nos gases ácidos. Também utilizamos nos casos de corrente básica, como soda Cáustica e na corrente com solvente e amônia. 

Em uma parte dos compostos que terão tratamento é requerida a dissolução de reagente químico específico para neutralizar ou transformar os mesmos em substância neutra, limpa ou atóxica. 

As recuperações de calor também são uma maneira comumente utilizada nos lavadores de gases.

Cuidado e Manutenção

Mesmo que um lavador de gás demande uma mínima manutenção devemos nos precaver contra a formação e proliferação de bactéria, principalmente a Legionella, podendo levar a óbito, como na Noruega onde foi registrada a morte de 10 pessoas e ainda 50 pessoas infectadas por conta da água contaminada proveniente de lavador de gás.

Quais são os tipos de Lavador de Gases?

Horizontal

Utilizado quando o espaço disponível for limitado ou impeditivo para sua instalação. Esses lavadores são compactos e oferecem um fácil acesso a suas partes, sendo instalados em ambiente e espaço reduzido onde não caberiam os lavadores verticais.

Possui uma eficiência na remoção de contaminante e poluente que equivale aos lavadores verticais.

Vertical

Recomendado para aplicação química, sua atenção deve ser dedicada ao produto a ser tratado e na concentração de gás a ser extraída pela chaminé.

Sua característica construtiva, tamanho e perda mínima de carga com alta eficiência faz com que ele seja uma das soluções mais apreciadas durante a escolha do projeto.

Ao escolhermos um tipo de lavador de gases devemos nos atentar a característica do poluente e gás a ser tratado, qual a eficiência queremos, perda de cargas, sólido contido nas entradas e saídas, custo energético e operacional.

Podemos também combinar dois tipos e projetarmos um arranjo com 2 ou 3 estágios e, caso tenha um alto teor de sólido, particulado ou poeira, utilizarmos um do tipo Venturi.

Venturi Cyclonic

Bastante utilizado na remoção de particulado, atingindo um elevado nível de eficiência se compararmos com um lavador que utiliza recheio randômico ou estruturado. Sua atomização de líquido produz uma grande quantidade de gotículas que chocam-se com o particulado e promovem o abatimento do mesmo.

Podemos também utilizá-lo na remoção de poluente gasoso, mas devido a alta velocidade do gás de entrada dificultará e reduzirá o tempo de contato do líquido com o gás, comprometendo assim uma eficiente absorção.

Coalescente Scrubber

Incorpora um demister interior para a retenção de partículas sólidas e líquidas em suspensão, adicionando a possibilidade de efetuar uma lavagem de gases por injecção de agentes químicos. Indicado sobretudo para gases de escape.

Seu funcionamento acontece em 2 estágios de princípio distintos. No primeiro utilizamos uma técnica de transferência de massa com recheio estruturado para a remoção de partículas maiores. No segundo utilizamos a injeção de água em velocidade sônica e assim uma atmosfera gasosa será criada depois da atomização da água limpa nesse fluxo de gás saturado.

Nos estágios coalescentes cada partícula de aerossol será aglomerada por meio de vórtice inversa ou cruzada gerada por conta da alta velocidade do gás. Diferentemente dos filtros, este aglomerador coalescente não entope e tem grande espaçamento entre os elementos, propiciando uma perda mínima de carga e assim reduzindo o consumo de energia.

Dessa forma esperamos que tenha compreendido melhor quais os tipos de lavadores de gases disponíveis e o quanto os mesmos são importantes nas indústrias para o controle de emissão de poluentes na atmosfera.

São diversos os tipos mas com certeza você encontrará o ideal para a sua necessidade, como por exemplo o lavador de gases para amônia, e dessa maneira estará ajudando ao meio ambiente, além é claro de se adequar às normas vigentes e não correr riscos de multas desnecessárias.