O que é ventilação cruzada e quais suas vantagens

O que é ventilação cruzada e quais suas vantagens?

Explorando o vento em todas suas vertentes, essa técnica traz mais conforto, deixando os ambientes agradáveis e frescos

No momento de instalar um ar-condicionado modelo inverter, é importante analisar o local adequado ao seu imóvel, pois é preciso aproveitar o vento natural no que é conhecido como ventilação cruzada. Com ela, o ar fica sempre renovado, sendo uma estratégia amplamente utilizada em projetos de arquitetura. Isso porque, assim, os ambientes ficam mais frescos. 

Entenda o que é a ventilação cruzada  

A ventilação cruzada é uma técnica que faz com que o vento seja favorável dentro dos ambientes de uma casa, eliminando o ar quente. Para isso, as portas, janelas e vãos precisam ser mantidos em uma posição oposta ou adjacente. 

Isso pode acontecer tanto em construções verticais como horizontais. No entanto, a ventilação cruzada pode ser induzida por meios artificiais, como ar-condicionado ou exaustores. Assim, o ar quente não fica retido dentro do imóvel, deixando os ambientes mais frescos e agradáveis.  

Dessa maneira, podemos afirmar que a ventilação cruzada é fundamental na qualidade de vida e faz com que o ar esteja sempre livre de fungos e bactérias, principalmente quando você alinha à técnica o uso de um ar-condicionado, que sempre mantém a temperatura em um nível de sua preferência. 

Principais vantagens   

A primeira vantagem ao investir na ventilação cruzada é o conforto térmico obtido, seja em sua casa ou trabalho. Outro aspecto indiscutível é que acontece uma considerável economia de energia elétrica, pois o maior fluxo de vento diminui a necessidade de manter vários aparelhos eletrodomésticos ligados, como ventilador ou ar-condicionado. 

A praticidade também se faz presente, pois diminuem-se as manutenções nos equipamentos dentro da sua casa, já que o uso será racionado, tendo em vista que o vento natural será melhor aproveitado. Além disso, ao priorizar essa técnica, é possível ter tranquilidade nos ambientes. 

Aprenda a montar um projeto  

Para que você colha todos os benefícios da ventilação cruzada, é importantíssimo contar com o auxílio de profissionais qualificados. Uma opção na elaboração do projeto é um arquiteto ou uma empresa de climatização de ambientes. Afinal, eles têm o know-how desse tipo de serviço, agindo para melhorar o fluxo de vento em seu imóvel, sempre valorizando a sustentabilidade. 

Inclusive, até mesmo antes de instalar um ar-condicionado, é indicado que você conte com o auxílio de um profissional para fazer a escolha certa do local, além de investir na mudança dos objetos. Isso porque portas e janelas podem interferir negativamente no fluxo de vento, ou seja, nada melhor que a opinião de quem entende do assunto. 

Alinhe a técnica com o ar-condicionado 

A ventilação cruzada se torna muito mais eficaz quando acontece um alinhamento com os equipamentos de ar-condicionado do imóvel, seja ele casa ou apartamento. Entre os dispositivos indicados para fazer esse alinhamento, destaca-se o split inverter

Esse produto reúne o que há de melhor em tecnologia, pois oferece uma climatização eficiente e silenciosa, com uso racional da energia elétrica. Alinhado à técnica, o uso do ar-condicionado será acionado somente em momentos de extrema necessidade, fazendo com que a integração seja favorável ao bem-estar dentro dos ambientes. 

Assim, o convívio fica mais saudável e é possível desfrutar do prazer de sentir um ventinho logo cedo ou aquela brisa gostosa no fim da tarde, sem perder a refrigeração em dias mais quentes. 

Portanto, para que tudo esteja alinhado e dentro da circulação adequada do ar, quanto mais inteligente for a utilização do ar, melhor será para a sua casa. Afinal, trata-se de um recurso natural, renovável e o melhor: gratuito. Ao melhorar o conforto térmico, a qualidade de vida é priorizada, trazendo mais consciência em sua rotina. 

Explore as inúmeras possibilidades da ventilação cruzada, sempre com ajuda da opinião de especialistas para você não investir em projetos mal elaborados. Como o Brasil é um país que tem uma boa quantidade de vento em muitas cidades, é um investimento com retorno garantido.