Bauernfest, a festa alemã em Petrópolis, vira Patrimônio Cultural Imaterial

Bauernfest, a festa alemã em Petrópolis, vira Patrimônio Cultural Imaterial

Segunda maior festa da comunidade alemã no Brasil, o evento oferece feira gastronômica e inúmeras apresentações musicais para celebrar a cultura imigrante

Ao longo de sua história, o Brasil recebeu imigrantes de todas as partes do mundo. Apesar de suas diferenças históricas e culturais, um fator comum que une a todos é a busca de uma vida melhor, com oportunidades de trabalho que não existiam ou eram mais restritas em seu país de origem.

Em um novo país, é comum que os imigrantes estabeleçam uma comunidade que compartilha cultura gastronômica, festas e algumas tradições trazidas de sua terra natal. Um exemplo disso ocorre com a comunidade alemã no Brasil.

Em junho, vai ocorrer uma nova edição da Festa do Colono Alemão (ou Bauernfest), que homenageia os imigrantes alemães todos os anos em Petrópolis, cidade localizada na região serrana do estado do Rio de Janeiro. Antes de comprar as suas passagens de ônibus, confira mais sobre essa festa!

O que é

A Bauernfest é considerada a segunda maior festa da comunidade alemã no Brasil, atrás apenas da Oktoberfest, que ocorre anualmente em Santa Catarina. Em março de 2021, o evento de Petrópolis foi reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro pela Assembleia Legislativa do Estado (ALERJ).

Com uma programação que dura mais de dez dias e atraindo mais de 200 mil pessoas a cada ano, esse evento busca celebrar a cultura alemã a partir de apresentações musicais e gastronomia. 

A festa ocorre no Palácio de Cristal e arredores, no Centro Histórico da Cidade Imperial, e tem entrada gratuita. Os visitantes só devem pagar o que for consumido nas barracas. Por ser um evento aberto, não há a possibilidade de reservar mesas em barracas, sendo que elas são ocupadas pelos primeiros que chegarem.

Devido à pandemia, em 2020 a Bauernfest foi cancelada. Na edição deste ano, a festa vai ocorrer no formato híbrido entre 25 de junho e 04 de julho. As apresentações musicais ocorrerão online e a feira gastronômica pode ser visitada presencialmente e também com alternativa de delivery, oferecendo pratos típicos e cervejas.

Atrações

A festa gastronômica traz iguarias da culinária alemã, como joelho e salsichão de porco, linguiças, goulash, sopa de couve-flor, além de sobremesas deliciosas como a torta alemã, a cuca e o strudel.

Os desfiles folclóricos com as famílias de descendentes alemães ocorrem logo pela manhã, no primeiro e no último domingo da festa. Nestes dois dias, também são realizados os Desfiles das Lanternas durante a noite.

Por fim, o evento ainda promove os Jogos Germânicos, na Praça da Liberdade, para o público infantil e adulto.

História

Os primeiros imigrantes alemães começaram a chegar em Petrópolis em 1845. O objetivo era a colonização da cidade, que havia sido idealizada pelo Imperador D. Pedro II.

Hoje o município carrega a arquitetura, a gastronomia, as danças, as músicas e a culinária deixada pelos colonizadores alemães e pela Família Imperial. A Bauernfest ocorre há 30 anos, em homenagem à cultura.

Outro exemplo da influência alemã na região é a cervejaria Bohemia, considerada a mais antiga do Brasil, que está instalada em Petrópolis e foi fundada em 1853 por um colono alemão.

Palácio de Cristal e arquitetura local

Além de ser um dos principais atrativos turísticos do município, o Palácio de Cristal sedia a Bauernfest. É dentro dele, nos seus jardins e na Praça da Liberdade, que ocorrem as apresentações musicais com danças típicas.

Petrópolis possui um centro histórico que é considerado um museu a céu aberto, apresentando um rico patrimônio preservado com casarões, prédios e igrejas construídos entre o fim do século 19 e o início do século 20. 

A arquitetura da cidade é marcante, assim como suas avenidas arborizadas e floridas, que constituem o chamado “Circuito a Pé” para turistas e moradores da cidade.