Maus hábitos que entopem o vaso

Maus hábitos que entopem o vaso! Descubra 3 deles.

Dentre os problemas mais constrangedores que podemos passar, um vaso entupido ou que entope fácil está na lista. Essa situação desagradável já deve ter acontecido pelo menos uma vez com você. Mas as coisas começam realmente a se complicar quando em nossa casa, o vaso entope com frequência. Isso causa situações desconfortáveis até mesmo com visitas. Imagina só, não poder usar o banheiro sem se preocupar se vai ou não entupir?

Muitas vezes, esse entupimento frequente tem relação com nossos hábitos. Então, para tornar sua vida mais prática e sem problemas, esse artigo vai listar os três hábitos nocivos na hora de dar a descarga.

 

Por que meu vaso entope com facilidade?

Você sabia que o encanamento e sistema de esgoto brasileiros são muito diferentes do que a gente vê no exterior? Aqui, o entupimento de vasos sanitários, pias e etc. é algo muito mais comum. Além disso, é possível provocar um cano entupido com muito mais facilidade.

Se você já teve a oportunidade de estar no exterior, percebeu, por exemplo, que o papel higiênico é descartado diretamente na descarga.

Sabendo disso, é preciso tomar certos cuidados na hora de usar o banheiro. Cuidados que podem prevenir problemas futuros.

Evitar entupimentos não é apenas uma forma de fugir do constrangimento. É também uma forma de evitar problemas sanitários graves. Afinal, quando não conseguimos dar descarga, os dejetos poluem a água do vaso, levando a proliferação de bactérias e outros patógenos. Doenças oportunistas podem surgir disso e contaminar você e sua família. Terrível, não é?

 

3 hábitos que fazem o vaso entupir

Então, chegamos a conclusão que é possível sim, manter um vaso limpo e sem entupimento apenas mantendo longe certos hábitos. Vamos descobrir quais deles você deve evitar para manter tudo no melhor estado possível.

 

1. Papel higiênico na descarga

 
Jogar papel higiênico no vaso é um péssimo hábito e pode causar muitos problemas. Pelo menos aqui no Brasil. Como já informamos, o sistema de encanamentos do nosso país é estreito e entope com facilidade. Além disso, o papel não se dissolve em água com a mesma facilidade que os dejetos humanos. Portanto, tudo isso só pode resultar em um entupimento gigantesco.

A descarga de papel higiênico pode até mesmo chegar até as redes de tratamento de esgoto. Lá, com o grande acúmulo de papel, o maquinário precisa passar por limpeza constante.

Portanto, comece já a não jogar papel higiênico no vaso. Coloque ao lado do sanitário uma cestinha para descartar o papel.

2. Jogar absorventes, fio dental, preservativos e outros objetos na descarga

Outro hábito nocivo para o vaso sanitário é o descarte de objetos com plástico ou muito grandes. Jogar absorventes, fraldas, preservativos e até mesmo fio dental é proibido. Todos eles grudam na parede do encanamento e ficam lá, acumulando. Isso tudo culmina em um entupimento terrível. Isso quando já não ficam presos na parte externa do vaso sanitário, impedindo a água de escoar.

Cultive o hábito de utilizar a lixeira para descartar itens do gênero e nunca jogue embalagens plásticas de qualquer tipo na hora de dar descarga.

 

3. A falta de manutenção também é um grande problema

E, por fim, nosso último hábito que pode danificar o seu encanamento é a falta de manutenção do vaso sanitário. Muitas vezes ao limpar um banheiro acreditamos que apenas a parte externa do vaso precisa ser limpa. Isso está errado! A parte externa e de encanamento precisa também de limpeza e manutenção.

Não é comum que as pessoas realizem a limpeza do encanamento ou troca do vaso sanitário. Muitas vezes o encanamento acaba por sofrer e entupir completamente com o passar do tempo. Portanto, se o seu encanamento não teve uma manutenção, é ele que pode estar provocando entupimentos constantes no vaso.

 

Algumas dicas extras para não entupir o vaso

Manutenção feita de forma errada ( e que causa muitos problemas )

Muito cuidado com o que você usa para limpar e manter o seu vaso sanitário. Principalmente com questões como soda cáustica e desodorantes sanitários.

No caso dos desodorantes sanitários, prefira aqueles que são líquidos ou de spray. Aqueles em formato de pedra, que colocamos ao lado do vaso, podem impedir o bom funcionamento da descarga. Além disso, não é incomum que eles se soltem e bloqueiem a saída de água do vaso.

Evite materiais corrosivos, como a soda cáustica, para desentupir o vaso. Quando utilizados de maneira incorreta, além de perigosa, essa substância pode corroer canos e piorar o seu problema. Podem até mesmo causar um vazamento no seu encanamento.

Para limpar no dia a dia, prefira produtos feitos para isso e não abrasivos.

 

E quanto o problema for por dejetos em grandes quantidades?

Não é incomum que em alguns dias, o corpo humano libere mais dejetos que o normal. Seja por algum problema na digestão ou mesmo por escolhas alimentares, isso acontece com todo mundo!

Mas então, como se livrar dessa situação constrangedora e desentupir o vaso?

O ideal é que você pegue uma bacia de água e despeje com força no vaso. Dessa forma, não só você criará pressão, mas ajudará as fezes a se dissolverem com a água.

Dentre os tipos de entupimentos que citamos, esse é o mais fácil de resolver.

 

Entupiu, e agora?

Se o seu vaso entupiu pela prática de algum dos hábitos que citamos, chegou a hora de chamar um profissional para cuidar do seu encanamento! A Matrix Desentupidora é referência nesse assunto e vai te ajudar rapidinho!

Contamos com profissionais que diagnosticam e resolvem o seu entupimento, tornando sua vida muito mais fácil e prática. Portanto, se você percebeu que algo está bloqueando a sua descarga, que o seu encanamento não passa por manutenção a muito tempo ou até mesmo para problemas de quantidade de dejetos que não passam pelo seu vaso, não precisa se constranger, é só chamar a Matrix.

Clique aqui e entre em contato com a gente!

Gostou das nossas dicas? No nosso blog tem muito mais te esperando. Damos dicas úteis de manutenção para uma casa sem entupimento!

Até nossa próxima publicação.