Atitudes essenciais para sua saúde renal

10 Atitudes essenciais para sua saúde renal

Os rins possuem funções essenciais para o corpo humano, como, filtrar o sangue eliminando todas as impurezas para que o sangue volte puro. Além disso, controla a pressão arterial e produz hormônios importantes para o organismo. Cuidar da saúde renal é cuidar de todo o corpo.

De fato, esse é um órgão muito importante e não somente para as funções urinárias que também são formadas por eles.

Se os rins param de funcionar, ocasionam diversas complicações no corpo humano a partir daí. Ao notar alguma dificuldade ao urinar, é importante procurar ajuda médica o mais rápido possível.

Sendo assim, alguns cuidados e atitudes são de fato muito importantes para colaborar com o bom funcionamento e a saúde renal.

Onde os rins ficam localizados?

Cada indivíduo saudável, possui dois rins e eles são encontrados em formato de feijão entre a medula e o córtex.

Pode haver variação quanto a altura onde é localizado o rim por conta da localização do fígado, fazendo com que o rim esquerdo fique um pouco mais elevado que o direito.

Seu tamanho normal é de aproximadamente 10cm de comprimento.

Quais são as doenças renais que podem ocorrer?

Com tantas funções importantes, esse órgão precisa de cuidados especiais e, caso isso não aconteça, pode haver várias complicações e doenças nos rins. Algumas delas são:

  • Pedras nos rins: As pedras nos rins podem ocorrer devido à má alimentação e à falta de hidratação. Por mais que quando detectada cedo é mais simples de tratar, a dor pode ser intensa e se não cuidada, evoluir para algo mais sério, existem remédios contra pedras nos rins, que tem grande eficácia.
  • Insuficiência aguda renal: Neste caso, pode haver perda total das funcionalidades dos rins, podendo até mesmo ser fatal. Esse fato acontece devido a algum problema de saúde e pode ser reversível dependendo da gravidade. Caso contrário, o paciente pode chegar à morte.
  • Insuficiência crônica renal: Quando há insuficiência renal crônica, o paciente começa a perder as funções dos rins de forma progressiva, ou seja, ele vai parando aos poucos e não existe uma forma de impedir. Quando o paciente chega a perder entre 85 e 90% das funções renais, é necessário iniciar a hemodiálise.

Quais atitudes são essenciais para contribuir com a saúde renal?

Para se manter saudável e para que não seja necessário passar por problemas relacionado à saúde renal, é importante ter alguns cuidados essenciais e específicos. São eles:

  1. Hidratação: Como já se sabe, a hidratação é a principal forma de manter a saúde dos rins. Beber em média 2 litros de água por dia, contribui para que as funções dos rins em produzir a urina não sejam comprometidas.
  2. Alimentação saudável: Uma alimentação saudável contribui para que todo o corpo funcione bem. Se tratando dos rins, uma alimentação equilibrada possibilita que o sal no organismo seja apenas o suficiente não aumentando o ácido úrico e prejudicando a função renal.
  3. Equilibrar o peso: o excesso de peso causa acúmulo de gordura que afeta os rins, pois sobrecarregam suas funções, fazendo com que ele precise trabalhar mais.
  4. Reduzir a quantidade de álcool ingerido: Por acumular etanol no organismo, algumas bebidas fazem com que a vontade de fazer xixi aumente, fazendo com que o indivíduo sinta vontade de ir ao banheiro mais vezes e, com isso os rins são obrigados a trabalharem mais.
  5. Não Fumar: Como a função dos rins é filtrar o sangue e o cigarro é cheio de impurezas e substâncias que fazem mal ao corpo, fumar faz com que os rins tenham que focar e trabalhar para eliminar todas essas substâncias.
  6. Fazer exames de rotina: Uma das melhores formas de evitar alguma irregularidade na saúde renal, é fazer exames de rotina. Uma vez por ano é importante agendar uma consulta e fazer exames de rotina para investigar se está tudo bem ou não. Mesmo que haja algo de errado, fazendo exames regularmente é mais fácil de se tratar.
  7. Fugir do sal é fundamental: Não basta apenas ter uma alimentação equilibrada, é necessário também, evitar o sal em excesso e provocar doenças nos rins.
  8. Ir ao banheiro sempre que tiver vontade: Não é recomendado ficar segurando a vontade de urinar. Ao fazer isso, pode provocar cistite (que é um quadro clínico anterior à infecção de urina) ou até infecção urinária.
  9. Tome sucos naturais de frutas cítricas: As frutas como laranja e limão por exemplo são ideais para se hidratar e evitar problemas renais. A hidratação não precisa ser o tempo todo com água, em alguns momentos do dia, troque o copo de água por um copo de suco natural.
  10. Evite o sol muito quente: Existem horários que são indicados para tomar sol que é até as 10 horas da manhã e depois das 4 horas da tarde. Entre esse período o correto é evitar o sol, pois pode provocar insolação, desidratação e, consequentemente afetar a saúde renal.

Veja aqui os mitos e verdades sobre pedras nos rins.

Quando procurar atendimento médico?    

Sempre que notar que algo não está fluindo corretamente como deve ser, ou seja, notar alguma incoerência na urina, como mudança de cor, cheiro, a frequência com que está indo ao banheiro e algum desconforto ao urinar, é necessário procurar um médico.

Geralmente, o primeiro contato médico é com o clínico geral que irá encaminhar para o nefrologista. Este médico tem como especialidade cuidar dos rins.

O ideal é não esperar que a dor piore. Qualquer doença relacionada aos rins, quando descobertas de imediato, podem ser tratadas com mais facilidade, por isso, é importante procurar um médico logo que sentir os primeiros sintomas.

Apesar disso, se possível, a melhor opção é prevenir, pois infelizmente muitas dessas doenças, podem não apresentar um sintoma tão aparente e pode passar desapercebida.

Pessoas de idade mais avançada, por exemplo, é indicado passar por exames avaliativos recorrentes, pois são mais propensas a desenvolver doenças renais.

 Além dos idosos, outros que devem estar atentos são pessoas com alguma doença cardíaca e pacientes que tenha em sua família algum histórico das doenças que envolvam os rins.

O mais importante é cuidar sempre da saúde, evitando atitudes nocivas e não tendo medo ou preguiça de fazer uma avaliação de rotina para que a saúde renal fique intacta.