Você sabe o que é EVP?

Mais do que criar processos seletivos, as empresas precisam ir além para atrair profissionais no mercado. Mais do que oferecer salários, benefícios e diferenciais, é preciso ter o famoso “match cultural” e ter um EVP faz toda diferença nesse processo.

Você sabe o que é EVP

Você já ouviu falar e sabe o que é EVP? Olhar para estratégias como essa dá grandes diferenciais para seu time estratégico de recursos humanos. Vamos falar mais sobre essa técnica e como ela é importante para seu negócio? Confira!
 

O que é EVP?

O EVP trata-se do Employee Value Proposition, ou Proposta de Valor para o Empregado. Essa estratégia é muito mais do que a composição de benefícios para o colaborador, como salário, plano de carreira e benefícios, mas inclui também fatores sobre cultura, ambiente empresarial, reputação da empresa, entre outros.

 
Mais do que divulgar a marca empregadora, ter uma proposta de valor faz com que os profissionais entendam ainda mais quais são os diferenciais de uma organização e porque ela é um lugar especial para fazer parte.

Sendo assim, o EVP é um conjunto de questões, como:

  • Quais são os valores da empresa e como eles de fato são aplicados?
  • Existe um código de ética que a organização é pautada para posicionamentos e ações públicas e privadas?
  • Quais as posições em relação ao meio ambiente, sustentabilidade e preservação de recursos?
  • Como o negócio lida com diversidade e causas sociais?
  • O plano de carreira é justo, transparente e claro para todos os colaboradores?
  • Quais os cargos e salários existentes?
  • Quais benefícios são oferecidos para os colaboradores?
  • Como são as oportunidades de desenvolvimento, plano de carreira, práticas de avaliação e feedback?
  • Como funciona o ambiente de trabalho, clima organizacional, autonomia e equilíbrio entre vida pessoal e carreira?
  • Qual é a cultura da organização, o propósito, os planos, metas, objetivos, valores e visão.

Ou seja, o Employee Value Proposition é a proposta de valor que o negócio oferece para o funcionário e é importante que exista coerência entre o que a empresa diz que faz e o que ela de fato realiza.

Quanto mais claro for seu EPV para o mercado, mais atraente sua empresa se torna, ganhando a chance de se destacar e atrair os melhores profissionais. Vale lembrar que o EPV é mutável e deve se atualizar de acordo com crescimento e amadurecimento da organização.

 

Quais os benefícios do EPV?

Para que você entenda ainda melhor sobre o Employee Value Proposition, é importante olhar para ele de forma prática e buscar suas vantagens dentro do negócio. Confira alguns de seus benefícios para as corporações!

 

Atrai e retém talentos

Com a proposta clara de negócio, a empresa passa a atrair pessoas que desejam fazer parte do negócio por se sentirem identificadas. Com isso, seus processos tendem a se tornar mais rápidos e assertivos, afinal, há um filtro entre os profissionais que chegam até seu negócio.

Mais do que isso, com profissionais que enxergam vantagens em estar dentro da empresa, eles se sentem motivados e parte do negócio, reduzindo suas chances de procurarem outras empresas, aumentando a retenção de talentos e redução de turnover.

 

Aumenta motivação e produtividade

Como citamos, pessoas engajadas e motivadas são cruciais para o negócio, afinal, elas têm maior vontade de participar dos processos, prezam por qualidade e buscam inovação dentro de seus setores.

Ao trabalhar com serviço e profissionais de ponta, a organização passa a produzir mais resultados para o mercado, estimula o ambiente criativo e com autonomia e ganha em produtividade nos setores.

 

Constrói marca empregadora

Ao ter proposta de valor sólida para o mercado e colaboradores, as empresas ganham maior reputação no mercado e se fortalecem como marca empregadora. Dessa forma, clientes, investidores e profissionais enxergam a empresa como um local interessante e, mais do que novos colaboradores, o negócio ganha em marketing espontâneo, divulgadores e fãs.

A construção do EVP está diretamente ligada às estratégias e cultura da organização e é importante que ela seja construída coletivamente. Entenda o que de fato sua empresa oferece, entenda seus fatores motivacionais e diferenciais.

Essas informações não devem apenas ser visões dos gestores ou suposições e é importante buscar essas respostas com funcionários e ex-funcionários, candidatos que rejeitaram ofertas de empresa, pesquisa em sites de avaliação de empregador, entre outras.

Ter um EVP definido é muito importante, mas lembre-se que, muito mais do que delimitar sua proposta de valor, é preciso vivenciá-la na prática!

Você já sabia o que era o EVP? Como sua empresa olha para essa estratégia? Aproveite nossas dicas e revise seus procedimentos!