Hospedagem cloud grátis

Com parques, museus e locais que agitam a vida noturna, a cidade do interior paulista tem muito a oferecer.

Com mais de 1,2 milhão de habitantes, Campinas é uma das principais cidades do interior paulista. Ela fica localizada há menos de 100 km de São Paulo, o que facilita muito a vida de quem deseja visitá-la em um fim de semana.

Locais de Campinas para conhecer

Se você está interessado em conhecer a cidade, mas não sabe o que visitar por lá, não tem problema: neste texto, apresentamos alguns dos pontos turísticos imperdíveis da região. Como a viagem é curta, você pode aproveitar um fim de semana por lá antes de pegar o ônibus de Campinas para São Paulo ao final do domingo.

Museu de História Natural


Com o objetivo de difundir o conhecimento sobre a flora e a fauna, o Museu de História Natural é um dos pontos obrigatórios de visitação em Campinas. Ele tem um acervo com mais de 5 mil peças, que incluem répteis, insetos, invertebrados, aves e mamíferos. O local recebe cerca de 100 mil visitantes todos os anos.

Também fazem parte do local a Casa dos Animais Interessantes e o Museu do Aquário Municipal, com cerca de 200 espécies vivas, entre elas, caranguejo, estrela-do-mar, cavalo-marinho, aranha-caranguejeira, escorpião, peixe-leão e tartaruga-de-ouvido-vermelho. Portanto, uma visita até lá é bem educativa e reforça a necessidade de conservar a natureza.

Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini


Originalmente com o nome de Estação Astronômica de Campinas, este foi o primeiro observatório municipal do Brasil, inaugurado em 1977. Ele conta com três telescópios, sendo que o modelo Cassegrain é o maior deles, com 600 mm de abertura, instalado na cúpula motorizada.

O observatório também abriga o maior astrógrafo do país: o telescópio fotográfico, utilizado pela astrofotografia. Além da observação, o local conta com ações culturais para atrair os turistas.

Bosque dos Jequitibás


Considerado o pulmão verde da região central da cidade, o Bosque dos Jequitibás atrai cerca de um milhão de visitantes todos os anos. Ele tem dez hectares de reserva florestal nativa, com espécies locais de plantas.

Também há um zoológico, que abriga diversos animais, incluindo leões, tigres, arara-azul, hipopótamo, onça-pintada e lobo-guará, assim como quiosques, lanchonetes, pista de corrida e playground para divertir as crianças. No bosque, encontra-se o Museu de História Natural e o Museu do Aquário Municipal.

Lagoa do Taquaral


A Lagoa do Taquaral faz parte do parque mais conhecido em Campinas, a maior área de lazer da cidade, incluindo a Praça Arautos da Paz e o Largo do Café. Pela lagoa, é possível passear de pedalinho e apreciar uma réplica da Caravela Anunciação, embarcação responsável por levar Pedro Álvares Cabral até o Brasil.

Ao entorno da lagoa, há ciclovia e pista de caminhada para quem gosta de praticar exercícios. Também dá para andar em um dos quatro bondes elétricos da linha ferroviária no local. O local é perfeito para fazer piquenique, já que conta com árvores que oferecem sombras reconfortantes.

Cambuí


O bairro do Cambuí, localizado próximo ao centro de Campinas, é o destino certo para quem quer experimentar e aproveitar a vida noturna da cidade. Entre as ruas estreitas, há uma grande variedade de barzinhos e restaurantes que podem ser visitados.

Um dos principais pontos fica entre a Rua Doutor Emílio Ribas, a Avenida Coronel Silva Teles e a Rua Conceição. O Boteco São Bento, o Bar Seo Rosa e o Dom Manoel são alguns dos locais que fazem mais sucesso.

Pedreira do Chapadão


Com 130 mil m², a praça Ulisses Guimarães, apelidada de Pedreira do Chapadão, é mais um ponto de visitação em Campinas. Nela, há o Memorial Ulisses Guimarães, que inclui uma escultura de 2,5 toneladas e 13 metros de altura, composta por 2 mil chapas de aço, cortadas e soldadas.

O local ainda tem outras atrações. Na praça central, a realização de shows é comum, então é indicado sempre pesquisar se há algo programado quando você for visitar a cidade.
Postagem Anterior Próxima Postagem