Conheça algumas dicas para lavar corretamente as suas roupas de academia. 

Devido ao tipo de tecido, as peças desenvolvidas para a prática do exercício físico necessitam de alguns cuidados específicos. Os amaciantes não são indicados nesse caso, por exemplo. O ideal é seguir as instruções de lavagem que vêm na etiqueta das roupas, o que certamente fará com que elas durem bem mais. A seguir, veja algumas outras dicas sobre esse assunto. 

Peças da academia

1- Siga as instruções de lavagem da etiqueta


Conforme mencionado acima, esta é a principal dica, pois pode ser adotada em todas as roupas. Sem dúvida nenhuma, obedecer às recomendações feitas pelo fabricante garantirá mais durabilidade para a peça. 

2- Deixe a roupa secar antes de colocá-la no cesto


Não é necessário lavar a roupa assim que você chegar da academia, porém jogá-la ainda molhada de suor no cesto destinado às peças sujas pode gerar cheiro desagradável, mofo e ainda contaminar os demais itens que estão ali. Por esse motivo, deixe-a secar antes de colocá-la no cesto. 

3- Use vinagre para tirar o cheiro de suor


Nem sempre, o sabão é suficiente para tirar o odor ruim das roupas, causado pelo suor. Por isso, deixe as peças de molho em uma solução composta por 5 litros de água e meio copo de vinagre, durante 30 minutos, antes de lavá-las. Assim, suas roupas da academia ficarão com um cheiro agradável após saírem da máquina de lavar. 

4- Lave as roupas à mão ou em ciclo especial da máquina


Os tecidos das roupas de academia, como poliéster, poliamida e elastano, possuem uma estrutura que pode ser danificada na lavagem feita na máquina. Entretanto, você pode usar o ciclo de peças delicadas ou investir em um saco protetor, garantindo uma durabilidade maior das peças. No entanto, caso prefira, lave-as à mão. 

5- Não use amaciante


Geralmente, as roupas esportivas são feitas de tecidos específicos, como citado no tópico anterior. Esses materiais não aderem bem ao amaciante, visto que ele pode formar uma espécie de barreira que, no decorrer das lavagens, fará com que as peças percam as propriedades que as fazem “respirar” melhor. 

6- Prefira usar água fria


O elastano é danificado pela água quente. Em temperatura alta, o líquido faz com que a roupa vá perdendo a elasticidade conforme o passar do tempo. Por esse motivo, a água fria é sempre indicada.
 

7- Não torça nem centrifugue


De preferência, pule a etapa da centrifugação se optar por lavar as peças na máquina. Em vez de torcê-las, esprema as roupas para aumentar a vida útil delas. 

8- Ponha a roupa para secar à sombra


O calor tem o poder de danificar a fibra das roupas de academia. Logo, elas não devem secar ao sol ou na secadora. Um lugar arejado e com sombra é o mais indicado.
 

9- Saiba como lavar as meias


As meias merecem atenção redobrada. Quando lavamos as roupas da academia na máquina, geralmente, lavamos as meias na mesma leva, e isso é um erro, pois as fibras desses itens são bem mais delicadas. Portanto, o ideal é lavá-las com sacos de proteção para evitar “bolinhas” no tecido, além do aspecto transparente. 

10- Evite o uso do ferro de passar


A maioria dos fornecedores de roupas esportivas recomenda evitar a utilização do ferro de passar nessas peças, mesmo após elas estarem totalmente secas. A alta temperatura do ferro pode danificar as fibras do tecido, prejudicando a elasticidade e outras propriedades importantes para esse tipo de material. Se você se incomodar com o aspecto amarrotado da roupa, passe o ferro frio em cima do tecido.
Postagem Anterior Próxima Postagem