7 cidades brasileiras com boa economia para morar

São muitos os motivos que levam as pessoas mudarem de cidade, como oportunidades de trabalho, estudo e melhor qualidade de vida. Sendo assim, é importante considerar diversos fatores, como a qualidade dos serviços públicos, opções de lazer, segurança, infraestrutura, etc. Contudo, outra questão que também pode impactar na escolha é a economia do município. Isso porque, quem está à procura de oportunidades profissionais precisa avaliar essa área com cautela. Então, pensando em te ajudar, preparamos o post de hoje com 7 cidades brasileiras com boa economia para morar. Vamos lá?

1. Jaraguá do Sul, Santa Catarina

Jaraguá do Sul é considerada a quinta maior economia do estado catarinense, abrigando pouco mais de 180 mil habitantes. Com IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,803, valor bem acima da média nacional, a cidade oferece excelente qualidade de vida para seus moradores. Inclusive, possui belezas naturais incríveis que podem ser exploradas, permitindo o contato direto com a natureza e garantindo bem-estar no dia a dia. Esse conjunto de fatores faz com que muitos procurem por uma imobiliária em Jaraguá do Sul a fim de instalar-se de vez no município.

Falando especificamente de sua economia, a cidade é o terceiro núcleo industrial do estado, abrigando algumas das maiores empresas de nosso país, principalmente nos setores metal mecânico e de confecções. Conhecida como Capital Nacional da Malha, Jaraguá do Sul ainda é destaque com empresas do ramo de tecnologia e prestação de serviços.

2. Maringá, Paraná

Com pouco mais de 400 mil habitantes, Maringá possui forte mercado imobiliário, com diversos empreendimentos, além de avançar constantemente no ramo de energia solar. Também é uma das maiores economias do estado paranaense. Vale ressaltar ainda que essa é uma cidade planejada, com cerca de 26 metros quadrados de área verde por habitante, assim como oferece abastecimento de água e tratamento de esgoto para 100% de sua população, com 80% de cobertura de equipes de atenção básica.

3. São José do Rio Preto, São Paulo

Localizada no interior de São Paulo, a cerca de 440 km da capital, São José do Rio Preto conta com 465 mil habitantes e é considerada a maior produtora de borracha do Brasil. Inclusive, ela é responsável por 58% de toda a produção nacional, com uma cadeia produtiva que gera milhares de empregos em toda a região. Além disso, ela também foca no agronegócio, oferecendo uma estrutura completa na área da saúde. Ainda é destaque quando falamos de educação e segurança, sendo uma das melhores cidades de São Paulo para se morar.

4. Vitória, Espírito Santo

A cidade de Vitória, capital do Espírito Santo, não poderia ficar de fora de nossa lista, sendo considerada a segunda melhor cidade litorânea do Brasil para se viver, de acordo com a ONU. Isso se deve principalmente a fatores como educação, expectativa e renda dos moradores. Inclusive, possui a melhor infraestrutura da região Sudeste, o que favorece o desenvolvimento de pequenas e médias empresas. Com cerca de 365 mil habitantes, Vitória é referência em educação e segurança, além de oferecer uma estrutura completa para seus moradores e turistas.

5. Belo Horizonte, Minas Gerais

A capital mineira abriga diversos pontos comerciais, atendendo desde o público popular até o mercado de luxo. Com 2,4 milhões de habitantes, BH é uma das melhores capitais do país para se viver, oferecendo todas as comodidades dos grandes centros, mas sem deixar de lado o clima de interior. Com economia crescente, ela é um dos principais centros financeiros do país, além de ser um dos maiores polos tecnológicos brasileiros.

6. Jundiaí, São Paulo

Outra cidade paulista interiorana, Jundiaí conta com excelentes índices de educação e saneamento, que atendem 100% de sua população de pouco mais de 420 mil habitantes. Os índices de segurança também são ótimos, com taxa de homicídios muito abaixo da média nacional. Ainda que seja uma cidade relativamente pequena, Jundiaí é a oitava maior economia do estado de São Paulo, possuindo um parque industrial que abriga mais de 500 empresas, como Coca-Cola, Kraft Foods, Ambev, etc.

7. Palmas, Tocantins

Ainda que seja uma das cidades mais novas do país, Palmas foi muito bem planejada, oferecendo a melhor qualidade de vida comparada com todas as cidades da região Norte do Brasil. Segundo os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o rendimento médio de trabalhadores formais é de 4 salários mínimos, destacando-se nos setores agropecuário e de serviços, que são os responsáveis pela maior geração de empregos na cidade.

Então, agora que você conhece algumas das cidades brasileiras que possuem boa economia, já pode analisar a opção que mais se adequa às suas necessidades, demandas e perfil. Lembre-se de considerar também outras áreas importantes, como segurança, índices de saúde e educação, opções de lazer, mobilidade urbana, etc. Com isso, você garante uma cidade completa e que irá te atender da melhor maneira possível.

cidades brasileiras com boa economia para morar