Como cuidar da pele no frio do inverno? Confira 8 dicas

Com o fim do verão, as temperaturas ficam mais amenas e o frio chega quando menos esperamos. Nessa época, é fundamental ter os devidos cuidados com a pele, visto que é muito comum ficar ressecada, com aspecto prejudicado, além de surgirem alergias. No entanto, para evitar esse tipo de problema, o ideal é começar com os cuidados desde já, sendo que cosméticos baratos são os grandes aliados. Isso porque, dessa forma você previne essa situação e, quando o frio realmente chegar, você já vai estar preparada. Muitos acreditam ser necessário gastar rios de dinheiro com a pele, mas existem excelentes produtos de beleza baratos que cumprem muito bem sua função.

Portanto, se quiser saber mais sobre como cuidar da pele no frio, não deixe de acompanhar o post de hoje até o fim e veja x dicas.

1. Fuja de banhos muito quentes

A primeira dica, com certeza é a mais difícil de ser praticada. Afinal, com as temperaturas mais baixas, os banhos tendem a ficar ainda mais quentes, principalmente para mulheres que, naturalmente, sentem mais frio que os homens. No entanto, isso pode ocasionar queimaduras na pele e retirar sua proteção natural, causando ainda mais ressecamento. Sendo assim, procure deixar o banho morno, além de utilizar sabonetes hidratantes.

2. Beba bastante água

É importante deixar claro que a hidratação de nosso corpo ocorre de dentro para fora. Por mais que produtos hidratantes sejam essenciais, eles não irão cumprir sua função se você não ingerir a quantidade recomendada de água, visto que a hidratação será superficial. Além disso, quando hidratado, nosso organismo é capaz de proteger nossa pele de forma natural. Portanto, por mais que seja mais difícil beber água no frio, procure sempre manter-se hidratado durante o dia.

3. Hidrate todo o corpo

Utilize sempre loções hidratantes e óleos corporais para ajudar a manter a hidratação de sua pele sempre boa e bonita. No entanto, isso deve ser feito em todo o corpo, ou seja, rosto, mãos, pés e lábios. Sempre utilize produtos adequados para seu tipo de pele e indicados para a parte do corpo que será hidratada, pois dessa forma, você garante a ação na medida certa.

4. Não se esqueça do filtro solar

Ainda que o sol pareça mais fraco durante os meses de inverno, ele continua emitindo raios UVA, que são os responsáveis por acelerar o envelhecimento e aumentar ainda mais o risco de câncer de pele. Justamente por isso, é primordial manter o uso do protetor solar diariamente, mesmo no inverno e em dias nublados, visto que a radiação atravessa as nuvens. O ideal é investir em um protetor indicado para o rosto e, se expor outras partes do corpo ao sol, também aplicar o protetor adequado.

5. Tenha uma alimentação balanceada

Novamente, devemos lembrar que para ter uma pele bonita e hidratada, é essencial começar de dentro. É fato que no inverno, nosso corpo pede mais calorias, sendo comum sentirmos vontade de alimentos mais pesados, principalmente doces, negligenciando, portanto, frutas, legumes e verduras. No entanto, nossa pele continua precisando de nutrientes para se manter bonita e saudável, principalmente nessa época do ano. Por isso, procure sempre manter o equilíbrio.

6. Lave as roupas de inverno guardadas

Por ter clima tropical, o Brasil conta com temperaturas elevadas durante a maior parte do ano. Como consequência, nossas roupas de frio ficam guardadas por muito tempo no armário, podendo se tornar foco de mofo e ácaros, famosos por gostarem de ambientes úmidos e com pouca luminosidade. Esses microrganismos podem causar alergias respiratórias e cutâneas, sendo que para prevenir qualquer problema, nossa dica é que, antes de usar qualquer roupa de inverno, você coloque todas para lavar.

7. Aposte no protetor labial        

As rachaduras nos lábios, típicas de baixas temperaturas, podem sim ser evitadas. Mas, para isso, é importante ter sempre junto de você um protetor labial e aplicar várias vezes ao dia. Afinal, além de hidratar, muitos produtos já possuem proteção solar e outros benefícios, como dar uma corzinha à boca. Essa dica, inclusive, é fundamental para quem tem o vírus do herpes, visto que tende a se manifestar quando a pele está ressecada e com fissuras.

8. Procure um dermatologista

Por fim, mas não menos importante, se você é o tipo de pessoa que possui pele muito sensível ou ela já está em um nível de extremo ressecamento, avermelhada ou lesionada, é muito importante procurar um dermatologista para garantir o diagnóstico adequado e, assim, encontrar o melhor tratamento para suas necessidades. Além disso, ele irá orientar sobre os produtos mais adequados para o seu tipo de pele, considerando fatores importantes.

Então, com as dicas do post de hoje temos certeza que você será capaz de proteger sua pele do frio. No entanto, não deixe para cuidar somente quando ela já estiver comprometida, visto que é importante manter essa rotina sempre a fim de garantir os melhores resultados a curto, médio e longo prazo.

Como cuidar da pele no frio do inverno