Qual a melhor estratégia de marketing para uma corretora de seguros?

Contratar os serviços de uma corretora de seguros já foi bem diferente do que é hoje. Antigamente, a coisa funcionava no boca-a-boca, dependendo de alguém conhecido indicar. A internet mudou o jogo e o bom uso de ferramentas de marketing virou algo obrigatório.

Uma simples cotação de plano de saúde, por exemplo, leva a uma primeira atitude de procurar na internet. É no ambiente digital que a pessoa também pode avaliar sua opções e coberturas de empresa para empresa, além de consultar as reputações e ler comentários de outros clientes.

A pergunta-chave é: qual é o caminho certo para o marketing de resultado?

Você já se fez essa pergunta? Então aqui pode aproveitar alguns insights ao ler este texto, sobre como implementar estratégias de marketing em sua corretora de seguros. Leia com atenção!

Insights para um marketing eficiente em sua corretora

Antes de ler nossas recomendações, pense em seus clientes como heavy users de internet, bombardeados a todo momento com dados e conteúdos diversos. Logo, o terreno é fértil se você souber aproveitar o que ele oferece. Tudo depende de um bom planejamento.

Confira a seguir o que é possível aplicar neste ramo específico de negócios.

Uma empresa desse ramo de atividades tem como alvo, evidentemente, um público que procura algo muito específico. Seguro, é claro. Lembre-se que, durante a vigência do contrato, seja qual for, é necessário manter um relacionamento direto com os clientes.

Necessariamente, é preciso bolar uma estratégia de conteúdo que contemple todos os estágios do funil de vendas, composto por visitante, lead, oportunidade e clientes. Não se engane achando que o caminho é apenas gerar conteúdo atraente para visitantes com foco em conversão. Isso é importante, mas uma vez que o cliente foi conquistado, é preciso que haja manutenção desse relacionamento.

Dispare material redigido e diagramado com cuidado, investindo em dados que sejam relevantes para o destinatário, não importando para qual estágio do funil. Com cuidado e pesquisa, sua corretora acabará se tornando uma referência de mercado para essas pessoas.

  • Nunca negligencie as mídias sociais

Quem subestima o poder das mídias sociais nos tempos de hoje está mais do que atrasado. Virtualmente, a massa consumidora de qualquer produto ou serviço está presente neste ambiente, então é bom atacar nesta frente, não é? Mas cada ramo de atividade tem sua particularidade, que sempre deve ser levada em consideração.

Uma afirmação incisiva agora, que nada tem a ver com opinião e é um fato concreto. Se a sua pessoa jurídica não tem perfis em mídias sociais, ou não investe em estratégias dedicadas, você está desperdiçando negócios e outros estão passando à sua frente.

O importante aqui é a criatividade. Invista em conteúdo diferente, que passe longe do comum e que tenha apelo visual também. Vale usar enquetes, vídeos, material fotográfico bem produzido, tutoriais e muito mais.

Compartilhe as perguntas relevantes e frequentes que os seguidores fazem, além de comentários elogiosos sobre o seu serviço. Nunca se esqueça de dar atenção a esse público, agregando valor à imagem da sua pessoa jurídica, que clientes enxergam inconscientemente como se fosse uma pessoa física.

  • E-mail marketing é uma boa ferramenta

Diferente do que algumas pessoas podem pensar, o e-mail marketing ainda é funcional. Com o ambiente conectado que vivemos, as pessoas consultam suas caixas de email em qualquer lugar pelo seu smartphone.

O recurso continua interessante, pois é possível direcionar conteúdos específicos para qualquer pessoa que se interesse por ele. Fora a possibilidade da comunicação direta com sua carteira de clientes ativos.

Como sempre, embora pareça óbvio é sempre bom ressaltar, é essencial que a ferramenta seja bem utilizada, pensando no seu ramo de atividade.

Trabalhe sempre com o que tenha impacto visual direto, mas com as necessidades dos clientes sempre em mente. Antecipe as dúvidas que eles poderiam ter e mãos à obra.

  • Não se esqueça do SEO

Já parou para pensar o que faz um site para de crescer, estagnado em um número X de acessos? É o seu caso? Reverta este quadro fazendo que seus potenciais clientes o encontrem.

SEO (Search Engine Optimization) é o que permite que seu site seja mais facilmente encontrado nas buscas do Google. É um trabalho que visa utilizar as palavras certas em seu conteúdo, melhorar o carregamento da página, experiência do usuário e muito mais. É o que pesa para figurar na primeira página de buscas, o que faz total diferença para qualquer empresa.

Sempre leve em conta que é preciso de um profissional desta área dedicado à função, monitorando suas performances e métricas na internet. Além disso, este profissional também precisa estar sempre atualizado em relação aos parâmetros do algoritmo do Google, que podem mudar a qualquer momento.

Evitando erros comuns

Com essas informações, é normal que os próximos passos fiquem um tanto nebulosos, caso você ainda não tenha definido seu curso de ação. Entre as suas opções, a contratação de alguém especializado para consultoria é sempre bem vinda. Se o orçamento não comporta, sempre existem cursos que você pode fazer para aumentar seu conhecimento.

Já tem uma equipe dedicada a essa tarefa e os resultados estão abaixo do esperado? É hora de repensar o que havia sido planejado, aprimorando alguma coisa  e descartando sem piedade o que não deu certo.

É importante ter em mente que clientes de toda parte tem inúmeras opções de empresas, serviços e coberturas. As empresas, por outro lado, tem que ficar atentas para não acabarem superadas pelos concorrentes.

É por tudo isso que seu marketing deve focar, de forma mais abrangente possível, nas necessidades do perfil, ou perfis, do seu público. Essa é a fórmula para o crescimento.

Qual a melhor estratégia de marketing para uma corretora de seguros