Quais as causas da cirrose hepática?

Seu fígado é responsável por muitas funções no corpo, desde a fabricação de glicose até a eliminação de toxinas. Quando as células do fígado são danificadas, como no uso prolongado de álcool, o corpo cria inflamação para tentar resolver o problema. Quanto mais tempo a inflamação continuar, mais provável será o desenvolvimento de tecido cicatricial. E essa cicatriz permanente do fígado é chamada de cirrose.

Para te ajudar a entender mais sobre a cirrose hepática, preparamos esse artigo que vai abordar mais detalhes sobre esse problema, te mostrando possíveis causas para a cirrose hepática.

Sintomas da cirrose hepática

Nos estágios iniciais da cirrose hepática, você pode não apresentar nenhum sintoma. À medida que a doença progride, porém, você pode sentir:

  • Dor no lado superior direito do abdômen;
  • Fadiga;
  • Náusea e vômito.

Durante os estágios posteriores da cirrose, você pode experimentar outros sintomas, como:

  • Amarelamento na parte branca do olho (icterícia escleral);
  • Amarelamento da pele (icterícia);
  • Coceira ;
  • Contusões fáceis;
  • Sangramento fácil;
  • Sangramento interno de varizes ou vasos dilatados no esôfago ou estômago que se formam pelo sangue sendo empurrado para trás do fígado;
  • Inchaço das pernas e abdômen;
  • Encefalopatia hepática, na qual a confusão mental é causada pelo fígado não ser capaz de limpar as toxinas do sangue.

Causas da cirrose hepática

Duas das causas mais conhecidas de cirrose hepática são o consumo excessivo de álcool a longo prazo e a infecção pelo vírus da hepatite C. No entanto, existem várias outras condições que também podem levar a danos no fígado e cirrose.

Cirrose hepática alcoólica

O consumo excessivo e crônico de álcool é a causa mais comum de cirrose hepática. A cirrose causada pelo consumo de álcool pode se desenvolver ao longo de muitos anos.

É importante lembrar que a quantidade de álcool que pode danificar o fígado pode variar de pessoa para pessoa. Se uma mulher saudável bebe a mesma quantidade de álcool que um homem saudável, ela tem um risco maior de cirrose.

As crianças são particularmente suscetíveis a danos causados ​​pelo álcool. Algumas pessoas também têm uma predisposição genética para lesões hepáticas relacionadas ao álcool.

Pessoas com uma condição médica, especialmente aquelas que afetam o fígado, podem ter um risco maior de danos causados ​​pelo álcool. Se você já tem hepatite B ou C, ou cirrose do fígado (por qualquer causa), corre o risco de piorar sua condição se beber álcool.

Por isso, se você não tem controle sobre a quantidade de álcool que ingere e acha que isso já está virando um problema na sua família e na sua vida pessoal, é importante recorrer a um tratamento para dependentes químicos e alcoólatras antes que a dependência de álcool gera consequências ruins como a cirrose.

Cirrose hepática e hepatite

Hepatite é um termo geral que significa inflamação do fígado. A hepatite viral é a hepatite causada por um vírus como o vírus da hepatite B ou C. A hepatite C crônica é uma causa comum de cirrose hepática. A hepatite B também pode causar cirrose. Com qualquer uma dessas condições, você aumenta o risco de desenvolver cirrose se beber álcool.

Cirrose hepática e gordura no fígado

A doença hepática gordurosa não alcoólica é uma condição em que a gordura se acumula no fígado. Agora afeta cerca de 30 por cento dos brasileiros. Está se tornando mais comum em crianças com sobrepeso ou obesidade.

Outras causas de cirrose hepática

Outras causas de cirrose hepática incluem:

  • Lesão hepática induzida por drogas causada por certos medicamentos, como metotrexato e amiodarona;
  • Algumas condições genéticas , como deficiência de alfa antitripsina, hemocromatose, doença de Wilson e fibrose cística;
  • Hepatite autoimune , uma condição na qual o sistema imunológico do seu corpo ataca as células do fígado;
  • Insuficiência cardíaca congestiva , que ocorre quando o coração perde a capacidade de bombear sangue suficiente para atender às necessidades do corpo;
  • Colangite esclerosante primária, uma doença autoimune que causa inflamação e cicatrização dos dutos biliares no fígado.

Como prevenir a cirrose hepática?

Você sabia que pode ajudar a prevenir algumas das causas de danos no fígado que podem levar à cirrose? As dicas incluem:

  • Evite o uso excessivo de álcool. Como mencionado anteriormente, o uso prolongado de álcool é uma das causas mais comuns de cirrose hepática;
  • Coma uma dieta saudável para evitar o acúmulo de gordura no fígado. Limitar as quantidades de frituras, gorduras saturadas, gorduras trans e açúcar processado pode fazer parte de uma dieta saudável que é boa para sua saúde geral;
  • O exercício também pode prevenir o acúmulo de gordura no fígado. Tanto a dieta quanto o exercício previnem a obesidade e o diabetes tipo 2. Essas condições aumentam o risco de doença hepática gordurosa não alcoólica;
  • Evite o uso de drogas intravenosas e o compartilhamento de agulhas com outras pessoas. Essas medidas previnem infecções por hepatite B e C;
  • Use proteção durante o sexo. Isso pode prevenir infecções por hepatite B e C;
  • Vacine-se contra a hepatite B. Faça isso se tiver alto risco de hepatite.

Agora que você já sabe as causas da cirrose hepática, tente evitar ao máximo as circunstâncias que podem levar a esse problema.

Quais as causas da cirrose hepática