Divisórias Para Escritório: 7 dicas para escolher corretamente

Se você deseja fazer uma mudança em seu escritório, uma ótima alternativa são as divisórias para escritório.

No momento em que você vai escolher a divisória, é preciso levar em consideração o ambiente que ela vai ser colocada, sua função e também se a divisória que deseja está em conformidade com a legislação brasileira.

Outros inúmeros fatores devem ser levados em consideração, como no caso de saber por quanto tempo o espaço será utilizado com a divisória, para saber qual o melhor material.

Além disso, é preciso levar em consideração a iluminação do ambiente, para que após dividi-lo não prejudique a qualidade da luz.

Portanto, são muitas as questões que precisam ser analisadas em relação as divisórias para escritório.

Se você tem dúvidas ou quer saber mais sobre o assunto, leia este artigo!

Qual a função das divisórias para escritório

Em primeiro lugar, vamos te apresentar a função das divisórias para escritório que o próprio nome já indica que se trata de uma divisão, ou seja, uma compartimentação dos espaços.

As divisórias tem como função principal modificarem o ambiente por meio de uma divisão do espaço, conforme a necessidade exigida no momento.

Sendo assim, as divisórias permitem que em um único espaço consiga se fazer várias salas para diferentes profissionais ou mesmo escritórios.

Para que a divisória possa atuar como uma parede removível, é preciso que ela seja fabricada com materiais adequados que prezam pelo isolamento acústico e outras regulamentações.

Tipos de divisórias para escritório

É preciso ter conhecimento sobre os tipos de divisórias existentes, para que o uso delas seja otimizado ao máximo possível.

Entendemos que é importante ter escolhas assertivas na arquitetura, para que o ambiente continue harmônico e coerente.

Com isso, é importante considerar a divisória a ser escolhida para o seu escritório, visto que ela irá fazer parte da arquitetura do ambiente.

Além disso, a escolha deve estar compatível com as prioridades buscadas para o escritório e com o projeto feito com o arquiteto.

Dessa forma, vamos falar um pouco sobre cada tipo de divisória existente, observe abaixo.

1. Divisória de vidro

As divisórias de vidro são muito utilizadas em escritórios para compor a decoração dos ambientes corporativos e também por dar um aspecto mais sofisticado ao ambiente.

Além disso, existem uma infinidade de tipos de vidro, temperados, laminados, serigrafados e acidentados e muitos outros que podem ser utilizados.

É uma ótima opção para economizar energia, uma vez que permite o fluxo de luz natural entre os ambientes.

Dessa forma, é válido considerar este tipo de divisória para o seu escritório, uma vez que até a privacidade tem como garantir dependendo do tipo de vidro escolhido.

2. Divisória de madeira maciça

Para os escritórios que desejam aparentar um ambiente que dê a ideia de autoridade, é uma ótima opção, um escritório de advogados, por exemplo.

Com diferentes estilos, este tipo de divisória também pode ser usado como item da decoração, visto que muitas vezes é possível combinar com o mobiliário corporativo.

Além disso, devido ao fato de o material ser madeira, é bom para evitar os ruídos entre um espaço e outro, ou seja, maior isolamento acústico.

Sendo assim, é possível buscar dentre os tipos de divisórias de madeira maciça para compor seu escritório a que mais se adequa às suas necessidades.

3. Divisória de madeira industrial

Existem dois tipos de divisórias feitas com madeira industrial, que são os materiais bastante conhecidos: o MDF e o MDP.

No caso das divisórias de MDF, por causa da mistura de fibras de madeira, possui menos resistência que as de MDP que são feitas com três camadas.

Ademais, as divisórias MDP permitem um acabamento diferenciado, colaborando com a decoração do espaço.

Dessa forma, são uma ótima opção para quem busca dividir diversos setores e também para escritórios que prezam pela sustentabilidade, uma vez que são feitas com materiais de áreas reflorestadas.

4. Divisória feita de DryWall

As divisórias de DryWall aparentemente podem se assemelhar ao gesso maciço, no entanto, elas se diferenciam por serem feitas em placas maiores.

Este tipo é bastante resistente por contar com a mesclagem de aço galvanizado e por isso possui menos chance de apresentar alguma rachadura.

Contudo, é preciso considerar que essas divisórias precisam passar por manutenção periodicamente, para evitar que apareçam manchas amarelas advindas da umidade.

Portanto, é uma ótima escolha para os escritórios que desejam uma estrutura mais resistente e que não cause muitos resíduos no momento de instalação.

5. Divisória de PVC

Da mesma forma como a divisória de MDP, as divisórias para escritório feitas com o material de PVC são vantajosas.

No entanto, o material PVC tem como base o plástico e, assim, a sua durabilidade é maior e a sua instalação é bem mais rápida e prática que as demais opções de divisória.

Além disso, a manutenção do PVC é simples e a limpeza pode ser feita com produtos de limpeza que usamos no dia a dia.

Sendo assim, por ser plástico não há risco de proliferação de fungos e bactérias, o que aumenta a qualidade de vida no espaço de trabalho.

6. Divisória de ferro ou metal

Atualmente, as divisórias de metal ou de ferro tem se tornado uma tendência nos escritórios, mas antigamente não era comum fazer uso desse material.

É preciso considerar as vantagens oferecidas pelo ferro ou metal: leveza, modernidade e facilidade para limpeza.

Porém, é preciso se atentar também a possibilidade de ferrugem e as questões de acústica, essas observações devem ser consideradas no momento de idealização do projeto.

7. Divisória Retrátil

Diferenciando-se de todas as outras divisórias para escritório que foram apresentadas, esta possui alguns diferenciais únicos.

Dentre as inúmeras vantagens, as divisórias retráteis são ótimas para quem deseja um maior isolamento acústico para o escritório.

Elas são feitas com diferentes camadas e assim garantem maior privacidade, sendo ideal para salas de reunião, auditórios e escritórios.

Por causa da performance que ela oferece, é comum que o custo seja superior às demais divisórias apresentadas no mercado.

Assim, você deve levar em consideração as suas necessidades e o seu orçamento.

Divisórias Para Escritório