Importância do fit cultural de candidatos

O fit cultural de candidatos está rapidamente ganhando popularidade no setor de recursos, não apenas como tópico de conversa entre profissionais de RH, mas também como um substituto tangível e confiável para o que era conhecido como fator de intuição na contratação.

Em um mundo cheio de profissionais talentosos, era relativamente fácil para os recrutadores encontrarem uma boa combinação com base em qualificações e experiências.

O elo que faltava nesse processo seria se o candidato era realmente um Fit Cultural para a empresa.

Pesquisas científicas comprovam que funcionários felizes e realizados no local de trabalho apresentam melhor desempenho.

Além disso, também têm maior probabilidade de trabalhar para a organização por um longo período de tempo, aumentando os níveis de retenção e produtividade e diminuindo os custos de recrutamento.

Um Fit Cultural positivo melhora a autoestima dos colaboradores e faz com que se sintam mais competentes, motivados e aumenta o desejo de melhorar a si e ao seu trabalho.

As expectativas, ambições e comportamentos futuros também desempenham um papel importante para ser um bom Fit Cultural.

O Fit Cultural em si é fortemente dependente da marca empregadora ou, em outras palavras, da cultura praticada de uma organização.

Mas o que é Fit Cultural?

Foi-se o tempo em que as empresas usavam declarações como “em 30 anos” para se posicionar com mais sucesso no mercado.

Em vez disso, as organizações estão atualmente lidando com a construção de uma boa cultura empresarial que fala por si. As seguintes perguntas são feitas e respondidas:

  • Que contribuição fazemos para a sociedade como empresa?
  • Qual é a nossa missão?
  • Quais são os traços de personalidade que nos tornam uma empresa?
  • Como nossos valores podem ser descritos?
  • O que queremos defender?

O resultado é uma imagem que lembra a descrição de uma pessoa.

Por exemplo, uma empresa de TI moderna se descreveria como uma organização relaxada, legal e progressista com uma mentalidade orientada para a solução.

Hoje em dia, apontar o dedo para os funcionários e responsabilizá-los pelos problemas não é mais uma prática comum.

Em vez disso, os membros da equipe unem forças e trabalham juntos para resolver questões.

Por que esses valores aparentemente humanos são tão importantes para uma empresa? Precisamente porque as organizações são humanas.

Profissionais qualificados escolhem seu empregador de acordo com os mesmos critérios que aplicariam ao escolher um novo amigo.

Os valores e ideias do empregado e do empregador devem corresponder culturalmente. Esse é o núcleo do Fit Cultural.

Cada local de trabalho tem uma cultura única. O escritório A está repleto de reuniões de brainstorming e pessoas visitando colegas de trabalho para discutir projetos.

Enquanto o escritório B é mais silencioso, com a maioria dos funcionários trabalhando de forma independente e se reunindo apenas para reuniões ocasionais.

Onde o candidato que prospera em um ambiente altamente colaborativo se encaixa melhor?

Se você respondeu o Escritório A, você acertou. Uma pessoa que gosta de discutir projetos em andamento e fazer brainstorming com colegas de trabalho não se sentirá à vontade no escritório B e provavelmente começará a explorar uma estratégia de saída em pouco tempo.

Este é um cenário em que as avaliações de adequação à cultura fazem uma grande diferença na construção de uma força de trabalho eficaz.

Fit Cultural pode ser definido como probabilidade de alguém refletir e/ou ser capaz de se adaptar às crenças, atitudes e comportamentos centrais que compõem uma organização.

Ignorar o fit cultural pode levar a contratações ruins, não porque a pessoa não seja qualificada para o trabalho, mas porque a cultura da organização não é uma boa combinação.

E esse descompasso custa caro. A rotatividade de funcionários resultante de um ajuste cultural inadequado pode chegar a 60% do salário anual do funcionário perdido.

Importância do Fit Cultural de candidatos

Os empregadores frequentemente veem vários candidatos com qualificações semelhantes e escolherão a pessoa cujos valores e cultura mais combinam com os valores, crenças e normas de sua empresa.

Em muitos casos, a pessoa que consegue o emprego não é necessariamente a mais qualificada, mas sim aquela que se encaixa na cultura da empresa ou que mais se alinha com a missão e os valores da empresa .

Por quê? Contratar alguém para trabalhar em uma empresa cujos valores não se alinham mutuamente pode deixar os trabalhadores insatisfeitos com o cargo, independentemente do salário e dos benefícios.

E, por outro lado, pode fazer com que a empresa precise recontratar para a função mais rapidamente do que o esperado.

Como contratar para o Fit Cultural

Uma das coisas mais importantes a serem lembradas sobre a contratação por adequação cultural é o que não é.

Contratar com cultura em mente não deve criar um local de trabalho homogeneizado.

De fato, pesquisas descobriram que empresas com uma força de trabalho diversificada são mais eficazes e lucrativas.

Isso ocorre porque são necessários todos os tipos de pessoas para trazer ideias e habilidades valiosas.

O fit cultural é sobre o conforto de um candidato com os valores centrais da sua empresa e a abordagem de trabalho, liderança e comunicação.

Alguns trabalhadores florescem em estruturas hierárquicas onde a cadeia de comando é clara, por exemplo, enquanto outros são mais adequados para organizações planas onde os indivíduos assumem maior responsabilidade pelos resultados dos negócios.

Em última análise, a contratação para adequação ao fit cultural beneficia tanto as empresas quanto os talentos. Veja como acertar:

Esclareça sua cultura

Reserve um tempo para esclarecer a cultura do local de trabalho da sua organização. Dessa forma você passará uma imagem precisa aos candidatos.

Ao revisar a cultura da sua empresa, você pode descobrir que ela não está bem definida, o que é importante saber.

Quando a cultura do local de trabalho não é clara, as empresas correm o risco de ter departamentos ineficazes ou mesmo ambientes tóxicos.

Para ajudá-lo a definir a cultura do seu local de trabalho, pense honestamente sobre “um dia na vida” em sua empresa.

Algumas coisas a serem observadas e consideradas:

  • Como os funcionários se comunicam com gerentes e colegas de trabalho?
  • Como o sucesso é definido e recompensado?
  • Qual é a estrutura de liderança?
  • As oportunidades de aprendizado e avanço são claras?

Depois de determinar e refinar a cultura da sua empresa, compartilhe-a em seu site de carreiras, nas mídias sociais e por meio de comunicações internas.

Muitas empresas desenvolvem e compartilham declarações de valores fundamentais com funcionários atuais e futuros.

Compartilhe sua cultura nas descrições de cargos

Atrair candidatos que tenham um bom ajuste cultural desde o início economiza tempo e dinheiro.

A descrição de seu trabalho é um bom lugar para começar a eliminar talentos que não floresceriam na estrutura de liderança ou nos métodos de comunicação de sua organização.

Muitas empresas começam a descrição de suas funções com uma breve seção “Sobre nós” que resume o que a empresa oferece aos funcionários.

Aqui estão alguns exemplos que podem ser incluídos nas características culturais da sua empresa:

  • Horários de trabalho flexíveis
  • Ambiente acelerado
  • Estrutura de trabalho colaborativa ou em equipe
  • Oportunidades de progressão na carreira
  • Projetos voluntários e filantrópicos

A cultura da empresa é um poderoso impulsionador do sucesso dos negócios. É a chave para o engajamento, desempenho e produtividade dos funcionários.

Os funcionários que se identificam mais com sua empresa são mais felizes, experimentam maior satisfação no trabalho, são mais comprometidos, têm melhor desempenho e são mais propensos a permanecer na organização.

Importância do Fit Cultural de Candidatos