Dicas de Design de Website para Aumentar as Vendas

Se quiser melhorar o seu website para parecer profissional, então deve considerar perder algumas horas a olhar para o design.

Os designs bem sucedidos em websites, funcionam corretamente devido a uma variedade de razões. Em primeiro lugar, partilham um foco na facilidade de utilização e usam um removedor de fundo para que as imagens não fiquem estranhas e se adaptem às cores do website.

Fatores de sucesso bastante relevantes são a experiência do utilizador, adaptação em multiplataformas, o layout do site e desenho visual.

3 Dicas para um Design de Sucesso

Fique com as nossas principais sugestões para ser bem sucedido:

1 – Mantenha as coisas simples

É normal que seja apelativo colocar funções interativas ou mesmo gráficas de forma excessiva, mas deve ter atenção a isto pois podem distanciar os clientes em vez de os aproximar, devido à sobrecarga funcional.

Quando se pensa no design para e-commerce, é importante simplificar as coisas, é caso para dizer que menos é mas.

É naturalmente frustrante para qualquer utilizador ter de carregar múltiplas vezes em diversas páginas para chegar ao ponto que pretende.

O mesmo se sucede quer seja para publicidade ou outras formas de “atenção”. Todas estas lacunas podem gerar quebras de tráfego e vendas.

Já olhou para o seu website como se fosse o cliente? Até que ponto está confortável com a abordagem e navegabilidade aplicada? Consegue as respostas às suas perguntas de forma rápida e simples? Que tipo de dúvidas está a ter?

Existem ainda outros elementos que fazem a diferença, como os tipos de letra aplicados, as cores escolhidas, conteúdo percetível e de fácil compreensão e principalmente a navegação através dos produtos deve ser simples, bem como a sua descrição.

Mantenha as coisas simples
Fonte: Freepik

2 – Utilize cores e imagens a seu favor

Uma das melhores maneiras de demonstrar qualidade é através de imagens com dimensões grandes e claramente com qualidade. Além de cativarem o olhar, também suscitam curiosidade nos clientes.

As imagens são uma forte ferramenta para aumentar as suas conversões, portanto lembra-se de as dispôr em diferentes perspetivas.

É importante que os utilizadores saibam exatamente o produto que vão comprar, e para tal, deve apresentá-lo em todas as posições, sempre com profissionalidade.

A psicologia da cor também se pode aplicar ao design, principalmente porque é uma forma de vender mais. Este tipo de psicologia utiliza-se para “manipular” as pessoas a fazer algo que você quer.

Basta uma simples sombra ou cor num botão, que já está a aplicar esta estratégia. No entanto, deve ser tudo bem pensado e não apenas colorir porque sim.

Algumas tonalidades conseguem despertar mais sentimentos e emoções, como é o caso do azul e do vermelho. Estamos a falar de confiança e amor/perigo, respetivamente. As cores também podem ainda dizer mais sobre a marca.

  • Tom: Considere o que imagina como sendo o tom da sua marca – pode ser qualquer coisa, desde caprichoso ou estranho.
  • Valor: Tons negros mais requintadas ou dourados com mais brilho podem ser usadas para dar a uma ideia de luxo e riqueza.
  • Período de tempo: Determinadas cores transmitem uma sensação mais futurista ou vintage.
Utilize cores e imagens a seu favor
Fonte: Freepik

Usar imagens e cores em conjunto como parte do design do seu website de comércio eletrónico, pode simultaneamente inspirar uma emoção e dar motivação para tomar medidas.

Só o facto de tornar vermelho um certo botão, é capaz de gerar mais vendas e aumentar o tráfego em cerca de 20 a 30%.

3 – Tenha um checkout simples e sem rodeios

Deve ser um pensamento automático, mas nunca é demais repetir: Não faça o seu cliente ter dúvidas na página de checkout.

Não adianta de nada esforçar-se e perder tempo a investir num site que leva os clientes até à linha de chegada. Assegure-se de que a atravessam.

Dê aos clientes a opção de fazer o checkout como convidado. Obrigue-os a escrever o menor número de dadoos possível e apenas a informação necessária.

Permita que os cliente pré-vizualizem as compras no carrinho e descreva-os para que estes revejam sem dúvidas as suas compras.

Seja transaparente com os clientes, não aguarde até ao fim da linha para dizer a alguém que taxas de envio ou outras taxas acompanham a sua compra.

Se eles chegarem até “confirmar a compra” e depararem-se com um total mais elevado ao que previram. Isso pode ser visto com uma quebra de honestidade e faz com os utilizadores deixem de querer comprar o seu produto.

Deve ter sempre consciência e ser transparente quanto às opções de envio e respetivos custos, bem como todas as políticas aplicadas às opções de devolução e reembolso.

Todos estes procedimentos têm de estar explícitos na página de checkout.

Facilite sempre o processo aos clientes: apresente quais são os dados necessários e o porquê da sua utilização e como tenciona manter os dados protegidos.

Tenha um checkout simples e sem rodeios
Fonte: Freepik

Conclusão

É fácil fazer um website. É mais difícil fazer desse site uma experiência bonita e intuitiva para o utilizador. Mas o esforço extra colocado no design do site de comércio eletrónico, vale bem a pena.

Navegue pelos seus websites de produtos favoritos para inspiração e tome nota dos que utilizam um design simples e limpo.

Depois, tente incorporar esse estilo no seu próprio design e lembre-se sempre de proporcionar ao utilizador a melhor experiência possível.

website

Dicas de Design de Website para Aumentar as Vendas