X-Men - A Queda dos Mutantes: conheça mais sobre essa saga dos mutantes da Marvel

X-Men – A Queda dos Mutantes: conheça mais sobre essa saga dos mutantes da Marvel

X-Men – A Queda dos Mutantes foi lançada em 1988, período em que os mutantes vinham se popularizando junto ao público, A Queda dos Mutantes foi a saga mais sombria até hoje enfrentada pelos pupilos de Xavier, mostrando que a esperança por dias melhores pode se tornar um grande pesadelo. 

Após o sucesso da saga Massacre de Mutantes a Marvel apostava todas as suas fichas em que esses personagens tinham futuro e poderiam ser sua nova grande estrela do catálogo, visto que nessa época os quadrinhos viviam uma era de histórias mais reais e sombrias, como por exemplo em Batman: O Cavaleiro das Trevas.

Foi então que a Marvel decidiu revolucionar toda a sua linha de mutantes e, para isso, resolveu criar a “Queda dos Mutantes” matando os X-Men e fazendo um reboot.

O que precedeu à Queda dos Mutantes?

No ano de lançamento dessa saga existiam 3 principais títulos dos mutantes:

Uncanny X-Men – nele acompanhamos os X-Men, liderados pela Tempestade, que está sem poderes por conta de uma arma neutralizante.

X-Factor – após os acontecimentos do Massacre de Mutantes, em que Anjo teve suas asas amputadas e encontrava-se deprimido, tudo se torna ainda pior quando seu avião sofre uma sabotagem e supostamente ele morre.

Além disso, a equipe dos X-Factor, composta pelos X-Men originais, também não estava em seus melhores dias, entrando em conflito com as equipes dos X-Men e dos Novos Mutantes.

Novos Mutantes – aqui temos Magneto, que de vilão passa a ser professor de jovens mutantes em treinamento, devido ao Professor Xavier estar doente e precisar deixar a Terra para um tratamento no espaço.

Já percebeu como em todos os títulos existe algo em comum? A instabilidade e perda dos seus líderes. Mas, nem tudo que está ruim não pode piorar, como veremos a seguir.

Durante os eventos da Queda dos Mutantes

Partindo atrás da Tempestade, os X-Men chegam a Dallas e lá encontram um grupo do governo chamado de Força Federal.

Após um grande embate ocorrer, ambos os grupos estranham algumas “participações especiais” durante a batalha (criaturas estranhas e até homens das cavernas, bizarro!) e juntam forças para iniciar uma investigação.

Com o tempo, a história nos conta que todo motivo de tais criaturas surgirem na Terra é culpa do Forge, que utilizou de um ritual místico indígena para invocar por engano essas criaturas no período da Guerra do Vietnã, buscando vingança por seus colegas mortos.

Forge então consegue derrotar o vilão Adversário, contando com uma surpreendente ajuda de Colossus, que ainda estava se tratando da decorrência dos confrontos do Massacre de Mutantes.

Mas, para finalizar o rito de passagem, será necessário que sejam sacrificadas 9 almas, curiosamente o mesmo número de integrantes que a equipe dos X-Men tinha à época. Portanto, todos da equipe morreram naquele instante, tudo isso tendo a transmissão da TV ao vivo para o mundo.

Em paralelo o vilão Apocalipse sequestra o X-Factor, oferecendo a eles uma aliança contra os humanos. Após a recusa por parte dos heróis, somos apresentados a um dos quatro Cavaleiros do Apocalipse, Morte, que na verdade é o antigo herói Anjo, que não está morto e agora possui garras disparadas por suas novas asas.

Os Cavaleiros partem para a destruição de Nova York, mas Homem de Gelo consegue convencer seu antigo amigo, que ainda habita o corpo cavaleiro Morte, para que ele recuasse e assim a equipe de heróis pudesse comemorar uma breve vitória.

Já os Novos Mutantes envolvem-se numa crise com o grupo A Direita, extremistas liderados por Cameron Hodge. Para finalizar essa crise, Magia transporta esse grupo para o Limbo, mas os mutantes têm uma baixa importante nesse processo, a morte de Cifra.

Vendo essa morte e se chocando com ela, Magneto decide culpar os humanos e deixar a Escola Xavier, largando os jovens mutantes sem um mentor e tendo de se curar do luto pela batalha.

Após a Queda dos Mutantes

Depois da morte dos X-Men, eles seriam ressuscitados pela deusa Roma. Secretamente eles ficam por um tempo na Austrália, sendo invisíveis aos sistemas de vigilância mundial.

Na equipe X-Factor temos um novo membro, Arcanjo, personagem mais violento do que o antigo Anjo, sendo mais tarde controlado por seu lado “bom”. Já os Novos Mutantes passam por um processo rápido de amadurecimento, tendo crescido sem o apoio de um mentor.

Esse novo universo foi o gatilho necessário para uma nova fase das aventuras dos mutantes, onde Charles Xavier retorna a Terra e reúne os X-Men e X-Factor e os transformam em duas equipes, tendo como vilão principal a ser combatido o poderoso Magneto, que após abandonar os Novos Mutantes jurou que destruiria a humanidade, tendo ajuda de vários acólitos. 

Enquanto isso os Novos Mutantes, até então sem um líder, encontram Cable, viajante do futuro que chega ao presente para ser mentor desses jovens mutantes e assim tentarem impedir um futuro trágico para sua raça. Nasce assim a equipe X-Force, que dentre seus inimigos está o hoje amado Deadpool.

Como pudemos notar, cada arco dessa grande saga está repleto de tragédia e sofrimento, mas que nos trouxe um reboot nas histórias dos mutantes com ele pudemos acompanhar uma grande fase dos anos 90, servindo como base inclusive para a série animada mais lembrada dos mutantes até hoje.