Como alugar um imóvel em MG

Como alugar um imóvel em MG?

Todo mundo que já tentou alugar imóveis em Minas Gerais sabe que a tarefa pode ser tranquila ou causar bastante dor de cabeça. Tudo isso pode variar de acordo com a imobiliária e o corretor que irá atendê-lo e fornecer o suporte necessário nessa missão.

Manter uma boa relação entre locador e locatário é um dos principais fatores para conseguir alugar um imóvel em Minas Gerais de maneira ágil e que atenda às necessidades dos dois

Para ajudá-lo nesta tarefa, reunimos neste artigo algumas dicas sobre como alugar um imóvel em Minas Gerais, portanto, continue lendo o texto abaixo!

1. Procure uma boa imobiliária

Encontrar uma imobiliária de confiança, com experiência de mercado e um atendimento ágil e eficiente é o primeiro passo para tornar todo o processo mais fácil e agradável.

A imobiliária atua como uma intermediária entre inquilino e proprietário, garantindo que os direitos e deveres de ambos sejam cumpridos. Além disso, os corretores o manterão sempre informado caso apareça algum imóvel que possa interessá-lo.

2. Analise sua situação financeira

Uma análise muito importante a ser feita antes de começar a procurar por um imóvel, é calcular o valor a ser despendido para aluguel e outras despesas do local, contas, IPTU e condomínio.

Verifique a faixa de preço que será possível destinar para o imóvel e faça a procura a partir do valor encontrado.

3. Selecione e analise com paciência as opções de imóveis

Após definir suas necessidades e objetivos, comece a pesquisa por um imóvel de maneira paciente.

Selecione as melhores opções, analise-as com calma e veja se ela atende aos seus desejos e está dentro do seu orçamento.

O corretor da imobiliária de sua escolha irá ajudá-lo neste processo, procurando as melhores opções, de acordo com o seu perfil, e agilizando toda a tarefa, além de aumentar as chances de uma escolha mais assertiva.

4. Visite os imóveis e analise sua condição

Após realizar a seleção dos móveis que mais atenda às suas necessidades, visite-os presencialmente para uma análise mais detalhada da sua condição e espaço.

Portanto, agende um horário com corretor para a visita. Procure também levar uma pessoa de confiança para acompanhá-lo na visita e, assim, ter uma outra opinião para ajudá-lo na escolha.

A análise minuciosa feita na visitação é de extrema importância, por isso, não a coloque nas mãos de outra pessoa. Verifique também a localização e arredores, para garantir que corresponda às suas expectativas.

5. Intenção de locação

Após a escolha do imóvel, é preciso dar início à parte um pouco mais burocrática do processo e, uma delas, é a intenção de locação.

Ele representa a formalização do interesse em alugar o imóvel, constando no documento o valor a ser pago e outras considerações que o inquilino julgar importante.

6. Documentação necessária e garantia

Depois que a intenção for aceita pelo proprietário, é preciso apresentar algumas documentações fundamentais, como RG e comprovante de renda, no processo de locação de um imóvel.

Será preciso preencher uma ficha de cadastro com as principais informações do futuro inquilino, assim como, a sua renda mínima, comprovando que possui renda necessária para manter o aluguel em dia.

Além disso, é preciso apresentar a garantia para locação, em que o proprietário é o beneficiário.

A forma mais comum de realizar a garantia era através do fiador, mas, muitas imobiliárias já aceitam novas modalidades mais fáceis e descomplicadas, como título de capitalização, caução, cartão de crédito e seguro fiança.

7. Exija uma vistoria documentada

A vistoria deve ser feita antes que você se mude para o imóvel. Assim, a imobiliária irá providenciar o Termo de Vistoria, que irá conter todas as características estéticas e o seu estado de conservação.

O objetivo do Termo de Vistoria é relatar qual era situação do imóvel no momento da entrega ao inquilino, para que ao final do contrato, seja entregue sob as mesmas condições.

8. Verifique se o contrato está de acordo com o combinado

Claro que antes de fechar qualquer contrato é preciso ler, estudá-lo e verificar se tudo está descrito de acordo com o combinado.

Certifique-se de que as regras como tempo de locação, garantia da locação, cobertura, IPTU e taxas estão inclusas e claras. Tudo isso será o seu respaldo legal em caso de alguma intercorrência.
Tem alguma dúvida de como alugar um imóvel em MG? Entre em contato conosco e fale com um de nossos corretores agora mesmo!