saúde bucal na terceira idade

Saúde bucal na terceira idade: O que você precisa saber

Segundo especialistas, a saúde bucal na terceira idade exige muito mais cuidado e deve ser analisada com maior frequência. 

Com o avanço da nossa idade, é comum notarmos algumas mudanças no nosso corpo, e isso é algo totalmente natural e faz parte do ciclo de vida de qualquer pessoa, e com os dentes não é diferente.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mostram que a saúde bucal é importante em qualquer idade. Pois se deixada de lado, fungos e bactérias podem surgir e acabar atingindo outros órgãos e suas funções, trazendo doenças mais sérias. 

Dentre os cuidados com a saúde bucal na terceira idade, podemos destacar: o controle com a ingestão de determinados alimentos, como doces, pois ao comer em excesso, o açúcar se transforma em um ácido que ataca o esmalte dos dentes. E a higienização adequada de toda a boca.

Além disso, é necessário que todos se lembrem de escovar os dentes todos os dias, após cada refeição e também antes de dormir. É importante também utilizar uma escova de dente macia e um creme dental que contenha flúor.

Quais os problemas de saúde bucal na terceira idade mais frequentes?

Mesmo com os cuidados diários e a higienização correta, algumas pessoas da melhor idade ainda se queixam sobre o surgimento de alguns problemas no dente, mas isso pode acontecer, pois reflete a saúde bucal anterior, que pode não ter sido uma das melhores.

A maioria dos profissionais da área odontológica destacam os problemas mais comuns encontrados nas pessoas da terceira idade, que são:

1. Cáries

As cáries são problemas comuns em muitos dentes e acontece quando há deterioração da estrutura dentária, causada por bactérias que tendem a se desenvolver e atingir as camadas do dente aos poucos, gerando dores e cor escura. 

2. Escurecimento dos dentes

O escurecimento dos dentes pode se dar através de vários fatores, como má alimentação, bebidas, tabagismo  e muito mais.

Além disso, pacientes que utilizam aparelho, implante dentário carga imediata ou prótese e não mantêm uma boa limpeza, podem sofrer com este problema.

Nesse caso, é necessário visitar um dentista especialista em prótese, pois ele vai indicar o melhor tratamento.

3. Problemas na raiz dos dentes e Sensibilidade dentária:

Os problemas nas raízes do dente podem ser sinal de uma falta de higienização correta, ou mesmo um problema bucal que acabou desencadeando esse problema.

Já a sensibilidade dentária é algo comum em qualquer momento da nossa vida, porém na terceira idade ela tende a se agravar ainda mais.

Pois com o passar dos anos, nossa gengiva se move para cima fazendo com que a raiz dos nossos dentes, que não possuem a proteção do esmalte, fiquem expostas.

Além disso, a sensibilidade também pode surgir após a aplicação da prótese fixa dentária nos pacientes, por isso, é sempre importante o acompanhamento com seu dentista.

4. Gengivite

A gengivite é uma inflamação séria na gengiva que deve ser tratada com o auxílio de um médico, além de exigir muitos cuidados com a higienização, pois ela pode ser desencadeada pela limpeza inadequada ou inexistente dos pacientes.

Além disso, fatores como má alimentação, estresse, tabagismo, entre outros também podem ser responsáveis pelo surgimento da doença.

5. Xerostomia

Também conhecida como “Boca seca”, a xerostomia está ligada a baixa produção de saliva pelas glândulas salivares.

Essa sensação de boca seca está ligada a diversos fatores, como: desidratação, ronco, respiração pela boca, tabagismo, alcoolismo, má higiene bucal e mais;

Cuidados básicos para a saúde bucal diária

Algumas pessoas acreditam que a saúde bucal só é válida para manter a estética, entretanto, já é mais do que comprovado que nossa boca é uma porta de entrada para muitas bactérias que atingem outras áreas do corpo.

Sendo assim, todos devem saber quais são os cuidados básicos para que tenham uma rotina mais saudável.

Dentre os cuidados que todos devemos seguir, estão:

1. Higienização bucal correta

A higienização correta dos dentes envolve vários processos que devem ser seguidos pelos pacientes. Dentre eles estão:

  • Escovar os dentes diariamente;
  • Fazer movimentos circulares e de maneira delicada;
  • Passar fio dental;
  • Escovar a língua.

2. Utilize creme dental com flúor passe fio dental:

O creme dental com flúor é uma excelente opção para a limpeza adequada dos dentes, isso porque trata-se de creme com formulação especial que protege os dentes das bactérias que causam as cáries e demais doenças;

Nunca deixe de passar o fio dental entre seus dentes. Muitas pessoas acham que o fio dental é um item opcional e não dão tanta importância, mas se engana quem pensa assim. 

Somente ele consegue remover todos os restinhos de comida e ajuda a prevenir cáries, tártaros e demais doenças do dente;

3. Enxágue a boca após a escovação e troque a escova frequentemente 

Após terminar sua escovação e ter passado o fio dental, principalmente na faceta dentária não esqueça de enxaguar bem a boca, assim é possível eliminar todas as sujeiras e placas bacterianas que se soltaram após a higienização;

Outro ponto importante e que deve ser mencionado é a importância de trocar as escovas de dente com frequência.

Profissionais recomendam que a troca seja feita a cada três meses, ou em um intervalo menor, caso as cerdas apresentem algum problema.

Para pacientes que tenham aparelho ortodôntico transparente, a troca da escova deve ser feita em uma frequência ainda maior, pois pode haver desgaste mais fácil da escova.

O que achou do texto sobre saúde bucal na terceira idade? Conte nos comentários.