Dor de Garganta

Dor de Garganta. Qual sua relação com a saúde bucal

Muita gente não sabe, mas a dor de garganta pode ser um alerta de que a sua saúde bucal não está bem. Você já percebeu que quando vamos em uma consulta de rotina ao dentista a nossa garganta também é examinada? Pois é! Ela é examinada justamente por ser uma parte importante do nosso corpo e que pode influenciar diretamente na saúde bucal.

Vamos juntos entender um pouco mais sobre a relação entre dor de garganta e saúde bucal e também quais cuidados devem ser tomados para evitar complicações na garganta e manter a saúde bucal em dia?

O que causa a dor de garganta?

A dor de garganta, chamada também de odinofagia, é causada por uma inflamação nas amígdalas ou na faringe. Tal inflamação pode acontecer devido a uma série de causas, como alérgica, viral, bacteriana e traumática. Como o processo inflamatório é um retorno natural do organismo à uma agressão, é levado a esse local afetado mais sangue contendo células de defesa e proteínas pró-inflamatórias. O resultado é inchaço, aumento de temperatura e também dor de garganta.

Vale citar, ainda, que cerca de 70% das vezes a dor de garganta é causada por algum tipo de vírus e que a transmissão acontece por meio de contato interpessoal. Entre os vírus mais comuns que causam a amigdalite viral está o Esptein-Barr, o Adenovírus, o Herpes simplex e o Rhinovirus. Já as bactérias representam em torno de 30% dos casos de dor de garganta e o quadro de odinofagia alérgica, embora seja mais comum no inverno, pode acontecer em qualquer estação do ano, bastando que se tenha contato com fungos e ácaros.

Por fim, é importante destacar também a dor de garganta pró-traumática, que acontece depois que se passa por processos cirúrgicos que envolvem o pescoço, como a retirada das amígdalas e da adenoide, por exemplo.

Como tratar a dor de garganta?

O tratamento da dor de garganta está diretamente ligado a causa. A dor causada por infecções virais mais simples, como resfriados, na maioria das vezes regride de forma espontânea, podendo ser usado analgésicos, pastilhas e anti-inflamatórios para que a dor diminua. Já se a dor de garganta tem como causa uma infecção bacteriana, é diagnosticado antibióticos para tratá-la, e se a dor tem como causa uma cirurgia, é provável que seja recomendado a ingestão de alimentos gelados e líquidos. Se o caso for de dor de garganta alérgica, o uso de anti-histamínicos pode ser indicado, a fim de reduzir a resposta do organismo aos fungos e ácaros presentes no ar.

Embora a dor de garganta pareça algo simples, é muito importante ressaltar que se deve evitar automedicações, que em excesso podem causar hipertensão, gastrite, insuficiência renal, entre outros. Lembre-se que a orientação médica é sempre o melhor caminho para que o problema de saúde seja resolvido com segurança e eficácia.

Qual a relação entre a dor de garganta e a saúde bucal?

Como falamos no início do artigo, a garganta possui grande importância em nossa saúde bucal e, problemas nessa região, como dor de garganta, podem indicar complicações relacionadas a boca e aos dentes. Para que você tenha uma ideia melhor, uma garganta inflamada pode, por exemplo, ser um sinal de infecção na amigdala e que, se não tratada pode resultar em problemas na arca dentária.

Portanto, a saúde bucal e os mais diversos problemas que atingem a região da garganta, como a dor de garganta, estão diretamente relacionados. Diversas complicações que atingem a garganta podem ter como causa problemas nos dentes e na saúde bucal ao mesmo tempo em que problemas dentários e orais também pode ser os causadores de complicações na garganta.

Como exemplo da relação entre saúde bucal e dor de garganta podemos citar:

Dentes sisos – Os dentes sisos podem causar problemas para o indivíduo, como dor de garganta, dor de ouvido e também dor de dente;

Ressecamento da mucosa oral – O baixo fluxo salivar pode causar mau hálito e também ajudar no desencadeamento de amidalites e faringites;

Pescoço inchado – A região do pescoço inchada pode indicar problemas na saúde bucal, como infecções dentárias, e também infecções na garganta;

Dor de dente e garganta inflamada – A dor de dente pode ser causada pelos mais diferentes fatores, como cáries, e um dos sintomas mais comuns é a inflamação da garganta. Caso a dor de dente não seja tratada da forma correta, é possível também que ela se espalhe pela garganta.

Cuidados necessários para evitar a dor de garganta e garantir a saúde bucal

A saúde bucal e da garganta podem ter uma ligação direta, já que a saúde de uma influencia diretamente na outra. Dessa forma, a melhor maneira de garantir a sua saúde bucal e ao mesmo tempo evitar problema de garganta, é manter a sua saúde em dia. Para isso, você deve:

– Consultar o dentista pelo menos uma vez ao ano para verificar a saúde dos dentes e das gengivas. Também é recomendado que seja feita a limpeza bucal anualmente em consultório odontológico;

– Tomar pelo menos 2 litros de água por dia para evitar o ressecamento da garganta e também para a saúde em geral;

– Evitar ficar muito tempo exposto ao ar condicionado, que pode causar irritação na garganta devido ao ar seco;

– Evitar fumar. O cigarro é um dos agentes mais irritantes para a garganta e também pode acelerar o desenvolvimento de doenças bucais;

– Escovar os dentes diariamente;

– Usar o fio dental diariamente;

– Trocar a escova dental periodicamente. O recomendado é a cada três meses;

– Manter uma alimentação saudável, priorizando a ingestão de frutas e legumes;

– Evitar a automedicação, que pode acabar piorando o problema seja na garganta, nos dentes ou na boca, e até mesmo causar alguma reação inesperada;

– Não deixar o corpo exposto ao frio e ao vento, principalmente durante a noite;

– Evitar exposição solar nos horários mais quentes, já que a radiação pode acabar ressecando as mucosas da região do nariz e da boca.