Gestão de carreira

Gestão de carreira: o que é? Qual seu impacto profissional?

Gestão de carreiras é uma estratégia importante para pessoas físicas e jurídicas. Entenda como é feita na prática e qual suas vantagens para o sucesso profissional.

Gestão de carreira se dá por um conjunto de ações que visam estruturar um caminho estratégico para guiar a trajetória profissional de um indivíduo rumo ao sucesso. 

Ou seja, trata-se de algo que precisa ser pensado a longo prazo, pensando nos objetivos que o profissional deseja alcançar durante a sua carreira. Focando não apenas no cargo ocupado no momento, mas também nas possibilidades de promoção, mudanças de área ou empresa.

Empresas bem estruturadas contam com a gestão de carreira para desenvolver colaboradores. No entanto, também é possível contratar este serviço por conta própria para planejar e traçar estratégias de sucesso para o seu futuro profissional.

O mundo corporativo está cada vez mais competitivo e apenas profissionais extremamente qualificados se destacam. Nem sempre é fácil encontrar essas pessoas e uma das alternativas mais interessantes é optar pelo desenvolvimento dos colaboradores que já estão em atividade.

Assim a empresa ajuda a construir talentos, os retém na organização ajudando no seu crescimento e melhora o clima organizacional. Afinal, profissionais que se sentem valorizados e têm mais conhecimento para desenvolver suas tarefas, produzem mais e ficam satisfeitos no ambiente de trabalho.

É uma via de mão dupla, para gerenciar uma carreira, a empresa oferece treinamentos e capacitações e, por outro lado, o profissional deve se empenhar em evoluir – traçando metas e um planejamento futuro.

O impacto desse serviço na vida dos profissionais é enorme, aumentando suas chances de sucesso. Para a empresa, como foi dito, também é uma abordagem vantajosa. 

A seguir, conheça um pouco mais sobre a gestão de carreiras e como acontece na prática. O desenvolvimento profissional é o maior aliado para um futuro mais tranquilo, seguro e sem transtornos. Acompanhe!

Como uma gestão de carreiras é feita?

A gestão de carreiras dentro de empresas ou contratadas pelos profissionais acontecem, basicamente, da mesma maneira. A única diferença é o tempo do planejamento e objetivos.

Dentro das empresas, por exemplo, o planejamento se dá pelo alcance de determinado cargo, como o profissional pode se desenvolver naquela corporação – diferentemente da gestão pessoal de carreiras que considera um amplo mercado de trabalho.

De qualquer forma, ambas se tratam de uma escolha consciente e assertiva dos caminhos que o indivíduo vai seguir em sua jornada profissional. Esse planejamento envolve o objetivo do profissional, o que ele quer fazer, habilidades necessárias para essa meta, quais especializações deve investir e muito mais.

Mais um exemplo para facilitar o entendimento: o profissional deseja chegar na diretoria da empresa daqui a alguns anos. O que ele deve fazer para alcançar esse objetivo? Cursos, especializações, se aprimorar em determinada área, melhorar networking e trabalhar com determinada ferramenta.

Lembrando que gestão de carreira deve ser algo constante na vida dos profissionais, dado que tudo pode mudar ao longo do tempo – desde os objetivos, até mesmo uma demissão inesperada, surgimento de novas propostas, entre outros possíveis fatores.

Gestão de carreira: como funciona na prática?

Gestão de carreiras faz uma análise do momento atual do profissional, seus conhecimentos, comportamentos e competências para traçar uma estratégia eficiente rumo ao seu objetivo.

O primeiro passo é identificar essa meta, que pode ser um cargo, em qual empresa quer trabalhar ou até mesmo se deseja empreender no futuro. O plano é desenvolvido individualmente, então, será indicado uma estratégia para alcançar o objetivo.

Neste momento, o profissional receberá orientações sobre o que ele precisará desenvolver para alcançar o que deseja – competências técnicas, e comportamentais.

Uma complementa a outra. As competências técnicas se dão pelo conhecimento que pode ser adquirido com palestras, cursos e workshops. Ou seja, são as habilidades necessárias para o cargo e área de atuação do profissional.

A estratégia é diferente para uma pessoa da área jurídica para o segmento de comunicação, por exemplo. Mas de nada adianta ter todo o conhecimento do mundo e não se comportar de maneira adequada, não é mesmo?

As competências comportamentais são fundamentais para o desenvolvimento profissional das pessoas. Essas são um pouco mais difíceis de aprender, dado que apenas cursos e aulas não as ensinam.

É preciso ter certa experiência e procurar se desenvolver frequentemente essas competências. Um exemplo muito comum é a capacidade de trabalhar em grupo, empatia, paciência, entre outros fatores que são importantes para a potencialização de qualquer carreira.

A pessoa que deseja ter cargos de liderança deve investir no desenvolvimento de técnicas para liderar, como gerenciar um time, entre outros aprendizados importantes para levar uma equipe rumo ao sucesso. 

Gestão de carreiras é ter um profissional te apoiando a tomar decisões na vida profissional para ter uma carreira de sucesso. Por meio deste serviço, as pessoas costumam atingir seu objetivo mais rapidamente – por saberem exatamente o que precisam fazer para alcançar o que tanto desejam.