Windows 11

Windows 11: tudo sobre o novo sistema

Em um evento oficial comandado pela Microsoft na quinta-feira do dia 24 de junho, trouxe à tona o que muitos estavam esperando, a tão sonhada atualização do sistema operacional: o Windows 11.

Para os entusiasmados, agora é real, o novo Windows 11 chega este ano e, segundo fontes, entre outubro e novembro de 2021.

E não é só isso, logo após o lançamento, todos aqueles computadores que forem compatíveis com a nova atualização, poderão realizar a instalação gratuitamente a partir de um upgrade gratuito disponibilizado pela empresa.

Porém, pra ser o comtemplado, sua máquina deve ter alguns requisitos que sejam compatíveis com o novo Windows 11, como por exemplo, processador de 64-bit, 4 GB de memória RAM e mais 64 GB de espaço livre no HD.

Embora estes sejam os requisitos básicos, a Microsoft recomenda o uso do programa PC Health Check, que te ajudará a determinar se o seu PC atende as exigências básicas dessa nova geração (ou não).

E claro, pensando em facilidade, no Windows 11 será possível instalar qualquer aplicativo da Amazon Store que o usuário quiser, sem a necessidade de baixar emuladores de Android para acessar estes aplicativos.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o Windows 11? Sem problemas, continue lendo que a gente te explica tudo!

A Nova Interface do Windows 11

A nova interface do Windows 11 é para aqueles que querem produtividade, afinal, o visual oferece uma área de trabalho mais simples, de forma que estimule até mesmo a criatividade na hora de realizar trabalhos ou tarefas domésticas.

E claro, a barra de tarefas e o menu agora ficam em um só lugar: no centro da tela.

A proposta é que o usuário não apenas se mantenha focado, como também tenha mais facilidade na hora de encontrar suas ferramentas de trabalho – como acontece no MacOS ou ChromeOS.

Além disso, as janelas agora passam a ter um design mais suave, com os cantos um pouco mais arredondados, cores mais claras, e as animações de transição mais fluídas e naturais do que o habitual Windows 10.

Seus Apps em só um Lugar

Se você é do tipo que passa mais tempo conectado à tela do computador do que no celular, sem problemas, no Windows 11 você pode instalar praticamente qualquer aplicativo de celular diretamente na sua máquina – isso mesmo!

Não é necessário instalar nenhum emulador de aplicativos Android para ter acesso ao Instagram, TikTok, FreeFire ou a qualquer outro aplicativo. Tudo feito diretamente do seu PC – e sem vírus.

Maior Lucratividade pra quem Realmente Entende do Assunto

Se você pensa que os benefícios deste novo sistema se limitam à apenas os seus consumidores, está completamente enganado(a).

Basicamente, todos aqueles que hospedarem suas ferramentas na Microsoft Store – tais como jogos, navegadores, programas de entretenimentos, e, etc. -, receberão cerca de até 100% dos lucros de volta.

Além de poderem usar o sistema de pagamento que desejarem, caso forneçam a opção de compras no app.

Microsoft Teams: o Fim do Skype?

Pois é, o Skype que já estava tão esquecido, parece que agora sumirá de vez.

Segundo o vídeo de exibição disponibilizado pela Microsoft, o Windows 11 contará com um novo chat que é integrado à barra de tarefas do sistema, o Microsoft Teams.

Ao que tudo indica, o novo programa, que funciona de forma similar ao FaceTime do MacOS, permitirá aos usuários trocarem mensagens, realizar chamadas de vídeos, áudio, e muitos mais.

Além disso, também será possível conversar através de outros sistemas operacionais como Android, iOS, e até mesmo a partir de outros computadores.

Dedicado à Games

Não pense que os fissurados por games ficaram de fora dessa, segundo a Microsoft, o Windows 11 terá funções dedicadas para os jogos.

E o que isso significa? Bem, a grande novidade é que agora os jogadores não precisarão mais se preocupar em ativar o HDR Automático para ter uma boa experiência na hora de jogar os seus jogos.

Tudo é feito no automático, de modo que o usuário tenha uma experiência visual rica. Fascinante, não acha?

Widgets no Windows 11

Uma tendência nos anos passados, certamente, está voltando com tudo.

Similar às extensões do Android e até mesmo do iOS, o Windows Widgets – cujo nome foi apresentada pela própria Microsoft, funcionará como uma linha do tempo personalizada, da qual o usuário poderá receber diversas atualizações.

Um dos benefícios dessa nova extensão, é liberdade de personalizá-la de acordo com os interesses pessoais de cada pessoa, isto é, notícias relacionadas, previsão do tempo, imagens, etc.

É como um boletim diário – e bem parecido com o novo widgets Notícia e Interesses do Windows 10.

Snap Layouts do Windows 11

Como mencionamos anteriormente, este é o Windows feito para quem quer produtividade.

Pra se ter uma ideia, o Windows 11 contará com a ferramenta Snap Layouts, um programa nativo do Windows, dedicado a agrupar e separar as janelas na área de trabalho, de modo que facilite a visualização, além de tornar todo o trabalho mais ágil.

Nele, é possível dividir a página em grupos de duas ou três colunas, duas colunas à esquerda e duas ou uma à direita, entre muitas outras opções e funcionalidades.

Edge como Você Nunca Viu

Diante de todas essas novas atualizações, está o Edge, o navegador nativo do Windows.

Segundo a Microsoft, agora será possível visualizar as páginas do navegador no modelo vertical – sem que haja todo aquele trabalho para procurar as abas abertas dentro do programa.

Certamente, esta opção não é obrigatória, então não precisa se preocupar caso não tenha se adaptado.

Conclusão

Realmente, a nova atualização do Windows está repleta de benefícios e, para aqueles que gostam de trabalhar em uma interface que seja mais minimalista, e focada naquilo que o usuário procura realmente saber.

Certamente, o Windows 11 é a solução.

Além do mais, existem muitas outras funções e modelos do sistema que auxiliam ainda mais o seu tempo e a sua produtividade, como é o caso do Snap Group e do Windows 11 para tablets.

Todavia, não dá para falar que o Windows 11 será a melhor versão do sistema operacional que a Microsoft já tenha lançado.

Porém, tudo indica que este é um fato cada vez mais presente na vida dos seus consumidores, e que só descobriremos após o seu lançamento.

E aí, qual dessas novas atualizações você mais gostou? Curtiu a notícia ou esperava um retorno mais à la Windows 7? Diga nos comentários!