como-consultar-o-renavam

Entenda como consultar o renavam de um veículo rapidamente

É importante consultar o renavam de um seminovo antes de comprá-lo. Confira como pode fazer essa consulta em casa e sem gastar muito. Não deixe de fazer!

Como consultar o renavam

Renavam é a sigla de Registro Nacional de Veículos Automotores, que é como uma identidade do veículo. Este documento registra toda a vida do automóvel, desde sua fabricação até quando sair de circulação.

Então, neste registro está indicado quando o fabricante ou importador registrou seus dados originais, quando foi seu emplacamento, se já houve trocas de propriedade, mudança de estado ou até mesmo mudanças de características.

Também indica se o veículo já levou multas, se o IPVA e licenciamento estão regularizados, além de qualquer outra irregularidade que o automóvel tenha atualmente ou no passado.

Mas, por que dizem tanto que é importante consultar esse registro? Parece algo simples, de pouco interesse, mas não é. Especialmente quando está fechando uma compra de um seminovo.

Muitas empresas e pessoas físicas vendem carros semi novos. Geralmente, são boas oportunidades e por isso, atraem diversos compradores. O problema é que, muitos ficam deslumbrados com o veículo ou preço e esquecem de alguns cuidados.

Existem pessoas mal intencionadas em todo segmento, mas neste, o número de golpes e vendas irregulares são enormes. Por isso, consultar renavam é importante: para evitar cair em golpes e levar um baita prejuízo.

Saiba como fazer esta consulta e os principais motivos para não deixar esse passo de lado antes de comprar um semi novo. Não é um serviço muito custoso, que leva tempo ou seja difícil. É rápido e prático!

Quais os riscos de não consultar o RENAVAM?

RENAVAM é um número de registro de onze dígitos que todo veículo tem – seja carro, moto, caminhões, tratores ou outras máquinas rurais. Este número fica na parte superior do Certificado de Licenciamento do Veículo e por meio dele, com uma consulta, pode descobrir diversos dados sobre o automóvel, como descrito no início deste conteúdo.

Como é a identificação do automóvel, o RENAVAM não pode ser transferido a outro bem de forma alguma, mesmo se o veículo mudar de dono várias vezes. É uma certidão emitida pelo DETRAN pelo primeiro proprietário e desde então, permanece o mesmo.

Basicamente, o RENAVAM comprova que todas as obrigações financeiras e legais dos veículos estão cumpridas ou não, o que – como verá a seguir – impacta diretamente na compra do seminovo.

Consulta RENAVAM: entenda a importância!

O perigo de não consultar este registro é ser surpreendido negativamente após a compra. Como dissemos, é comum encontrarmos pessoas mal intencionadas vendendo seminovos com parcelas de financiamento, IPVA e empréstimos em aberto.

Com multas pendentes, atrasos de tributos e outras irregularidades financeiras e judiciais. Ao comprar um veículo nestas condições, terá que arcar com o custo dessas pendências e em casos mais graves, terá o bem confiscado até que quite a dívida.

O barato sai caro. Já ouviu este ditado? Nestes casos, essa afirmação se aplica perfeitamente. Então, o risco é enorme. Preocupação que pode ser evitada facilmente, apenas com uma consulta – que pode ser feita no conforto do seu sofá, em casa.

Como consultar o RENAVAM?

É possível fazer essa consulta de duas formas: pelo próprio número de 9 dígitos do RENAVAM, encontrado no licenciamento do veículo, e pela placa do automóvel. As duas maneiras são simples e rápidas.

Dá para fazer pela internet ou empresas de consultas qualificadas. Basta encontrar uma confiável, colocar os dados pedidos, incluindo o número do registro ou placa, pagar o valor e pronto, terá todas as informações importantes em mãos.

O valor cobrado é baixo, muito menor em comparação aos prejuízos que pode levar caso faça uma compra equivocada. Então, peça o número do RENAVAM para o vendedor. Caso não seja te passado – já é um sinal de alerta – não se preocupe, anote a placa e pronto, conseguirá conferir os dados.

Faça uma compra segura, consciente e benéfica. Isso somente a consulta do RENAVAM. Não deixe de fazer, não precisa se locomover até algum órgão, pegar filas ou passar por um processo burocrático. É muito rápido.

Uma simples pesquisa na internet garante que não caia em golpes e prejuízos.