Mesmo antes de passarmos pela pandemia, todas as atividades e procedimentos que tinham possibilidade de contaminação ou de ferir o profissional ou o paciente, como um corte e uma perfuração, tinham como obrigação utilizar equipamentos de proteção individual, conhecidos como EPIs. 

EPis na Odontologia

No setor odontológico, por exemplo, o uso do EPI é indicado desde o início do atendimento até ao final do procedimento que venha ser realizado.

Neste artigo iremos te explicar a importância dos materiais de limpeza para os profissionais e para os pacientes. 

Quais EPIs devem ser utilizados pelo profissional?


O primeiro passo é identificar quais são as ferramentas de trabalho que tem a função de proteger o profissional. Se você tem contato frequente em um convênio odontológico, com certeza já viu algumas delas. Confira a seguir os principais EPIs para o consultório:

1- Óculos de proteção


Tem como objetivo principal proteger os olhos das secreções, produtos químicos e substâncias presentes em equipamentos utilizados durante o procedimento odontológico.

É feito por um material resistente e protege contra impactos de partículas, luminosidade intensa, radiação ultravioleta e respingos químicos de materiais biológicos utilizados durante a consulta.

2- Máscara


Apesar do uso já ser realizado diariamente, as máscaras de uso odontológico devem ser descartáveis, de filtro duplo e tamanho suficiente para cobrir nariz e boca do doutor.

Como o próprio nome diz, a máscara deve ser descartada após o término de um atendimento e substituída por outra a partir do contato com outro paciente.

Nesse momento de pandemia, ao realizar uma consulta em seu convênio dentista mantenha-se atento a troca da máscara pelo profissional durante o seu atendimento e, caso necessário, solicite o descarte.

Não se esqueça também de levar duas a três máscaras para o seu uso pessoal, levando em conta que elas devem ser trocadas a cada 4h00.

3- Gorro


Engana-se quem acha que o uso de gorros, também conhecidos como toucas descartáveis é destinado apenas para profissionais da área gastronômica.

Isso porque os cirurgiões dentistas devem utilizar o gorro cobrindo todo o cabelo, orelha e, de preferência, devem ser descartáveis e trocados duas vezes durante o turno.

4- Jaleco


Por incrível que pareça o jaleco também é uma peça muito importante para à saúde do doutor e do paciente; por isso, de preferência, devem ser de mangas longas e com tecido claro.

Alguns profissionais preferem usar o de pano, mas a orientação é de que sejam descartáveis, impermeáveis e que sejam utilizados fechados durante toda a consulta.

5- Luvas


As luvas também são essenciais para um atendimento higienizado, isso porque um dos maiores pontos de contaminação é a saliva. Ao utilizar luvas, o profissional consegue garantir a segurança dele e a dos pacientes.

Assim como a máscara deve ser trocada a cada atendimento ou em casos de contato com produtos/peças utilizadas, as luvas também necessitam desse cuidado.

O intuito dessas ferramentas é evitar a contaminação de um atendimento para o outro, além de manter a integridade física de quem está realizando os procedimentos.

Contudo não são apenas os EPIs que possuem importância para manter a limpeza e higienização da clínica. Afinal, os materiais também devem ser esterilizados e utilizados de maneira responsável.

Alguns pontos importantes para manter uma clínica limpa são:

Manter o ambiente livre de bactérias e infecções


Assim como em qualquer área da saúde, no setor odontológico também é fundamental manter uma boa higiene do local para ter um ambiente confortável e livre de bactérias.

Isso porque esses elementos podem prejudicar a saúde dos pacientes, da equipe, dos fornecedores e do próprio doutor.

Cada área da clínica precisa de uma limpeza específica, pois cada superfície precisa de um produto e material diferente para construir uma limpeza eficaz e completa.

A limpeza realizada em uma casa não é a mesma que deve ser realizada em um ambiente clínico.

Por exemplo, a varredura e a explanação são proibidas, pois ao realizarmos esses procedimentos espalhamos a poeira no ar tornando o local vulnerável a essas bactérias.

A etapa de limpeza é dividida em três passos, são elas:

Limpeza


Nessa etapa os resíduos e sujeira são removidas dos ambientes, conforme a necessidade da superfície e do objeto utilizado, como os equipamentos que necessitam de limpeza a vapor.

Se a sua clínica cobre o plano odontológico pessoa física, você deve manter-se atento às datas a qual os procedimentos serão agendados, pois é crucial que a etapa de limpeza seja realizada longe dos pacientes e de acordo com a agenda dos profissionais.

Desinfecção


A segunda etapa é a desinfecção. Nela, você destrói os agentes infecciosos que estão em estado vegetativo e que podem causar problemas à saúde dos próximos pacientes.

Para isso, são cruciais uso de desinfetantes, compostos fenólico, iodo e outros produtos químicos que ajudam a tornar o ambiente completamente limpo e desinfetado. 

Esterilização


Essa etapa conta com mais agentes químicos e físicos para destruir microorganismos.

Ela é realizada nas ferramentas e equipamentos mais utilizados semanalmente. Além disso, com o avanço da tecnologia você pode contar com a ajuda dos equipamentos a vapor saturado sob pressão para realizar o processo.

Ao final de todo atendimento, independentemente de ser um cliente vinculado a um convênio dentário ou não, certifique-se de que o descarte dos EPis estão sendo realizados com segurança.

Não se esqueça que é através de um bom atendimento, qualidade de serviço e - principalmente - higiene, que se constrói um bom nome e é possível promover o seu trabalho.

Diante dessa pandemia em que vivemos, mantenha contato com seus pacientes antes de qualquer consulta, principalmente para saber se algum deles foi contaminado ou sentiu os sintomas da doença.

Afinal, todo o cuidado é pouco e é preciso colocar a sua saúde e a dos demais pacientes em primeiro lugar.

Conteudo produzido por Dayane Goes, redatora da rede Ideal Odonto.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00