Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
O ramo de seguros vem crescendo anualmente no Brasil. Este segmento, apesar de parecer de pouca relevância financeira, representa mais de 6% do PIB nacional. Somente em agosto de 2020, a receita adquirida por fundos de capitalização cresceu 2,03% e ultrapassaram R$ 31 bilhões.

Corretoras de seguros
Novas tecnologias, como o PIX e avaliação de sinistros via Inteligência Artificial¹, também devem proporcionar expansão do ramo, barateando a emissão de apólices e carregamento administrativo das seguradoras, consequentemente isso irá reduzir os custos e trará ainda mais segurados no Brasil.

De acordo com informações do Portal Brasileiro de Apoio às Corretoras de Seguros (PBACSS), atualmente existem cerca de 100 mil corretoras de seguros cadastradas em território nacional, que estão divididos entre pessoa física (corretor) e pessoa jurídica (corretora). 

O setor de seguros


São inúmeras as transformações que temos presenciado nos últimos anos. Novas alternativas estão surgindo, e empresas de tecnologia como as insurtechs estão ajudando a fomentar de forma nunca vista a contratação de seguros de bens. Acredita-se que em breve, da mesma forma como já ocorre no ramo automotivo e residencial, a contratação também irá ocorrer para todos os demais ramos, e todo o procedimento poderá ser feito digital, apenas com o uso de um smartphone, com intermédio mínimo dos corretores (isso não exclui, de forma alguma o papel do corretor, pois este é fundamental para a intermediação entre proponente e seguradora).

Seguros durante a pandemia


A pandemia de covid-19 trouxe muitas incertezas para todos os ramos de atuação. No entanto, mesmo frente a diversas adversidades, o ramo de seguros mostrou-se muito positivo. Houveram quedas significativas no valor de seguro de bens, principalmente no automotivo, mas o ramo continua a crescer em quantidade.
 

LGPD e Cyber Risks


Há um mercado muito grande a ser explorado pelas seguradoras e corretores com o advento da LGPD e os Cyber Risks. As empresas de todos os segmentos coletam muitos dados de seus usuários, seja através de formulários em sites, cookies, e até mesmo dados armazenados localmente, em computadores das empresas. Esses dados estão passíveis de serem copiados sem autorização através de ataques hacker. Frente a tais riscos, as seguradoras estão desenvolvendo produtos (ou soluções) para a cobertura de tais riscos.

Empresas que não se adequarem às novas regras, poderão sofrer multas pesadas, que podem chegar a 50 milhões de reais ou 2% do faturamento total da empresa. Diante disso, torna-se essencial o desenvolvimento de produtos de cobertura para este nicho, muito específico, e ao mesmo tempo muito amplo, haja visto que todas as empresas processam, de alguma forma, informações de seus usuários.

Distribuição dos corretores no Brasil


Levantamentos divulgados no site da PBACSS demonstraram a distribuição dos corretores no Brasil. Dentre os 26 estados e o Distrito Federal, os corretores concentram-se principalmente nos estados²:

  • São Paulo: mais de 42 mil corretoras ativas, a grande maioria concentrada na capital e em cidades próximas como Guarulhos e Campinas.
  • Rio de Janeiro: cerca de 11 mil corretoras, concentradas principalmente na capital, São Gonçalo, Duque de Caixas e Nova Iguaçu.
  • Minas Gerais: aproximadamente 8 mil corretoras recadastradas, com maior porcentagem de corretoras em cidades como Belo Horizonte, Uberlândia e Contagem.
  • Paraná: logo abaixo do estado mineiro, o Paraná conta com pouco mais de 6 mil corretoras em funcionamento, a maioria delas localizadas nos municípios de Curitiba (capital), Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel.
  • Rio Grande do Sul: o estado gaúcho conta com cerca de 6 mil corretoras cadastradas, concentradas principalmente em Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas e Pelotas.
  • Santa Catarina: o estado catarinense compõe o top10 dos estados com mais corretoras registradas na SUSEP. As cidades com mais corretoras cadastradas são: Joinville, Florianópolis, Blumenau, Chapecó, Itajaí, São José e Criciúma.

Seguindo de estados como: BA, DF, GO, PE.

Estados com menos de 1000 corretoras


Os estados com menor número de corretoras de seguro cadastradas são:

  • Acre
  • Amapá
  • Roraima
  • Tocantins
  • Piauí
  • Roraima
  • Alagoas

Os estados acima contam com menos de 1000 corretoras cadastradas junto à SUSEP.

1- Na Espanha, uma empresa de tecnologia está trabalhando em um sistema para avaliação de sinistros automotivos via software com inteligência artificial;

2- Os dados foram retirados do site da SUSEP, e demonstram o número de corretoras recadastradas no ano de 2020.
Postagem Anterior Próxima Postagem
Cupom de desconto workana de R$ 100,00