Cupom de desconto Workana de R$ 100,00

Cupom de desconto workana de R$ 100,00
A prática de exercícios físicos como forma de obter saúde física e mental é recomendada por 10 entre 10 profissionais de praticamente todas as especialidades médicas.

Talvez por isso mesmo essa recomendação sempre tenha sido cercada por uma série de mitos e de lendas, seja com relação à sua intensidade, hora do dia ideal, tipos de exercícios, entre inúmeras outras particularidades.

Por isso, segue, abaixo, uma lista com alguns dos principais mitos que cercam a prática de exercícios físicos na atualidade. Mitos e crendices que são quase como verdade, até mesmo no seio da comunidade fitness.

prática de exercícios físicos


1. A frequência das atividades não interfere nos resultados


Convencionou-se afirmar que até mesmo o “atleta de fim de semana” pode beneficiar-se com a prática de exercícios físicos.

No entanto, de acordo com a Associação Americana do Coração, a OMS, entre outros órgãos não menos importantes, dificilmente um indivíduo poderá obter resultados satisfatórios com uma frequência inferior a 3 sessões semanais de exercícios.

2. A roupa também não influencia nos resultados


Longe disso! Na verdade os equipamentos utilizados durante os treinos podem e fazem toda a diferença nos resultados, seja com relação à segurança, conforto, rendimento ou performance.

À época do lançamento do seu original mizuno prophecy 5, a famosa marca japonesa viu-se às volta com esses e outros questionamentos, o que fez com que eles tivessem que dar uma verdadeira aula de como um bom equipamento pode potencializar as atividades físicas.

3. Não existe hora do dia para se exercitar


Correto. Inúmeras pesquisas, estudos, lendas e crendices dão conta de que o melhor horário do dia é esse ou aquele. No entanto, a ciência ainda não bateu o martelo sobre o horário ideal para a prática de exercícios físicos.

Logo, o recomendado é que escolha o horário do dia em que sente-se mais à vontade. Dessa forma, você ainda garante toda uma postura mental que incentiva, ainda mais, a prática da atividade.

4. É possível transformar gordura em músculos


Esse é outro mito que já chegou a adquirir o status de verdade! No entanto, mais uma vez, basta lembrar que a gordura (tecido adiposo) nada tem a ver com músculos (tecido muscular). São duas estruturas diferentes, e que de forma alguma podem ser transformadas em uma só.

5. Posso perder peso sem dietas, só com atividades físicas!


Errado. Na verdade a prática (mesmo diária) de atividades físicas não conseguirá fazer você eliminar mais do que 30% da quantidade diária de calorias ingeridas.

Essa é a conclusão a que chegou os pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH).

Enquanto o pesquisador da Universidade do Texas, Philip Stanforth, afirma que a dieta é incomparavelmente mais eficiente para isso. Sem contar o fato de que exercícios físicos e dietas formam uma “dobradinha” bem mais saudável para a perda de peso.

6. Alguns dias parados já são suficientes para perder o que conquistou


Exato. E quem afirma isso são os pesquisadores do Centro de Saúde e Práticas Humanas da Universidade de Rutgers, Nova Jersey, Estados Unidos.

E eles ainda concluíram que, para alguns indivíduos, não mais do que 1 semana parado é o suficiente para que percam o condicionamento aeróbico e muscular conquistado.

Caso queira, deixe a sua opinião sobre esse artigo na forma de um comentário, logo abaixo.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem