Sala de aula invertida: entenda tudo sobre o conceito

A educação e o conceito de ensino aprendizagem vem se transformando ao longo do tempo, fazendo com que as salas de aula se modernizassem. E é exatamente aqui que surge a ideia da sala de aula invertida.

Diferentemente do que estamos acostumados a ver, a sala de aula invertida propõe uma aprendizagem muito mais participativa e dinâmica, onde o primeiro contato do aluno com o conhecimento difere do tradicional.

Para entender mais sobre o assunto, acompanhe este artigo até o final.

O que é a sala de aula invertida?

Antes de falarmos sobre o conceito da sala de aula invertida, é importante fazer um comparativo entre a educação tradicional e a educação moderna.

No modelo tradicional, o processo é colocado no centro do processo de aprendizagem, fazendo com que ele assuma a figura detentora de todo o conhecimento.

Sendo assim, o professor ministra o conteúdo para os alunos em sala de aula, utilizando o quadro, para eles poderem fazer as atividades e a lição de casa sozinhos.

Já na sala de aula invertida, a proposta é um pouco diferente: primeiro, o aluno internaliza os conceitos antes da aula, e depois, com a turma e com o professor, compartilha os seus conhecimentos, discutindo o tema.

Sendo assim, é possível dizer que a sala de aula invertida é uma das alternativas educacionais que trazem a inovação e uma visão nova para o processo educacional.

Entretanto, como funciona a sala de aula invertida? É o que você irá descobrir no tópico a seguir.

Como funciona uma sala de aula invertida?

Primeiramente, é importante compreender que as novas metodologias educacionais visam colocar o aluno como foco do processo de aprendizado.

Quando falamos do aluno em foco no processo de aprendizagem, estamos nos referindo a uma educação mais participativa, onde a visão e as opiniões dos alunos, tal como toda a sua bagagem e cultura importam para o processo educacional.

Na prática da sala de aula invertida, temos dois detalhes que merecem destaque, que são os materiais utilizados e a dinâmica do ensino em si.

Quanto aos materiais, este tipo de método prioriza as preferências dos alunos, sempre considerando a sua geração e as práticas que mais fazem sentido, para assim propor o primeiro contato com o conteúdo.

No que lhe concerne, este conteúdo é disponibilizado de diversas formas, como, por exemplo, games, videoaulas, podcasts, pesquisas, textos, fóruns, questionários, dentre outros tipos de materiais digitais.

Assim, o aluno utiliza estes materiais, têm o primeiro contato com o conteúdo, assimilando e criando a sua visão sobre o tema, para assim levá-lo para a sala de aula.

Em sala, este conteúdo é aprofundado de forma participativa, e em seguida, discutido com a turma e com o professor, que assume o papel de mediador da discussão.

Além disso, o professor também traz assuntos complementares e que tragam uma óptica completa e dinâmica do assunto, fazendo com que os alunos possuam uma visão mais ampla do tema.

Ou seja: o papel do professor na sala de aula invertida é ser um guia, ou ainda, um aliado nesse processo de aprendizagem.

Benefícios

A sala de aula invertida pode trazer vários benefícios para o processo de ensino aprendizagem, em sua totalidade, principalmente em aspectos como o desenvolvimento de habilidades e conteúdos únicos, dentre outros.

A seguir, saiba um pouco mais sobre os benefícios da sala de aula invertida.

Aprendizagem mais envolvente

Um dos benefícios que podemos listar quando falamos da sala de aula invertida é a possibilidade de tornar a aprendizagem muito mais envolvente.

Do ponto de vista do aluno, o conteúdo se torna muito mais pertinente e passa a fazer muito mais sentido, já que ele se torna um agente ativo no processo e desenvolve novos conhecimentos e a autonomia para escolher a melhor forma de aprendizado.

Melhoria no desempenho do aluno

E claro, ao escolher a melhor forma de aprendizado e de assimilação dos conteúdos, o aluno acaba construindo habilidades como o senso crítico, capacidade de resolver problemas, além da colaboração e criatividade.

Sendo assim, podemos dizer que a sala de aula invertida é extremamente pertinente para a formação do indivíduo em sociedade, tanto como pessoa quanto profissionalmente.

Conteúdos mais preparados e a construção de debates avançados

E claro, não podemos esquecer que com a sala de aula invertida, os conteúdos são muito mais pensados e dinâmicos, permitindo a participação ativa e os debates sobre temas mais complexos.

Ou seja: ao invés de gastar tempo com o ensinamento teórico, o tempo é investido na discussão dos conteúdos e na sua aplicabilidade na vida real.

Conclusão 

Sem dúvidas, a sala de aula invertida é essencial para a formação de alunos mais críticos e autônomos, que irão fazer toda a diferença na nossa sociedade.

Nesse sentido, podemos dizer que esta metodologia é muito vantajosa, tanto para os professores quanto para os alunos, trazendo maior dinamismo e flexibilidade.

Sala de aula invertida