Ventilação cruzada: o que é, e quais os seus benefícios?

Uma das técnicas utilizadas por arquitetos é a utilização da estratégia da ventilação cruzada para deixar o ambiente mais agradável e reduzir o uso do ar-condicionado.

Se essa técnica for aplicada ainda no projeto, antes do imóvel ser construído, é possível que os resultados sejam obtidos por meio de um recurso natural, o vento.

Por utilizar o vento para fazer a ventilação do ambiente, é natural que aparelhos como ar-condicionado ou climatizadores tenham o seu uso reduzido.

Para entender um pouco mais o que é a ventilação natural e seus benefícios, a seguir apresentaremos algumas características dessa estratégia utilizada em muitos projetos.

No entanto, nem todos os ambientes são propícios para a ventilação cruzada, neste caso é indicado o aluguel de climatizadores, a fim de proporcionar os benefícios referente a um ar de qualidade.

O que é a ventilação cruzada?

Essa técnica tem como principal agente para deixar os ambientes ventilados e agradáveis, um recurso natural e renovável chamado vento.

Para obter essa ventilação cruzada, é necessário que os vãos, portas e janelas sejam instalados de forma que sua posição esteja oposta ou de forma adjacente.

Com essa técnica, o ar fresco entra no ambiente e consequentemente o ar quente sai, mantendo a temperatura do espaço agradável.

Por isso é importante que as dimensões das aberturas, assim como o pensionamento dos vãos, portas e janelas sejam calculados de forma correta.

É importante ressaltar que essa técnica também pode ser utilizada em construções que possui apenas um nível, ou em prédios, sendo essa ventilação cruzada pode ser tanto horizontal como vertical.

Ventilação Cruzada Horizontal e Vertical

É possível realizar estratégias de ventilação cruzada, tanto vertical, como também horizontal, porém não é necessário que as aberturas precisem está posicionadas de frente pra outras.

Outra observação a ser feita tem relação com as dimensões. Não é necessário que o tamanho das sejam iguais.

Isso se dá pelo fato de que o ar frio tem mais densidade que o ar quente, sendo assim, o ar quente sai do ambiente através das aberturas altas, pois o mesmo sobe.

Já o ar mais frio entra pelas aberturas mais baixas e mantem o ambiente agradável. Esse fenômeno é denominado efeito chaminé. Iremos entender mais sobre ele a seguir.

Geralmente esse efeito chaminé é visto mais em edifícios, onde há aberturas centrais na cobertura por onde o ar quente sai, seja por exaustores do tipo eólico, por uma estrutura chamada lanternins, ou até mesmo por aberturas zenitais.

Efeito Chaminé

Esse efeito onde o ar mais quente se eleva e vai pra uma saída de ar na parte mais elevada, seja de uma residência ou outro tipo de imóvel proporciona uma sensação térmica mais agradável.

Em alguns projetos essa técnica é utilizada pelo fato de que é mais fácil a eliminação desse ar mais quente dando espaço para o ar mais fresco entrar no ambiente.

Esse tipo de tecnologia pode ser instalado em lugares próximos ao teto do imóvel e é uma boa alternativa para lugares onde não é possível a presença de ventos mais fortes.

O efeito chaminé, proporciona ao ambiente um maior conforto térmico.

Benefícios da Ventilação Cruzada

Por ser uma técnica que proporciona uma troca de ar onde o mais quente é eliminado dando espaço para um mais fresco, ela apresenta vários benefícios, como:

Um ar mais puro: pois com as trocas de ar, ele é constantemente renovado, evitando o aparecimento de fungos e bactérias;

Maior conforto: o ambiente sempre estará com a temperatura agradável, proporcionando um maior conforto para as pessoas presentes no local;

Economia: por ser uma técnica onde a fonte que proporciona o conforto térmico é o vento, aparelhos como ar-condicionado serão utilizados com menos frequência;

Fonte renovável: a ventilação cruzada utiliza o vento para climatizar o ambiente, e esse é uma fonte natural e renovável.

Não apresenta nenhum tipo de ruído que possa incomodar: talvez você escute somente o som dos ventos, porém nenhum barulho de motor.

Estratégia prática: uma vez que a estratégia é adotada antes da construção do imóvel, ela não necessita de nenhuma manutenção para funcionar.

Utilizando a ventilação cruzada

É importante fazer um estudo antes de fazer a implementação desse tipo de estratégia na hora de deixar o imóvel mais confortável.

Isso porque o Brasil é um país enorme, com climas muito diferentes, onde em algumas regiões é possível obter bons ventos e em outros lugares a presença deles é menor.

Sendo assim, é importante que a localização onde vai acontecer a obra seja estudada, além de ser muito bem analisado como vai ser a dimensão e o posicionamento das aberturas que devem ser feitas para o ar circular.

Uso de ar condicionados

Por mais que a ventilação natural seja uma boa alternativa, principalmente para a redução do gasto de energia, há locais em que a ventilação cruzada deve ser complementada com outra tecnologia.

Sendo assim, em muitos casos, a adoção a utilização de ar-condicionado no ambiente ainda é necessária para complementar a técnica a ventilação cruzada, como por exemplo em períodos de menor incidência de ventos.

Ventilação cruzada