Impactou! Quais são os maiores eventos da DC no universo dos quadrinhos? – Parte 2 de 2

Continuando a lista de sagas que possuem os eventos mais impactantes dentro do universo da DC, chegamos agora ao TOP 5. Caso você ainda não tenha visto a primeira parte, vale a pena uma analisada antes de continuar. 

Então, bora lá conferir a parte final.

Ahh, não esqueça de conferir: Impactou! Quais são os maiores eventos da DC no universo dos quadrinhos? – Parte 1 de 2

5. Morte do Superman

Na década de 1990 a indústria dos quadrinhos de heróis vivia meio decadente, sem muita criatividade em suas histórias e apelando para alguma trama que fosse chocante, até com a sexualização de personagens, trazendo belas artes em suas páginas mas pecando no conteúdo de texto.

Até que, em 1992, a DC Comics decidiu pegar o seu herói símbolo e criar uma saga onde o inimaginável aconteceria, o Superman seria morto. E, mesmo que não fosse a melhor das histórias, até por conta do seu vilão Doomsday, uma mistura entre o Hulk e o Wolverine, ela causou algo que nem mesmo a própria DC imaginava.

Numa época onde estávamos sem internet, mesmo que imaginássemos que o Superman em algum momento retornaria, houve uma sensação de tristeza entre os fãs dos quadrinhos, seja nas rodas de amigos ou nos noticiários, a comoção foi grande.

Após o retorno do Superman houve uma mudança por completo da maneira como a morte seria encarada nos quadrinhos, fazendo com que nenhum personagem ficasse enterrado para sempre nas páginas das HQs.

4. Flash de Dois Mundos

Nessa história somos apresentados a um conceito muito utilizado hoje em dia nas histórias de heróis, a existência de universos paralelos onde temos o mesmo personagem só que em uma versão diferente em cada universo.

Aqui acompanhamos um arco que se desenvolveu para explicar como Barry Allen substituiu o antigo Flash Jay Garrick, que faz parte da Era de Ouro da DC. Nessa explicação os roteiristas utilizaram aquele conceito de multiverso, onde Garrick era o Flash da Terra-2.

E foi nessa história que se desenvolveu o conceito de Multiverso, onde cada Terra existente no universo da DC vibra em uma frequência específica, envolvendo assim alguns termos científicos.

Então, se você hoje em dia se empolga tanto com os “multiversos” dos heróis nos quadrinhos e cinema, foi graças a HQ do “Flash de Dois Mundos” que tudo isso teve início e foi inspirado.

3. Crise Infinita e saga 52

Aqui ficou difícil separar os 2 eventos, uma vez que são praticamente uma continuação um do outro. Desde a saga da Crise nas Infinitas Terras, de 1986, a DC tenta alinhar toda sua propriedade em um universo sincronizado, de fácil compreensão para qualquer novo leitor.

Crise Infinita veio na tentativa de estabelecer alguns elementos clássicos, como os multiversos, que sempre foram um charme da DC, questionado algumas vezes e também extinto por um período. Nela estabelecemos as 52 Terras da DC e também o Multiverso, onde pudemos acompanhar muitas mortes.

Já a saga 52 veio em seguida, através de edições que povoaram as 52 terras da DC com versões diferentes dos heróis, e toda a sua ramificação de enredo influenciou as sagas seguintes.

2. Ponto de Ignição / Os Novos 52

Essa foi uma polêmica da editora, que em 2011 causou um certo amor e ódio entre os fãs. Nesse reboot o Flash voltou no tempo para salvar a sua mãe, o que modificou por completo o universo da DC.

Esse fato também causou uma certa mudança após sua conclusão, quando o mundo voltou a normalidade, pois alguns dos heróis ficaram mais jovens e os casamentos ou filhos que os mesmos tinham anteriormente simplesmente desapareceram.

Mas, como já explicado anteriormente, a saga Universo DC: Renascimento veio para “arrumar” toda essa bagunça do passado e retornar todo aquele legado dos heróis.

1. Crise nas Terras Infinitas

Esse evento com certeza foi marcante não só para a DC, mas para o mercado dos quadrinhos e também nossa cultura pop. Em 1986, época do seu lançamento, nunca tinha sido pensado em alguma editora “rebootar” personagens tão conhecidos e importantes e isso nos levou a uma excelente saga.

Em Crise nas Terras Infinitas fomos apresentados a momentos marcantes, até porque personagens tão importantes não morriam nos quadrinhos, por isso quando nos foi apresentado o sacrifício do Flash e da Supergirl para que a Terra principal fosse mantida foi algo que chocou os fãs dos quadrinhos na época. 

Mesmo que tenha deixado uma certa “bagunça” após o seu final, essa saga foi muito importante para uma melhor organização do Universo da DC e também revitalizou alguns personagens.

Por isso mesmo que podemos falar que tudo o que a DC lançou após essa crise é de certa forma uma “continuação” dessa saga.

os maiores eventos da DC no universo dos quadrinhos